5 elementos para uma estratégia de marketing de sucesso

estratégia de marketing

A estratégia de marketing são iniciativas criadas para que as empresas consigam atingir os seus objetivos. Primeiramente, essas estratégias auxiliam as marcas a identificarem quais são as principais necessidades do seu público-alvo, para, a partir de então, colocar em prática ações que ajudem a suprir estas demandas.

O que fazer para adotar uma estratégia de marketing?

Ao adotar uma estratégia de marketing, as empresas desenvolvem um planejamento sobre como devem agir para alcançar suas metas.

Isso é essencial em qualquer área de atuação, tendo em vista que ao conduzir seus planos de forma impensada, consequências negativas podem acabar sendo colocando a empresa em risco.

Sendo assim, delinear o plano de ação do negócio é um dos alicerces que tornam essas estratégias tão importantes.

Estabelecida a relevância das estratégias de marketing, é o momento de avaliarmos quais são os elementos indispensáveis para estabelecer uma estratégia bem-sucedida.

Alguns profissionais da área acreditam que isso é algo que pode variar muito entre uma marca e outra, mas a verdade é que existem sim certos elementos-chave que são essenciais para uma boa estratégia, independente de qual seja a área de atuação do negócio.

Confira logo abaixo quais elementos são esses.

1. Adotar bons canais de comunicação 


Atualmente, as empresas precisam se questionar sobre quais canais estão utilizando para se comunicar com o seu público além do espaço físico.

O meio digital é uma forma cada vez mais importante para manter contato e ainda captar novos leads, sendo ainda um veículo mais econômico e abrangente, que atinge um número muito maior de pessoas do que as mídias impressas, por exemplo.

Quando um negócio não está presente na internet, o mesmo corre o risco de perder espaço para os concorrentes que são facilmente encontrados pela parcela do público que está sempre conectada.

Portanto, para que isso não aconteça, é fundamental investir em bons canais de comunicação, incluindo as redes sociais, mas se expandindo também para blogs e plataformas de vídeo.

2. Ter domínio sobre o ambiente digital 

Estar presente no meio digital é o primeiro passo para desenvolver uma estratégia de marketing de sucesso, mas somente isso não é o bastante.

Ao se lançar nas redes, é necessário que a empresa possua um certo conhecimento sobre marketing digital, para assim começar a dominar esse meio e realmente desfrutar de resultados favoráveis. 

A construção de uma imagem positiva no mundo virtual é capaz de auxiliar o negócio a delinear estratégias mais eficientes, no entanto, para que isso aconteça, é preciso obedecer a um conjunto de regras e condutas que apenas quem tem domínio sobre esse universo consegue.

O Google, por exemplo, pode retirar o site da empresa do ar ou rebaixá-lo a uma posição desfavorável, caso não estejam sendo adotadas as devidas práticas de SEO.

Como é essencial entender sobre esse tema, continuaremos falando sobre isso no item a seguir.

3. Utilizar ferramentas de qualidade

O conhecimento e o domínio sobre o meio digital precisam estar alinhados ao uso de ferramentas eficazes, que contribuam para a imagem e o posicionamento da marca na internet.

Tendo isso em mente, a seguir estão quatro exemplos de ferramentas capazes de oferecer uma ótima ajuda.

  • Google Analytics – É a ferramenta gratuita do Google, responsável por analisar e controlar o desempenho de um site. Através dela, é possível mensurar o número de visitantes de uma página na web saber como eles chegaram até ela. 
  • HubSpot Internet Marketing Software – Essa é uma ferramenta de automação de marketing que entrega uma experiência de vendas bastante completa, sendo útil tanto para empresas de pequeno e médio porte, como também para as de grande porte.
  • CrazyEgg – É uma ferramenta de webanalytics que utiliza o tagging para memorizar o histórico de cliques e rolagem dos internautas, e posteriormente criar mapas de calor a partir desses dados. Feito isso, seu objetivo final é aumentar o fluxo de conversões para uma página da web.
  • Optimizely – É uma das plataformas mais reconhecidas para realizar testes A/B, os quais colocam duas variáveis à prova com o intuito de identificar a opção que gera os melhores resultados. O diferencial da Optimizely é que ela permite vários tipos de variáveis, como número de cliques, dados geográficos, e muito mais.

4. Estabelecer personas bem definidas

O termo “persona” consiste em uma representação fictícia de um cliente modelo da marca. Para construir essa representação, é preciso ir além de informações básicas, como a faixa etária, o sexo e a classe social desse indivíduo, e mergulhar em atribuições mais específicas e particulares, como sonhos, desejos, motivações e receios.

Essa análise mais completa ajudará a empresa a desenvolver uma estratégia de marketing personalizada para o seu público alvo e com chances melhores de alcançar os resultados esperados.

Portanto, as marcas que ainda não possuem personas bem definidas devem se apressar para colocar isso em prática.

O primeiro passo para criar uma persona é analisar quais são os clientes mais ativos da empresa nas redes sociais ou que mais consomem os seus produtos, e analisar o perfil desses indivíduos detalhadamente.

Caso seja possível, o envio um questionário a esse grupo de pessoas é algo capaz de ajudar bastante no processo. A partir das informações obtidas, a empresa deve definir suas personas com base em dados como: idade, profissão, hábitos, hobbies, estilo de vida, redes sociais preferidas, desafios, frustrações, entre outros.

5. Investir em KPIs também faz parte da estratégia de marketing

Os KPIs são indicadores-chave de desempenho, ou seja, ferramentas de gestão responsáveis por medir o nível de desempenho e de eficácia de um determinado processo adotado pela empresa, como as estratégias de marketing.

Sendo assim, ainda que a marca acredite que uma estratégia tenha sido bem-sucedida, é necessário analisar os dados com precisão para confirmar se esse é realmente o caso.

Para uma análise profissional e não baseada somente em “achismos”, a empresa deve investir na avaliação dos KPIs, os quais irão verificar esse desempenho a partir de uma gama de variáveis, como o fluxo de acessos nas redes sociais, a performance do site, as conversões em vendas, a captação de leads, e muitos outros.

Uma consultoria de marketing pode te ajudar a encontrar as respostas que você procura.

Tendências de Marketing Digital em 2020

Deixe um comentário

Open chat
1
Olá, me chamo Eduardo e sou estrategista de marketing da Edm2, em que posso ajudar?