Tecnologia

Informações sobre tecnologia que podem afetar seu dia-a-dia!

O que é indústria 4.0?

indústria 4.0

Você já ouviu falar no termo “indústria 4.0”? Para quem é fã da tecnologia, certamente já sabe o que é. Para quem é leigo no assunto, foi na edição 2011 da famosa feira de tecnologia que acontece todos os anos, no final de abril, na cidade de Hannover, na Alemanha, que o conceito sobre a indústria 4.0 teria sido revelado ao público pela primeira vez.

Evolução

Como sabemos, o foco das grandes indústrias, antigamente, era a produção em larga escala, com qualidades e custos baixos. Não havia, contudo, um contato com o cliente final, o que é importantíssimo nos dias atuais. Sua estrutura era completamente voltada para a produção. Com o avanço da tecnologia, começaram a surgir as soluções do e-commerce.

Com um site as empresas ganharam a opção de oferecer experiências de compra mais agradáveis aos clientes. Para isso, as indústrias passaram a investir cada vez mais em capacitação e aprendendo sobre as estratégias de marketing digital.

Indústria 4.0

Com o tempo, as indústrias foram se aperfeiçoando e perceberam que é preciso criar canais de comunicação para que o público entre em contato de maneira rápida e prática.

O modelo de indústria altamente automatizada, gerado há mais de 40 anos, possibilitou que fossem criadas as grandes inovações tecnológicas que usufruímos hoje, como tablets, smartphones e todo o tipo de produto eletrônico.

Vantagens ou desvantagens?

O impacto que se espera no setor industrial é comparado ao que a internet proporcionou ao comércio digital às transações bancárias e as meios de comunicação. Com o surgimento da indústria 4.0, dispositivos inteligentes e interconectados serão implementados em cada etapa da produção, o que possibilitará que dados sejam obtidos e gerenciados de maneira prática, ágil e segura.

Basicamente, bastará um coordenador para controlar toda a fábrica por meio de um simples smartphone, a qualquer hora e em qualquer lugar. (Se é que isso já não está acontecendo, não é mesmo?).

A previsão é de que a quarta revolução industrial gere ainda mais impactos no mercado de trabalho, já que, aos poucos, os trabalhos manuais e repetitivos sejam substituídos por ferramentas e recursos automatizados, isto é, robôs e máquinas.

E você? O que acha da indústria 4.0?

Como economizar no Google Ads?

Google Ads

As Campanhas Adwords é uma das melhores ferramentas de marketing que existem no mercado digital. Se elas forem utilizadas da maneira correta, os resultados obtidos serão extraordinários.

Diversos profissionais do mercado digital utilizam o Adwords em seus negócios. Se você deseja atrair novos visitantes para o seu website, aumentar suas vendas on-line, receber mais ligações ou fazer com que seus clientes retornem, o Google Ads pode ajudar você neste desafio.

Anunciar no Google AdWords se tornou um dos principais meios para quem investe em Marketing Digital. A ferramenta de anúncios é completa, fácil, dinâmica e permite uma interação próxima e direta com seus clientes. Quer saber como economizar com essa ferramenta? Então leia este artigo até o final.

Vantagens do Google Ads

Para você entender melhor como funciona, com o Google Ads, você pode exibir seus anúncios para as pessoas que provavelmente estão interessadas nos seus produtos ou serviços, enquanto filtras pessoas que não estão. Entendeu como é fácil?

Além disso, você pode acompanhar se essas pessoas clicaram ou não nos seus anúncios.
O Google Ads permite que você aproveite as vantagens da publicidade on-line exibindo seus anúncios para as pessoas certas, no lugar certo e na hora certa.

Controle dos custos

Com a ferramenta, você controla como gasta seu dinheiro. Não há um valor mínimo. Além disso, você pode escolher quanto gastará por mês, por dia e por anúncio. Você pagará somente quando alguém clicar nele.

Gerencie suas campanhas

O Google Ads também oferece ferramentas para gerenciar e monitorar contas com facilidade. Ao ver quais anúncios recebem cliques e quais não recebem, você também pode, rapidamente, identificar onde investir em sua campanha.
Isso pode aumentar seu retorno do investimento.

Segmente seus anúncios

Outra vantagem é a segmentação de anúncios. Ela permite que você exiba seus anúncios para alcançar as pessoas com interesses específicos, isto é, as pessoas que estão interessadas em seus produtos e serviços.

Viu que só como é vantajoso investir nesta ferramenta?

O que é B2C?

B2C

Business to Consumer ou em português, de Empresa para Consumidor, o B2C é uma operação comercial onde a venda de produtos ou serviços é efetuada diretamente entre a empresa e o consumidor final ou cliente.
Quer exemplos de negócios onde a empresa vende diretamente para o seu consumidor final? Vamos lá:

Redes de varejo (supermercados e lojas de departamento)
Venda de serviços de lazer (ingressos de teatro, cinemas, parques e shows)
Pontos de alimentação (lanchonetes, restaurantes e bares)

B2B vs. B2C

Diferentemente dos negócios B2B (Business to Business) que realizam trocas comerciais entre empresas, conforme já vimos aqui, o B2C (Business to Consumer) realiza a venda do produto final para o consumidor final.

Desafio de conquistar de verdade o consumidor

O grande desafio para quem tem um negócio B2C é o de se sobressair no mercado e conseguir alcançar seu consumidor. Convencê-lo a comprar o seu produto e garantir que sua empresa proporcionará a ele uma boa experiência de compra para que ele volte sempre é a grande aposta desse nicho, já que, como sabemos, o consumidor, com o avanço tecnológico, “manda” e tem acesso a todas as informações.

B2C

Ele pode fazer uma busca comparativa de preços pelo celular enquanto conversa com seu vendedor na loja física, por exemplo. Considerando que a sobrevivência do seu negócio dependa, excepcionalmente, dessa figura conectada, resta a você, empreendedor de um negócio B2C, conquistar de verdade esse consumidor. Ser relevante na vida dele, resolver o seu problema e fazer com que ele tenha carinho pela sua empresa e seus produtos.

Conhecendo o seu consumidor

Quer dica para ter sucesso nesse nicho B2C? Conheça realmente seu consumidor. Você tem que saber mais sobre ele do que qualquer outra pessoa.

E aí, deu para entender o mercado B2C? Tem dúvidas ainda? Contate-nos

O que é marketing B2B?

marketing B2B

Você que é empreendedor certamente já deve ter lido ou escutado a expressão “B2B”. Você sabe o que isso significa?

Marketing B2B é o processo que envolve a venda de um produto ou serviço de uma empresa para outra empresa.

Seu nome deriva da expressão inglesa “business-to-business” que quer dizer marketing de empresa para empresa.

Agora ficou fácil de entender, né? Vamos então, agora, aprender as suas principais características.

Construção de relacionamentos

O marketing B2B envolve a construção de relacionamentos valiosos para garantir clientes duradouros. E esse é um objetivo importante para qualquer empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte.

Conceitos

Como mencionamos, o marketing B2B envolve empresas nas duas pontas e, por isso, é executado de uma forma diferente do marketing para consumidores, o B2C (que abordaremos um pouco mais pra frente).

Objetivos

O Marketing B2B precisa estar muito mais focado na geração de leads qualificados para a equipe de vendas, no acompanhamento dos processos de vendas e na entrega do produto ou serviço dentro do prazo determinado.

Além disso, a estratégia de pós-vendas também desempenha uma importante função nesse método (tudo isso para estabelecer um relacionamento mais duradouro entre as empresas).

Estratégia de marketing B2B

Otimizar a geração de leads é o primeiro passo para alcançar uma estratégia de marketing B2B. Logo, todas as ações propostas precisam ser trabalhadas de forma a avançar pelo funil de vendas até chegar no momento da compra em si.

Prioridades

Anota aí! Quando o cliente é empresa, ele possui necessidades e prioridades diferentes de quando é consumidor final. O público B2B busca eficiência e experiência naquele segmento. Sendo assim, o processo de compra B2B tende a ser mais racional e conduzido por uma lógica própria do negócio.

Quer saber mais sobre o marketing B2B? Então fique ligado nos próximos posts

Como ter sucesso no marketing digital?

marketing digital

A internet oferece um potencial gigantesco para todo tipo de marca se destacar. É possível obter bastante sucesso com o marketing digital, mas a sua estratégia precisa ter qualidade.

Como sabemos, hoje em dia é habitual os usuários efetuarem compras pela internet, tanto pela praticidade quanto pela diversidade de opções de produtos e empresas.

Esse cenário, portanto, impulsionou novas maneiras das organizações gerenciarem suas atividades, uma vez que a complexidade social, cultural e econômica influencia a política organizacional, seus públicos e estratégias.

Ambiente digital

De uns tempos para cá, muitas empresas migraram para o ambiente digital e deram certo. Veja, abaixo, algumas dicas de como as companhias estão se adequando a este ambiente para impulsionar suas vendas:

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma das principais estratégias de marketing digital, pois o seu conteúdo será a chave para praticamente todas as estratégias.

Melhor posição no Google

Assim, com um conteúdo de qualidade você terá em mãos a principal estratégia para aparecer na primeira página do Google. Lembre-se: o buscador é muito inteligente e não basta você ter diversas palavras-chave soltas pelo seu site.

Elabore um bom planejamento

Existem diversos canais de atuação que são capazes de garantir ganhos significativos de visibilidade e negócios para a sua empresa. No entanto, uma abordagem errada pode ter o efeito contrário e danificar a sua imagem.

Arrume seu site

O seu site na internet é um meio altamente eficiente para ter sucesso com
marketing digital, mas ele precisa trabalhar a seu favor. Isso significa se
certificar de que ele não sofra com problemas que prejudiquem o acesso do
seu público.

Tenha um blog corporativo

Além de ter um site devidamente ajustado, você precisa de um espaço para publicação de conteúdo. As pessoas estão cada vez mais interessadas em absorver informações de valor antes de tomar uma decisão de compra.

Como economizar com o Google Ads?

Google AdWords

Se você deseja atrair novos visitantes para o seu website, aumentar suas vendas on-line, receber mais ligações ou fazer com que seus clientes retornem, o Google Ads pode ajudar você neste desafio.

Anunciar no Google AdWords se tornou um dos principais meios para quem investe em Marketing Digital. A ferramenta de anúncios é completa, fácil, dinâmica e permite uma interação próxima e direta com seus clientes. Quer saber como economizar com essa ferramenta?

Para você entender melhor como funciona, com o Google Ads, você pode exibir seus anúncios para as pessoas que provavelmente estão interessadas nos seus produtos ou serviços, enquanto filtras pessoas que não estão. Entendeu como é fácil?

Além disso, você pode acompanhar se essas pessoas clicaram ou não nos seus anúncios.

Vantagens do Google Ads

O Google Ads permite que você aproveite as vantagens da publicidade on-line exibindo seus anúncios para as pessoas certas, no lugar certo e na hora certa.

Controle dos custos

Com a ferramenta, você controla como gasta seu dinheiro. Não há um valor mínimo.
Além disso, você pode escolher quanto gastará por mês, por dia e por anúncio. Você pagará somente quando alguém clicar nele.

Gerencie suas campanhas

O Google Ads também oferece ferramentas para gerenciar e monitorar contas com facilidade. Ao ver quais anúncios recebem cliques e quais não recebem, você também pode, rapidamente, identificar onde investir em sua campanha. Isso pode aumentar seu retorno do investimento.

Segmente seus anúncios

Outra vantagem é a segmentação de anúncios. Ela permite que você exiba seus anúncios para alcançar as pessoas com interesses específicos, isto é, as pessoas que estão interessadas em seus produtos e serviços.

Viu que só como é vantajoso investir nesta ferramenta?

Como fazer uma loja online?

Abrir uma loja online não é tão difícil quanto parece. A presença cada vez mais ostensiva das organizações no ambiente digital tem dado novos contornos para a comunicação empresarial. Mais do que uma tecnologia, a internet é uma das marcas da sociedade contemporânea, que visa a instantaneidade junto à qualidade e à interatividade. E não para por aí.

A criação de processos de trabalho apoiados em tecnologias que atravessam as fronteiras organizacionais representa, inclusive, avanços nos projetos comerciais, que podem tornar a empresa mais ágil e permitir-lhe acompanhar certas mudanças. Uma delas é a criação das lojas online:

Lojas virtuais: o que são?

O conceito de loja virtual pode ser definido como um site na Internet onde as empresas expõem e vendem seus produtos ou serviços. Os clientes podem acessar o site de qualquer lugar, em qualquer horário e escolhem os produtos ou serviços ali mesmo. O pagamento é feito através do sistema que a loja virtual oferece e você recebe o produto no conforto da sua casa. Viu só como as coisas evoluíram?

Como criar uma loja online

Para criar sua loja virtual primeiro é necessário escolher uma plataforma que nada mais é do que um software responsável pela exibição e pelo gerenciamento da loja. Por meio dele, também é possível fazer o cálculo de fretes, cadastro dos produtos e preços. Tudo na maior comodidade.

Quer uma dica? Conheça a Tray

Você já conhece a Tray? A Tray é a maior plataforma de e-commerce do mundo. Ela possui mais de 200 recursos para você criar a sua loja virtual e se tornar um e-commerce de sucesso
Além de tudo isso, os principais Marketplaces do Brasil são integrados com a Tray. Quer mais vantagem? Todas as lojas com plataforma Tray contam com um pacote de ferramentas criadas com foco em conversão para sua loja virtual vender mais.

Veja aqui os planos e contrate agora

Precisa de ajuda? Nos contate agora mesmo e explicamos para você o
resto das vantagens e os benefícios ao montar sua loja online.

Fique por dentro das principais técnicas de SEO para blogs

SEO para Blogs

O SEO é um dos elementos mais importantes e mais visados dentro das estratégias de Marketing Digital. E essa preocupação não é por acaso, pois o bom posicionamento pode elevar uma empresa em termos de lucros e autoridade.

No entanto, há muitas dúvidas por parte de empreendedores e donos de negócios quando o assunto é otimização e técnicas de SEO.

Mesmo não sendo uma prática exata, existem algumas ações que já são de conhecimento da maioria dos profissionais que trabalha com SEO e que de fato geram resultados.

Por isso, neste post iremos abordar quais são as principais técnicas de SEO para blogs e como elas podem impactar positivamente o seu projeto. Vamos lá? e se você ainda não tem o seu, indicamos esse tutorial

SEO para o seu blog

Search Engine Optimization (SEO) pode ser traduzido como “Otimização para Mecanismos de Busca”. Sem utilizar essas técnicas, você perde a oportunidade de deixar o seu blog ao alcance do público.

Lembre-se também que diariamente milhares e textos são postados na internet. Imagine então como fazer para que a sua postagem tenha o devido destaque. O SEO está aí para auxiliar.

Mas para isso, é interessante compreender antes quais os critérios que o Google utiliza para ranquear uma página. Vamos ver então quais são as práticas mais recomendadas?

A importância do título

Se existe um detalhe que pode fazer o seu blog se destacar entre tantos outros espalhados pela internet, esse detalhe é o título. Afinal, ele é o primeiro contato que o público tem com o seu conteúdo.

Por isso é bom evitar aquela ideia de que uma postagem pode ter o título que você bem entender. Nada disso, o ideal é pensar ele de maneira coerente.

Tente imaginar os títulos das suas postagens como uma isca. Ele tem o objetivo de fisgar o seu leitor. Caso não fizer, você terá o seu conteúdo desperdiçado.

E aí vem uma informação importante: se os leitores também são atraídos pelos títulos das postagens, o Google também. Por isso que existem práticas que facilitam a escolha por títulos viáveis.

No caso do SEO para blog, lembre-se que os títulos não devem exagerar no número de caracteres e devem conter preferencialmente a palavra-chave logo no início.

Use palavras-chave

Esse é um dos pilares da técnicas de SEO para blogs. As palavras-chaves definem e resumem todo o assunto abordado em uma postagem.

No entanto, vale ressaltar que as mesmas devem ser usadas de forma mais natural possível e sem exageros, pois o uso demasiado é considerado como black hat.

A meta-descrição

A meta-descrição é um texto breve e introdutório. Ele resume em um parágrafo o conteúdo que o seu artigo vai abordar.

Ela pode ser vista nas páginas de busca logo abaixo da URL e do título da sua postagem. Sendo assim, aquele usuário que efetuou alguma busca poderá encontrar a sua meta-descrição.

Caso ela seja bem escrita, tem tudo para estimular esse usuário clicar no seu artigo. Além disso, ela deve conter a palavra-chave relacionada ao seu conteúdo ou negócio.

Melhore o tempo de carregamento

O tempo que o seu blog leva para carregar também é um fator determinante para o ranqueamento do Google. Se ele demonstra lentidão, os buscadores podem interpretar com uma má experiência para o usuário. Assim, o seu posicionamento fica prejudicado.

Hoje em dia existem ferramentas que podem acelerar o carregamento da sua página. Uma delas é o PageSpeed.

Use links internos

O Google também presta atenção na presença dos chamados links internos. Esses links conduzem o leitor para outras páginas do seu próprio blog.

Essa prática aumenta o engajamento e faz com que os usuários passem mais tempo no seu blog.

Use textos alternativos nas imagens

Uma imagem que possui um texto alternativo fica bem aos olhos do Google. O texto alternativo nada mais é do que a palavra-chave para as imagens que estão na postagem.

O Google não tem capacidade de detectar uma determinada imagem, pois é um elemento visual. Por isso, a presença do Alt Text (Texto Alternativo) é fundamental para que ele otimize a sua postagem.

O uso dos tópicos e subtópicos

Eles são fundamentais para que o texto da sua postagem seja envolvente. Um texto sem essas divisões se tornam monótonos e irão espantar o seu leitor.

Os mecanismos de busca estão atentos para a presença dos tópicos e subtópicos. Vale a pena seguir algumas dicas básicas em relação a isso. Uma delas também é usar palavras-chaves neles.

Conclusão

Essas são apenas algumas das dicas que irão melhorar o SEO do seu blog. Com elas, você terá condições de colocar o seu conteúdo em posição de destaque.

Portanto, com o tempo, vendo o seu blog com tráfego elevado e sempre bem posicionado, já dá até para pensar em ganhar dinheiro com ele.

Instagram anuncia mudança

 

As novas tecnologias representam uma característica intrínseca à era da informação e configuram-se em um novo cenário na vida das pessoas e, principalmente, das empresas.

Cada vez mais as instituições estão sendo impulsionadas a planejarem seus negócios e atividades, apoiando-se em tecnologias inovadoras, das quais a internet é apenas uma, oferecendo velocidade, direcionamento e repetição de mensagens quase sem custos.

Com o surgimento das redes sociais, o limite entre o público e o privado ficou praticamente impossível. Em redes como o Instagram e Facebook, não se faz uma classificação criteriosa de quem pode ver suas imagens e comentários, qualquer um tem acesso à intimidade de sua família, seus pensamentos, sua rotina. E, para piorar, nem todos sabem usar tais redes de modo que sua privacidade seja protegida. Parece besteira, mas já parou para pensar na quantidade de informações que você compartilha nas redes sociais e o quanto isso pode gerar problemas caso caia em mãos erradas? Recentemente, o Instagram anunciou que não irá mais “dedurar” usuários que tiram capturas de tela dos Stories de outras pessoas. A ação era permitida apenas para alguns usuários.

 

Aprenda a não correr riscos

 

No Brasil, os maiores riscos de segurança na web apontados pela empresa são os relacionados a contatos não solicitados, solicitações de cunho sexual, fraudes e itens falsos.

Empresas do mundo todo alertam aos seus usuários a criação de senhas eficazes, isto é, que não usam informações pessoais óbvias, como data de nascimento ou combinações simples.

A companhia também faz um alerta para o risco de fraudes online e os chamados “comportamentos invasivos”, como os ataques à dignidade das pessoas e os crimes de ódio e sexuais.

 

A tecnologia tem muita coisa interessante. Basta saber usá-la!

Como fazer o meu site aparecer no topo das buscas Google ?

topo das buscas

Independente do seu site ser um blog, institucional ou e-commerce, todos querem aparecer no topo das buscas Google. Para isso a sua página tem que ser bem classificadas nas pesquisas do todo poderoso Google.

Mas como realizar essa proeza ?
É imprescindível ter boas práticas de SEO ( Search Engine Optimization.)
Dessa forma, sempre que alguém procurar pelas palavras chave que você escolheu nas buscas do Google, seu site estará nas primeiras posições da busca e isso aumenta as chances dele ser escolhido.
Separamos algumas dicas, para você começar o seu site com o “clique direito” e ter um site de sucesso nas buscas Google.
Dica 1 – Palavras- Chave
O mais importante é você definir qual a palavra que mais resume o seu site, pois ela é vital para que você possa ter o melhor posicionamento no Google.
Por exemplo se você possui um e-commerce de suplementos alimentares, talvez a melhor palavra chave seja suplemento alimento, ai procuramos os nomes dos produtos mais buscados entre outros.
Dica 2 – Tenha um conteúdo relevante
O Google indexa conteúdos originais e bem avaliados. Por isso sempre pense em desenvolver um conteúdo que seu público queira acessar. Se você possui um e-commerce uma indicação valiosa é montar um blog e recheá-lo com informações relevantes e dicas sobre o seu produto.
Dica 3 – Use a palavra-chave na URL
Independente da URL do seu site, você pode personalizá-la para que ajude na classificação de seu site.
Por exemplo se o título do seu artigo “10 dicas para conservar a bateria do meu celular.”
a sua URL deve ser da seguinte forma : “www.seusite.com.br/10-dicas-para-conservar-a-bateria-do-celular.
DIca 4 – Links Internos
Seu site deve estar entrelaçado. Links de outras páginas devem estar presente junto ao seu conteúdo. Dessa forma, o Google entende que seu site tem relevância e é consistente o suficiente para se diferenciar de páginas aleatórias da internet. Qualquer estratégia de SEO em seu site deve contar com links externos para ser bem-sucedido nos mecanismos de buscas.
1 2 3 4  Topo