Marketing

Como fazer uma loja online?

Abrir uma loja online não é tão difícil quanto parece. A presença cada vez mais ostensiva das organizações no ambiente digital tem dado novos contornos para a comunicação empresarial. Mais do que uma tecnologia, a internet é uma das marcas da sociedade contemporânea, que visa a instantaneidade junto à qualidade e à interatividade. E não para por aí.

A criação de processos de trabalho apoiados em tecnologias que atravessam as fronteiras organizacionais representa, inclusive, avanços nos projetos comerciais, que podem tornar a empresa mais ágil e permitir-lhe acompanhar certas mudanças. Uma delas é a criação das lojas online:

Lojas virtuais: o que são?

O conceito de loja virtual pode ser definido como um site na Internet onde as empresas expõem e vendem seus produtos ou serviços. Os clientes podem acessar o site de qualquer lugar, em qualquer horário e escolhem os produtos ou serviços ali mesmo. O pagamento é feito através do sistema que a loja virtual oferece e você recebe o produto no conforto da sua casa. Viu só como as coisas evoluíram?

Como criar uma loja online

Para criar sua loja virtual primeiro é necessário escolher uma plataforma que nada mais é do que um software responsável pela exibição e pelo gerenciamento da loja. Por meio dele, também é possível fazer o cálculo de fretes, cadastro dos produtos e preços. Tudo na maior comodidade.

Quer uma dica? Conheça a Tray

Você já conhece a Tray? A Tray é a maior plataforma de e-commerce do mundo. Ela possui mais de 200 recursos para você criar a sua loja virtual e se tornar um e-commerce de sucesso
Além de tudo isso, os principais Marketplaces do Brasil são integrados com a Tray. Quer mais vantagem? Todas as lojas com plataforma Tray contam com um pacote de ferramentas criadas com foco em conversão para sua loja virtual vender mais.

Veja aqui os planos e contrate agora

Precisa de ajuda? Nos contate agora mesmo e explicamos para você o
resto das vantagens e os benefícios ao montar sua loja online.

O que é Marketing 4.0

Como falamos anteriormente, em outros posts, a reputação e a confiança da sua empresa não estão mais baseadas apenas na comunicação da marca ou no controle da empresa. Agora, elas dependem diretamente da opinião de pessoas com quem interagem. É o que chamamos de marketing 4.0. Já ouviu falar?

O que o planejamento tem a ver com isso?

O planejamento, o pensamento
estratégico e a gestão estratégica podem ser considerados o melhor caminho para
se construir uma imagem/reputação positiva das organizações. É preciso, assim,
conhecer e identificar a organização, sua real situação, ramo de atuação, os
públicos estratégicos, seus produtos e serviços, sua cultura organizacional e
seus problemas e necessidades de comunicação. A tudo isso damos o nome de Plano
de Marketing.

Internet e mídias sociais digitais são FUNDAMENTAIS!

A rede mundial está se tornando
fundamental às atividades do marketing. As características de velocidade e de
instantaneidade da Internet também são positivas, pois o profissional tem a
possibilidade de responder de imediato às situações que ferem a imagem da
organização.

É neste sentido, portanto, que o
marketing e a comunicação exerce um papel essencial porque promove a interação,
a troca com os públicos que são o alvo para o negócio ou reputação. E as
ferramentas da web precisam ser escolhidas levando em conta esse contexto.

Imagem de modernidade

As mídias sociais são extremamente atrativas para promover as empresas com uma imagem de modernidade e tecnologia. E é neste contexto que a atuação dos profissionais de marketing é fundamental, pois cabe ao profissional a função de saber avaliar as reações da opinião pública para traçar estratégias eficazes de comunicação para sua organização. Por isso a rede social se tornou o centro do marketing 4.0 inclusive o governo atual do Brasil fez uso dessa estratégia para se eleger…mas essa é outra história.

Você sabia que sua empresa pode começar a investir em marketing sem gastar muito? Fale com nossos especialistas aqui.

Marketing vende?

Marketing vende

É muito comum ouvir as pessoas falando em marketing e vendas como se tudo fosse a mesma coisa. É claro que ambas trabalham juntas, mas há uma
enorme diferença entre o departamento de marketing de uma empresa e o
departamento comercial inclusive fizemos um post aqui que fala bastante sobre isso. Mas, afinal, quais as diferenças entre esses dois conceitos? Nós vamos explicar:

Sobre o marketing

A missão do marketing é ajudar a empresa a atingir seus objetivos de negócio, sejam elas quais forem. Pode ser o aumento das vendas, crescimento da fatia de mercado, fortalecimento da marca, divulgação de produtos e serviços, entre outros.
Em outras palavras, o departamento de marketing é responsável pela venda de forma indireta. Os profissionais deste setor têm como objetivo estudar o mercado, verificar quais as melhores opções e planejar estratégias para que a empresa consiga vender seus produtos e serviços.

Marketing potencializa os resultados das vendas da sua empresa portanto investir em marketing pode te ajudar a vender mais. Marketing bem feito vende e muito!

Departamento comercial

Já o departamento comercial é responsável pelas vendas diretas garantindo a geração de receitas para a empresa. O vendedor é quem tem contato direto com o cliente e pode extrair outras informações que o marketing não tem acesso. Frente a frente, o responsável pelas vendas pode perguntar, fazer a leitura dos gestos do cliente, rebater objeções e, assim, entender o que realmente o cliente precisa.

É fundamental os responsáveis por este setor se preocupar em conhecer os clientes da companhia e definir as formas de vendas mais adequadas para alcançar o público-alvo, além de fidelizar a clientela já conquistada.

Equipe de Marketing e Equipe de Vendas se complementam

Sendo assim, podemos dizer que as vendas dá continuidade ao trabalho do
marketing. O alinhamento entre esses dois é fundamental para que a empresa potencialize suas oportunidades de vendas.

Por que sua empresa deve estar nas redes sociais?

redes sociais

Como já falamos em posts anteriores, entendemos que o marketing tem como sua maior missão estabelecer estratégias destinadas a criar, manter e defender as relações de confiança entre as organizações e os seus públicos.

No âmbito da tecnologia, com o avanço da rede mundial de computadores, parece impossível proteger-se na era digital, em que as notícias se espalham de forma rápida nas redes sociais digitais.

Ao que vemos, portanto, a gestão e o gerenciamento das mídias sociais, considerando o cenário atual, são fatores de grande importância nas empresas e um dos principais motivos para o público acessar as mídias sociais, atualmente, é a vontade de opinar a respeito de produtos ou serviços.

As Redes Sociais

Por meio das redes sociais, a sua empresa receberá um feedback direto e honesto sobre o atendimento e os serviços prestados pela sua companhia. Pela reação das pessoas, é possível perceber se o posicionamento da marca tem sido coerente com o seu discurso e se o conteúdo veiculado é o mais adequado.

Relacionamento com o cliente

As redes sociais é um eficiente canal de atendimento ao consumidor. Por meio desse meio de comunicação, a organização saberá seus pontos fortes e identificará eventuais erros.

É simples! Pelos comentários do público, os responsáveis pela marca ficam cientes caso a empresa não esteja cumprindo seu papel de forma satisfatória.

Construindo uma boa reputação

Uma das funções centrais de um perfil corporativo na redes é transparecer os valores e a missão do negócio. Essas características são responsáveis por fazer a marca se destacar entre as concorrentes.

Logo, ao que vimos, para que as organizações apresentem uma reputação positiva, necessitam planejar, administrar e pensar estrategicamente a sua comunicação. Veja como isso afeta diretamente a imagem da sua empresa.

Viu como é importante ter presença nas redes sociais? Consulte nossos especialistas para saber como sua empresa pode explorar ao máximo as redes sociais.

Marketing para Indústria, por que investir?

A internet, embora extremamente atrativa para promover as organizações com uma imagem de modernidade e tecnologia, apresenta limitações e restrições que precisam ser conhecidas para evitar que as estratégias adotadas por sua empresa enfrentem reveses na implementação de ações e programas criados para promover a organização.
Para isso, é importantíssimo analisar as melhores estratégias de marketing para alcançar os objetivos e metas estabelecidas.

A importância do marketing para indústrias

Como sabemos, o foco das grandes indústrias, antigamente, era a produção
em larga escala, com qualidades e custos baixos. Não havia, contudo, um contato com o cliente final, o que é importantíssimo nos dias atuais. Sua estrutura era completamente voltada para a produção.
Com o avanço da tecnologia, começaram a surgir as soluções do e-commerce.
Com um site as empresas ganharam a opção de oferecer experiências de compra mais agradáveis aos clientes. Para isso, as indústrias passaram a investir cada vez mais em capacitação, aprendendo sobras as estratégias de marketing digital.

Esteja presente nas redes sociais

Como sabemos, é notório que as mídias sociais atuais, sobretudo o Instagram e Facebook, desempenha um importante papel nos contornos da comunicação empresarial na atualidade. Elas são ótimas ferramentas do marketing para as indústrias.
Instantâneas, elas permitem a aproximação com o cliente final, avaliando suas necessidades, características e expectativas.
Com o tempo, as indústrias foram se aperfeiçoando e perceberam que é
preciso criar canais de comunicação para que o público entre em contato de
maneira rápida e prática. Estando presente nas plataformas digitais, com um perfil ou página cadastrado, é essencial, portanto, interagir com o público, respondendo aos questionamentos e comentários dos internautas, apresentando as novidades da marca e avaliando as respostas dos seus clientes.

Nós, da EDM2, fazemos tudo isso e muito mais pelo seu negócio. Quer
ver suas vendas aumentarem? Veja aqui nossa proposta de marketing para a indústria

Agência de marketing: prós e contras em contratar

Contratar uma agência de marketing é importante não só para auxiliar seu departamento de vendas mas sua empresa como um todo. Quer vender mais na sua empresa, mas não sabe por onde começar? Se você tem uma companha, mas não está contente com os resultados que ela está alcançando, saiba que você pode melhorar e muito as suas vendas investindo em marketing digital.

É isso mesmo! Com o avanço da tecnologia e da rede mundial de computadores, muitas empresas que migraram para o ambiente digital já estão trabalhando a todo vapor e com as vendas lá em cima. Este novo sistema gera diversos benefícios para todo tipo de empresa e você provavelmente já sabe disso.

Fiou interessado? Nós vamos te explicar certinho que é possível obter retorno ainda melhores ao trabalhar com uma agência de marketing digital competente.

Porque contratar uma agência de marketing?

Todos os dias surgem novidades que podem se transformar em oportunidades valiosas para o seu negócio. Com a correria do dia a dia, é quase impossível tentar fazer tudo sozinho. Em vez disso, busque a ajuda de uma parceira competente e focada em resultados.

Excelência nos diferentes serviços prestados

Certamente, o principal diferencial oferecido por uma empresa de marketing é o grau de especialização oferecido por sua equipe, ou seja, os profissionais são altamente capacitados para lidar com serviços em ambiente online e digital. Ao contratar um agência de marketing, você terá ao seu dispor especialistas em análise de mercado, análise de dados, criadores de conteúdo, desenvolvedores web, designers, entre outros, atuando sempre com foco no melhor desempenho de sua empresa.

Aumento das vendas é consequência de investimento

Se o seu objetivo era alavancar as vendas, com o marketing digital,
eventualmente, suas demandas aumentarão sem que você precise se
preocupar com isso. Porém é necessário investir corretamenta e é um dos prós em contratar uma agência de marketing, pois a expertise dela pode te ajudar evitar disperdícios.

Economia significativa

Contratar uma agência de marketing pode representar ainda uma economia significativa, já que se trata de um investimento com ótimo custo-benefício. Você conseguirá obter resultados melhores com as novas campanhas, significando maior faturamento.

E quais as desvantagens?

  • Nem sempre o retorno é imediato: Requer investimento e muito planejamento;
  • Muitas agências cobram taxas extras para gerenciar campanhas (A Edm2 não).
  • Muitas agências terceirizam a produção deixando o processo mais moroso. (A Edm2 não terceiriza a produção)

Se você procura uma âgencia que tem foco em resultados você achou! Fale com a gente aqui

O que faz um assistente de marketing?

Como a sua equipe de marketing é formada? Vamos falar um pouco sobre assistente de marketing e o que ele faz.

Você sabe qual o papel deste profissional dentro de uma empresa? Neste post vamos tirar todas as suas dúvidas sobre as funções e habilidades deste colaborador.
Embora a maioria das empresas sigam um fluxo de trabalho em comum, no nível hierárquico, um assistente de marketing é alguém que dá auxílio a outros profissionais da área de publicidade e comunicação.
Entre as suas principais funções estão ajudar na criação de campanhas publicitárias ou promocionais, promover ações de lançamentos de produtos ou serviços, organizar feiras e eventos, acompanhar o volume de vendas, redigir materiais de propaganda e divulgação, analisar as ações de marketing, atualizar sies, blogs e redes sociais da empresa, produzir relatórios e auxiliar no fechamento de parcerias em campanhas e promoções.

Além de todas essas funções que esse profissional pode desenvolver uma outra atividade muito importante do assistente de marketing é oferecer suporte ao gerentes e coordenadores do departamento de comunicação. Porém muitos casos esses profissionais acabam respondendo para outro setor que não é o de comunicação ou marketing.

Perfil deste profissional

Além de saber se comunicar bem, um assistente de marketing, sem dúvida nenhuma, precisa ser criativo, dinâmico e, principalmente, saber expressar seus pensamentos, de modo que consiga passar suas ideias para o papel e realizá-las.

Vantagens

O assistente de marketing pode levar novas ideias e um olhar diferenciado para o trabalho que já é feito e sua empresa. Se ele souber estratégias de SEO, que tem grande peso no desempenho do marketing digital, melhor ainda.

A importância do mobile para as empresas

Com o aparecimento do iPhone, o mundo iniciou
aquela que se pode considerar a primeira grande mudança do padrão de utilização
de computadores. Desde que surgiram os primeiros computadores pessoais, em
especial os
primeiros modelos da Apple (será coincidência o mesmo homem, Steve Jobs
,
estar por trás de ambos os conceitos), usar computador era sinônimo de sentar
em uma mesa e olhar um ecrã. O laptop permitiu movimento, mas não alterou o
conceito.

Os smartphones trouxeram sistemas operacionais
novos, o conceito de “app” e a possibilidade de os usuários não precisarem mais
do computador. Os concorrentes da Apple apareceram com suas soluções (baseadas
no Android) e em breve os usuários estavam aderindo a todo o negócio, empresa
ou mensagem que pudesse estar chegando no smartphone. E sua empresa, já chegou
lá?

Confira em seguida alguns dos principais
setores econômicos que fizeram essa mudança.

Transporte

A Uber é certamente o exemplo mais célebre de
um serviço atuando em ambiente mobile (e tirando partido das características
únicas do mobile) e dispensando a web. Em um serviço que depende da localização
geográfica do usuário, a presença no celular é o foco central e a vantagem. O
sucesso da Uber foi tanto que criou uma enorme reação por parte da indústria do
táxi, com consequências em diversos países do mundo (o Brasil foi apenas um
caso).

Banca

Durante vários anos, os serviços bancários de
homebanking foram considerados revolucionários. Era bem prático poder executar
grande parte das operações bancárias direto no computador, através da internet,
sem precisar ir no balcão. Mas agora, os usuários estão pedindo para poder
fazer suas operações direto no celular. E os bancos estão respondendo,
disponibilizando seus apps.

Cassinos

Até os cassinos online tiveram de se virar.
Depois de dominarem a tecnologia Flash (também ficando obsoleta), construíram
plataformas completas e avançadas para permitirem a seus usuários fazer
depósitos, jogar em versões virtuais de roleta, caça-níquel ou blackjack e
levantar seus prêmios. O casino.netbet.com
é um bom exemplo. Mas agora os jogadores de cassino estão preferindo a
praticidade do celular, e são cada vez mais os sites de jogos que oferecem apps
para baixar.

Os cassinos mais recentes nem sequer têm
versão web ou site; começam sua atividade exclusivamente em ambiente mobile,
com aplicativos para iOS e Android.

Da web para
o mobile: reorganizando conteúdos

Empresários e profissionais devem saber que
não basta copiar os conteúdos de um site e colocar em um aplicativo. É
importante definir quais as ações, operações ou gestos que o usuário poderá
fazer e concretizar ao utilizar o app. Um storyboard poderá ser útil, para
dirigir o usuário em seu caminho.

Além disso, é fundamental preparar o
aplicativo para chegar ao maior número de usuários. Isso envolve não apenas a
disponibilização para os dois grandes sistemas operacionais, mas também o fato
de ser compatível com diferentes versões.

É preciso não esquecer também que alguns
usuários gostam do ambiente mobile mas preferem não ficar sempre baixando novos
apps. Aí, um site responsivo poderá ser a melhor solução. Não dá para indicar a
seus clientes para acessar o site de sua empresa via celular; os sites
tradicionais foram desenvolvidos para o computador e não estão otimizados para
o mobile.

Se o seu negócio ainda não chegou ao mobile,
pense rápido e atue mais rápido ainda, pois está perdendo clientes!

Como montar um departamento de marketing?

Neste post, vamos dar dicas para você que quer ter um departamento de marketing engajada e de sucesso.  Você sabia que o triunfo de uma equipe bem estruturada começa já na sua formação, com a escolha de profissionais competentes para ocupar posições estratégicas? Veja, a seguir, o que é preciso para montar um departamento de marketing realmente capacitado:

Departamento de Marketing: Equipe engajada

A presença cada vez mais ostensiva das organizações nas mídias sociais digitais tem dado novos contornos para a comunicação organizacional. Mais do que uma tecnologia, as mídias são uma das marcas da sociedade contemporânea e do marketing digital. Sendo assim, é bom levar em conta alguns fatores importantes que ajudarão a definir a montagem da equipe.

Tamanho da empresa

O tamanho da empresa também é um fator decisivo para dimensionar a equipe para definir o perfil dos candidatos que devem ser contratados.

Equipe de marketing

Dependendo do tamanho da empresa, o time de marketing pode ter poucos profissionais ou dezenas deles. Abaixo, listamos os principais:

Analista de SEO

O papel deste profissional é acompanhar o progresso das estratégias de otimização da empresa e procurar por oportunidades de melhorias, o que envolve se manter atento às últimas novidades sobre o assunto. Para isso, precisa entender de métricas de SEO, colaborar com os times de conteúdo e desenvolvimento.

Analista de redes sociais

Este profissional, por sua vez, tem a missão de produzir conteúdo relevante para gerar comprometimento com o público alvo e entender, também, a respeito do engajamento dos seguidores e fãs com o conteúdo produzido.

Gerente de Marketing de conteúdo

O gerente deve coordenar a equipe de profissionais responsáveis por toda a produção de conteúdo e manutenção do blog. Deve, ainda, estar sempre atento aos objetivos da empresa (que é aumentar as vendas) e criar estratégias e processos para o sucesso dos seus clientes.

Analista de desenvolvimento web

Cabe a este profissional manter o site e blog corporativo da empresa funcionando de forma impecável, sempre fazendo atualizações quando for necessário.

Analista de otimização e conversões

Este profissional deve gerenciar todos os testes de marketing e usá-los para aprimorar a taxa de conversões através do funil de vendas.

Se você está interessado em montar uma equipe de marketing completa, fale com a gente. Conheça nosso plano de terceirização de marketing e reduza os custos!

10 Apps de marketing que você deveria usar

Veja aqui uma seleção de 10 apps que podem melhorar sua produtividade e organização dentro do departamento de marketing da empresa. Veja nossa lista de apps de marketing e nos ajude a aumentar nossa lista!

hubspot

HubSpot – Um dos apps de marketing mais famosos na internet também possui planos grátis de automação e CRM. Além de ajudar com tarefas simples de organização é uma ótima ferramenta de prospecção e inbound marketing.

Trello

Trello – Um dos aplicativos mais utilizados por gerentes de projeto e gerentes de marketing justamente pelo fato de ser fácil de utilizar, a plataforma nada mais é que um espaço colaborativo de “cards” onde toda equipe do departamento pode interagir e colaborar sobre diversos assuntos. 

Slack

Slack – Uma plataforma de comunicação muito popular, é muito utilizado como um centro de troca de informações e mensagens onde a equipe e pessoas externas podem colaborar. é considerada como uma ferramenta alternativa a emails pois facilita a troca de mensagens em cima de um determinado tópico.

Mailchimp – Uma ótima ferramenta para envio de newsletters e malas diretas. Além de possuir diversas integrações nativas com WordPress, Pipedrive entre outros aplicativos você pode realizar disparos gratuítos usando um template pré fabricado para até 2000 contatos. Vale a pena testar essa ferramenta para se comunicar melhor com o seu cliente.

Hootsuite

Hootsuite – Um dos primeiros gerenciadores de redes sociais com ele você pode agendar, postar e gerenciar diversas redes sociais através de um único dashboard. Além de gerenciar o conteúdo das suas redes você pode gerar relatórios e cruzar informações entre suas redes economizando tempo. Existe plano gratuíto e pago dependendo da demanda vale a pena entrar no plano premium.

Semrush

Semrush – Uma das mais famosas ferramentas de SEO da atualidade e não é por menos com ela você pode analisar palavras chaves, analisar concorrentes, tráfego e melhorias on-page de seu site. O Semrush é uma ferramenta tão completa que é injusto tentar resumir suas funcionalidades em poucas palavras. Eu pessoalmente adoro os webinars que eles oferecem!

Bitly

Bitly – Uma ferramenta de gerenciamento de links muito facil de usar e que pode ajudar você a ter uma idéia de quantos acessos cada link possui além de armazenar esses links para uma possível referência. Através do bitly você pode substituir links que foram postados ou divulgados sem quebra-los o que é muito útil em campanhas de marketing online.

Olark

Olark – Ferramenta de chat online para você se comunicar com clientes que visitam o seu site e prover uma experiência de navegação melhor. O Olark possui plano gratuito limitado a 20 chats por mês, mas a customização é bem legal e você pode adaptar o seu uso para sua necessidade. 

Wappalyzer

Wappalyzer – Diferente das ferramentas acima, o Wappalyzer é um plugin do Chrome que serve para analisar a tecnologia usada no site em que você está navegando, é muito interessante para analizar a concorrência e também serve para você ter uma idéia de como outras empresas estão usando a tecnologia online. Vale a pena usar

Hotjar

Hotjar – Que tal analizar como os visitantes do seu site interagem e navegam? Mensurar o comportamento através de gravações, heatmap e também um funil. Tudo isso o hotjar faz e ajuda muito na hora de cruzar os dados com o Google Analytics, é um aplicativo muito interessante de se utilizar pois através dos dados de comportamento você pode traçar melhorias e otimizações no site da sua empresa. Super recomendo!

E você o que está utilizando? Dê seu pitaco em nossos comentários!

Quer automatizar o seu marketing? Fale conosco aqui!

1 2 3 16  Topo