marketing

O que faz um coordenador de marketing?

Marketing

Já sei! Está montando sua equipe de marketing, mas está com dúvida se está no caminho certo? Neste blog já falamos sobre os diversos cargos que uma empresa de comunicação e marketing deve ter. Hoje vamos falar sobre o coordenador de marketing.
Neste artigo, você vai encontrar todas as respostas que precisa para entender a real necessidade de contratar um profissional como esse. Veja!

O que faz um Coordenador de Marketing?

O coordenador de marketing, modo geral, é o responsável por elaborar planos e atividades ligadas à comunicação interna e externa, com o intuito de trabalhar a imagem da marca e dos produtos e serviços diante dos consumidores.

Atividades

Para você entender melhor o que faz esse tipo de profissional, confira algumas atividades que são atribuídas a esse cargo:
Desenvolver promoção de produtos e serviços, além de escolher os melhores canais de propaganda não são os únicos papeis deste profissional. Confira alguns deles:

  1. Aumentar as vendas com ações de marketing;
  2. Promover a imagem da marca para consumidores e para a mídia;
  3. Conhecer o processo de compra;
  4. Tomar decisões com base nos 4 Os do marketing;
  5. Estudar o público-alvo e as tendências do mercado;
  6. Definir metas e objetivos para a equipe

Viu só como este profissional é importante? Ao contratar um coordenador de marketing você tem a garantia de deixar a imagem de sua empresa nas mãos de uma pessoa que estudou na área e que tem conhecimento aprofundado no assunto, algo que pode melhorar consideravelmente os resultados.

Melhores resultados

Ao contratar um coordenador de marketing, sua empresa, sem dúvida
nenhuma, irá apresentar melhores resultados e alavancar as vendas dos seus clientes. Com ampla capacidade de observação, o coordenador de marketing deve ter, acima de tudo, grande habilidade nas vendas, capacidade de tomar decisões e facilidade para lidar com as pessoas.

Agora que você já sabe o que faz um coordenador de marketing, ficou fácil né?
Se está com dúvidas, deixe seu comentário aqui para nós.

Como Economizar com Marketing

Economizar com Marketing

Economizar com Marketing é extremamente importante para qualquer empresa. Sabemos que é quase impossível para uma empresa ou instituição de qualquer gênero procurar atender a absolutamente todas as pessoas ao mesmo tempo e em todos os lugares.
Por isso, com o intuito de economizar, muitas empresas e instituições
contratam agências especializadas nos serviços de mapeamento de públicos que vão segmentar esses targets em categorias. E cada parcela dessa é o que conhecemos por público-alvo.

O público certo, na hora certa…

Tecnicamente falando, segmentar é transformar o todo heterogêneo em partes homogêneas. Assim, principalmente no caso da comunicação que irá oferecer os produtos, fica evidente a facilidade de passar uma mesma mensagem dirigida àquele grupo previamente “uniformizado”.

Agência e cliente

É a partir daí, então, que, após a segmentação dos públicos, irão nascer as estratégias e táticas mercadológicas para o lançamento deste ou daquele produto ou da manutenção dos seus níveis de vendas e de participação percentual no mercado.

A agência, por sua vez, irá estudar o mercado do anunciante, o perfil socioeconômico e comportamental do público-alvo e mais uma série de variáveis para, finalmente, fazer uma proposta de ação que não precisa ser, obrigatoriamente, uma super, hiper, mega campanha publicitária.

Economizar com Marketing

Procure planejar seus investimentos não apenas de acordo com o tamanho da sua verba, mas fracionando-o em razão das atividades mercadológicas que se pretende desenvolver. E quais são estas atividades mercadológicas? Tudo depende do seu ramo de negócio, mas se você está inseguro quanto a isso, eis uma excelente razão para você trocar ainda mais ideias com uma agência.

Marketing vende?

Marketing vende

É muito comum ouvir as pessoas falando em marketing e vendas como se tudo fosse a mesma coisa. É claro que ambas trabalham juntas, mas há uma
enorme diferença entre o departamento de marketing de uma empresa e o
departamento comercial inclusive fizemos um post aqui que fala bastante sobre isso. Mas, afinal, quais as diferenças entre esses dois conceitos? Nós vamos explicar:

Sobre o marketing

A missão do marketing é ajudar a empresa a atingir seus objetivos de negócio, sejam elas quais forem. Pode ser o aumento das vendas, crescimento da fatia de mercado, fortalecimento da marca, divulgação de produtos e serviços, entre outros.
Em outras palavras, o departamento de marketing é responsável pela venda de forma indireta. Os profissionais deste setor têm como objetivo estudar o mercado, verificar quais as melhores opções e planejar estratégias para que a empresa consiga vender seus produtos e serviços.

Marketing potencializa os resultados das vendas da sua empresa portanto investir em marketing pode te ajudar a vender mais. Marketing bem feito vende e muito!

Departamento comercial

Já o departamento comercial é responsável pelas vendas diretas garantindo a geração de receitas para a empresa. O vendedor é quem tem contato direto com o cliente e pode extrair outras informações que o marketing não tem acesso. Frente a frente, o responsável pelas vendas pode perguntar, fazer a leitura dos gestos do cliente, rebater objeções e, assim, entender o que realmente o cliente precisa.

É fundamental os responsáveis por este setor se preocupar em conhecer os clientes da companhia e definir as formas de vendas mais adequadas para alcançar o público-alvo, além de fidelizar a clientela já conquistada.

Equipe de Marketing e Equipe de Vendas se complementam

Sendo assim, podemos dizer que as vendas dá continuidade ao trabalho do
marketing. O alinhamento entre esses dois é fundamental para que a empresa potencialize suas oportunidades de vendas.

3 tendências de marketing para sua empresa

Confira abaixo 3 fortes tendências de marketing para crescer no mundo corporativo e ser bem-sucedido nos negócios, afinal queremos melhorar sempre não é mesmo?

tendencias de marketing para empresas

Responsabilidade social

Responsabilidade social corporativa e marketing de causa são iniciativas que levaram comerciantes do passado a repensarem suas estratégias centrais de marketing. Atualmente, essas duas idéi as migraram para a noção de propósito da marca.

Focar no engajamento

Lembre-se que os consumidores, hoje em dia, não compram coisas, mas compram histórias que ganham vida por meio de uma junção de criatividade e tecnologia.

Propósito, engajamento, histórias, rapidez e interação humanizada são fortes tendências do marketing. Conhecer o cliente muito bem ainda é fundamental e nunca estará fora de moda.

O marketing que conta histórias

O consumidor do século XXI não compra produto ou serviço, mas sim histórias. Interações personalizadas darão mais poder às empresas, principalmente na hora de rever uma estratégia ou mergulhar de forma prudente nas novidades que o mundo atual emerge com tanta velocidade.

Empresas com estratégias focadas em entregar aquilo que os clientes buscam o mais rápido possível, atendê-los em tempo recorde e sem burocracias com certeza ganharão espaço e vantagem competitiva.

Quer ter sucesso no seu empreendimento? Então você deve utilizar a estratégia de misturar criatividade e tecnologia para gerar e entregar histórias que criem conexões duradouras com os consumidores.

Siga essas dicas e boa sorte! Ah, não se esqueça de deixar seu comentário aqui pra gente.

Como gerar resultados com o marketing digital?

Como já falamos no post anterior, o marketing digital engloba as ações
realizadas na internet para divulgação de empresas e produtos, com o objetivo
de aumentar mercado e gerar vendas. Atualmente ele é a principal estratégia
para a maioria das empresas e cresce de forma assustadora.

O que é preciso para um bom desempenho no marketing digital:

O site da sua empresa é ainda o ponto central mais importante
72% dos negócios entre empresas iniciam através de consulta ao site da
empresa. Todas as ações de marketing digital vão levar ao site, e até mesmo o
compartilhamento de um cartão de visitas em uma feira vai levar a uma
pesquisa no site.

Gere conteúdo (artigos, blog, site)
Gere informações relevantes para seu público. Aquelas que utilizam dessa
estratégia chegam a receber até duas vezes mais visitas e geram três vezes
mais oportunidades de negócios que as demais empresas que não adotam o
marketing de conteúdo.

O mercado digital está acelerado
Reflita sobre que tecnologias (aparelhos, serviços, sites, aplicativos) você
usava há dois anos para sua empresa. São os mesmos de hoje?
Provavelmente não. As suas estratégias digitais do ano passado podem não
fazer mais sentido.

É possível replicar estratégias dentro do seu orçamento
Dentro do seu orçamento é possível priorizar algumas estratégias de marketing
digital. Os investimentos são proporcionais ao alcance desejado. Nada de
colocar um sobrinho ou um amigo que desenvolve sites ou tenha alguma noção
técnica para gerir o marketing da sua empresa. Não é possível esperar que
uma pessoa munida de boa vontade consiga a mesma qualidade que de uma
equipe profissional completa.
O marketing digital pode lhe abrir portas e ajudar qualquer empresa ou produto
a vender mais. Gostou? Deixe seu comentário aqui pra gente.

Quais os benefícios do marketing digital?

Marketing DigitalAo que vemos, a atual cobrança da sociedade por informação é o que vem motivando o aumento dos investimentos na área.
Em um mundo altamente conectado, ressaltamos que as tecnologias atuais, sobretudo as redes sociais on-line, deixaram de servir apenas ao entretenimento para ser cada vez mais usadas pelas empresas como ferramenta de relacionamento e representam, contudo, uma forma de comunicação imediata e eficiente para chegar a vários públicos, com uma rapidez essencial para a resolução ou diminuição de impactos causados pela insatisfação dos clientes. A ação tem que ser ágil porque na web os assuntos se alastram com muita rapidez.

Sendo assim, em uma visão mais geral, a tecnologia gerou uma verdadeira revitalização dos modelos de negócio como um todo. E, como na internet todos têm chances de conquistar espaço próprio, a concorrência aumentou assim como a quantidade de ofertas disponíveis. Logo, para atender a uma demanda cada vez mais exigente, empresas têm usados recursos tecnológicos para aprimorar seus negócios e oferecer diferenciais que, em meio a muitas opções, consigam se destacar.

Relação com o cliente é fundamental e peça chave na estratégia de marketing digital

Qualquer empresa depende de consumidores para sobreviver. A transformação digital, por sua vez, tem papel essencial neste quesito, pois permite reunir diversas informações com base no comportamento de nosso público-alvo para estreitar esse relacionamento e personalizar o atendimento.
O objetivo é claro, o foco está no cliente e, com isso, os processos tornam-se mais simples e os resultados são vistos mais rapidamente. A digitalização de processos permite que os profissionais trabalhem de onde estiverem, estejam eles em casa ou não. Isso permite uma maior interação com o cliente, pois, como já falamos aqui anteriormente, é no consumidor que está posicionado o mais importante canhão de luz de qualquer empreendimento que busca ter sucesso no mercado.

Preparado para inovar? Descubra as tendências de Marketing Digital que estão ganhando força

Na esfera do mundo globalizado, os novos canais de comunicação mudaram a forma como as pessoas consomem as informações. Estas transformações tecnológicas, por sua vez, ocorridas nos últimos anos, ocasionaram mudanças, também, nos hábitos das empresas.

Torna-se, portanto, preponderante entender que as instituições frente a essa nova realidade devem estar voltadas às tecnologias digitais e demais plataformas, sites, ferramentas e instrumentos utilizados por meio da rede mundial de computadores.

É justamente neste contexto que conteúdos mais diretos, menor volume – mas com maior relevância – estão ganhando força no mercado. As empresas vêm reconhecendo a importância de fazer Marketing de Conteúdo e é provável que tenham cada vez mais empresas investindo nessa estratégia.

Outra tendência que tem ganhado destaque é o Chatbot.

 

Mas, afinal, o que é um chatbot?

 

Para responder a esta pergunta, lembre-se da Siri, da Apple. O chatbot está muito relacionado a esse conceito. É um programa de computador que faz o que é programado, simulando uma conversa humana, e nada mais além disso. Dessa forma, o chatbot com inteligência artificial faz com que mesmo perguntando de uma forma não programada, você obtenha respostas corretas. Sendo assim, conseguimos automatizar tarefas repetitivas e burocráticas, deixando-nos livres para resolver problemas mais complexos.

 

Transmissão ao vivo

 

Entre as listas de apostas estão as ferramentas de transmissões ao vivo. Esta já é uma estratégia consolidada e empresas que não adotaram a este formato estão atrasadas. A vantagem é que as “lives” não exigem tanta infraestrutura. Pode-se começar com um computador ou celular e, depois, colocar acessórios, como microfones e iluminação. Uma das principais utilidades do vídeo nos próximos anos será na realidade virtual.

 

Comandos Por voz

 

Assistentes de Voz estão criando uma nova forma de interação com a web. 74% dos usuários de tecnologias de voz acreditam que as marcas devem ter vozes únicas que expressem a personalidade da marca para os seus aplicativos ao invés de usarem a voz padrão.

Agora que você já sabe, pode começar a implementar em sua empresa. Boa sorte!

Como fazer o meu site aparecer no topo das buscas Google ?

topo das buscas

Independente do seu site ser um blog, institucional ou e-commerce, todos querem aparecer no topo das buscas Google. Para isso a sua página tem que ser bem classificadas nas pesquisas do todo poderoso Google.

Mas como realizar essa proeza ?
É imprescindível ter boas práticas de SEO ( Search Engine Optimization.)
Dessa forma, sempre que alguém procurar pelas palavras chave que você escolheu nas buscas do Google, seu site estará nas primeiras posições da busca e isso aumenta as chances dele ser escolhido.
Separamos algumas dicas, para você começar o seu site com o “clique direito” e ter um site de sucesso nas buscas Google.
Dica 1 – Palavras- Chave
O mais importante é você definir qual a palavra que mais resume o seu site, pois ela é vital para que você possa ter o melhor posicionamento no Google.
Por exemplo se você possui um e-commerce de suplementos alimentares, talvez a melhor palavra chave seja suplemento alimento, ai procuramos os nomes dos produtos mais buscados entre outros.
Dica 2 – Tenha um conteúdo relevante
O Google indexa conteúdos originais e bem avaliados. Por isso sempre pense em desenvolver um conteúdo que seu público queira acessar. Se você possui um e-commerce uma indicação valiosa é montar um blog e recheá-lo com informações relevantes e dicas sobre o seu produto.
Dica 3 – Use a palavra-chave na URL
Independente da URL do seu site, você pode personalizá-la para que ajude na classificação de seu site.
Por exemplo se o título do seu artigo “10 dicas para conservar a bateria do meu celular.”
a sua URL deve ser da seguinte forma : “www.seusite.com.br/10-dicas-para-conservar-a-bateria-do-celular.
DIca 4 – Links Internos
Seu site deve estar entrelaçado. Links de outras páginas devem estar presente junto ao seu conteúdo. Dessa forma, o Google entende que seu site tem relevância e é consistente o suficiente para se diferenciar de páginas aleatórias da internet. Qualquer estratégia de SEO em seu site deve contar com links externos para ser bem-sucedido nos mecanismos de buscas.

Quanto custa fazer marketing?

quanto custa fazer marketingQuanto custa fazer o marketing de sua empresa? Ou melhor quanto custa um marketing efetivo? São perguntas que todo empresário acaba se fazendo. Por isso montamos um artigo sobre quanto custa fazer marketing e quais vantagens você tem em contratar uma agência ou fazer internamente.

Na internet é muito fácil encontrar anúncios de “construção de sites fáceis” ou “automação de e-mail grátis” todos os dias. E com isso achamos que muitas dessas ferramentas são de baixo custo ou até mesmo a custo zero. Muitas dessas ferramentas também vendem a idéia de que você pode fazer por conta através de um dashboard ou até mesmo personalização das mesmas (muitas personalizações são bem limitadas). Mas quando você realmente pensa sobre isso, isso parece razoável? Não há nada “grátis” ou “fácil” sobre marketing. Na verdade, cada anúncio que você viu por algo “livre e simples” é o resultado de uma estratégia de marketing eficaz, pela qual uma empresa pagou caro para conceituar, criar e distribuir para aparecer na sua tela e influenciar seu pensamento. Só porque qualquer um pode entrar no Google Analytics não significa que qualquer pessoa possa efetivamente usar o Google Analytics, muito menos criar uma estratégia de marketing de ponta a ponta, considerando o negócio, marca, mecanismos de pesquisa e mídias sociais. Claramente, quando envolvemos todos esses itens há muito trabalho profissional a ser feito.

Como o marketing é feito?

O marketing requer muito trabalho e desenvolvimento para que você tire a ideia do papel até a execução. Cada estágio requer talentos específicos, conhecimentos e habilidades. Saber mexer em ferramentas não necessariamente te faz apto para desenvolver o marketing sozinho. É ai que a questão custo entra em cena, muitas pessoas acham caro pagar um profissional de marketing, mas esquecem de que tempo, tentativa e erro e até mesmo o gasto com algumas ferramentas que não são “grátis” como venderam para você é também um gasto efetivo de dinheiro.

Qual é a diferença de contratar internamente um profissional ou contratar uma agência de marketing?

Uma equipe de agência de marketing geralmente consiste em funções especializadas, profissionais especialistas em seus respectivos campos. Como uma equipe, esses indivíduos tomam decisões sobre as melhores práticas, alinhando esforços e alcançando sucesso para clientes.

Claro, você poderia contratar ou designar um funcionário internamente, mas isso pode ser extremamente caro e não tão abrangente já que um único funcionário dificilmente terá todos “skills” necessários para executar uma campanha de ponta a ponta.

O que uma agência de marketing faz?

A proposta principal de uma agência de marketing é criar um plano estratégico mercadológico efetivo. O processo desse plano começa da concepção a execução de ações de marketing com um objetivo a ser definido no seu escopo. Além de criar os planos de ação para uma empresa a agência acaba executando o plano com diversos outros serviços necessários como: Desenvolvimento de sites, Estratégia de Conteúdo, Estratégia de Branding, Search Engine Optimization, Marketing de mídia social, PPC, Marketing de email e etc.

Temos um post sobre o que faz uma agência de marketing aqui.

Quanto custa uma agência de marketing?

Justamente por oferecer profissionais capacitados, abranger uma série de ferramentas e também a experiência nem sempre podemos dizer que é barato. Mas colocar tratar a comunicação de sua empresa com ferramentas “free” ou “faça você mesmo” pode ser tão caro quanto.
A experiência conta muito no preço, quanto mais experiente são os profissionais de uma agência mais caros eles se tornam. Nós sabemos que não existe almoço grátis e fazer o marketing de um negócio não é e nunca vai ser barato. Não só pelo custo da agência em sí, mas também pelo custo das ferramentas e da publicidade em geral. Cometer erros pode fazer essa equação ainda mais cara.

O Que é Marketing?

o que é marketingSe te perguntassem hoje: O que é marketing? Qual seria a sua resposta?
Com certeza, cada pessoa daria uma resposta diferente da outra, afinal, marketing pode ser tudo e mais um pouco.
O que mais vemos é pessoas dizendo que marketing é propaganda. E, acreditem, não é. Pelo menos não só isso.
Marketing, na verdade, é um compilado de muitas coisas. Propaganda, vendas, promoção, divulgação.

Definição de Marketing segundo Philip Kotler

Segundo o renomado Philip Kotler, o pai do marketing moderno, “Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros”. Ou seja, marketing é um conjunto de processos que acontecem simultaneamente com o objetivo de atingir o desejo do consumidor.

Marketing segundo Peter Drucker

De acordo com o pai da administração moderna Peter Drucker o marketing desempenha uma função básica porém fundamental para o mundo dos negócios:
“A meta do marketing é conhecer e entender o consumidor tão bem, que o produto ou serviço se molde a ele e se venda sozinho.”

Entender o consumidor é a melhor campanha de marketing.

Não importa o seu objetivo. Venda, divulgação, promoção, branding. O resultado esperado é sempre impactar e entender o consumidor, podendo, assim, oferecer a ele o que há de melhor dentro do seu ramo de trabalho.
Logo, marketing é possível sem propaganda. E se seu departamento de marketing só faz propaganda, então ele é apenas um departamento de comunicação, um dos braços do marketing.

O Departamento de Marketing deve traçar objetivos, buscar novas estratégias e atingir metas. Ou seja, saber cada passo pra chegar ao objetivo. Planejamento, ação, monitoração, criação, atendimento. Tudo isso deve ser feito para
analisar seu cliente, saber o que ele precisa, e como você chegará nele. E ai, você está fazendo seu marketing?

1 2 3 4  Topo