Sem categoria

Conheça os benefícios que o marketing digital pode trazer para sua empresa

Ao que vemos, a atual cobrança da sociedade por informação é o que vem motivando o aumento dos investimentos na área.

Em um mundo altamente conectado, ressaltamos que as tecnologias atuais, sobretudo as redes sociais on-line, deixaram de servir apenas ao entretenimento para ser cada vez mais usadas pelas empresas como ferramenta de relacionamento e representam, contudo, uma forma de comunicação imediata e eficiente para chegar a vários públicos, com uma rapidez essencial para a resolução ou diminuição de impactos causados pela insatisfação dos clientes. A ação tem que ser ágil porque na web os assuntos se alastram com muita rapidez.

Sendo assim, em uma visão mais geral, a tecnologia gerou uma verdadeira revitalização dos modelos de negócio como um todo. E, como na internet todos têm chances de conquistar espaço próprio, a concorrência aumentou assim como a quantidade de ofertas disponíveis.

Logo, para atender a uma demanda cada vez mais exigente, empresas têm usados recursos tecnológicos para aprimorar seus negócios e oferecer diferenciais que, em meio a muitas opções, consigam se destacar.

 

Relação com o cliente

 

Qualquer empresa depende de consumidores para sobreviver. A transformação digital, por sua vez, tem papel essencial neste quesito, pois permite reunir diversas informações com base no comportamento de nosso público-alvo para estreitar esse relacionamento e personalizar o atendimento.

O objetivo é claro, o foco está no cliente e, com isso, os processos tornam-se mais simples e os resultados são vistos mais rapidamente.

 

A digitalização de processos permite que os profissionais trabalhem de onde estiverem, estejam eles em casa ou não. Isso permite uma maior interação com o cliente, pois, como já falamos aqui anteriormente, é no consumidor que está posicionado o mais importante canhão de luz de qualquer empreendimento que busca ter sucesso no mercado.

Nova Ferramenta Facebook, a votação de comentários

Nos últimos meses o Facebook vem testando uma nova ferramenta, a votação de comentários.
Uma ferramenta que permite aos usuários positivar ou negativar comentários em certas publicações em páginas públicas.
Uma forma de negativar comentários desrespeitosos ou com más intenções simplesmente clicando na seta para baixo, isso possibilita o Facebook até a excluir tal comentário.
Pressionando para cima você positiva o comentário, sendo ele útil, inteligente ou entre outras formas positivo. Fazendo com o que o Facebook classifique positivamente o comentário, existindo a possibilidade do mesmo ficar em primeiro e mais amostra na publicação.
O autor da publicação só tem acesso ao número de reações, e não ao perfil dos votantes.

Melhore o SEO com dicas simples

Administrar um site e-commerce não é uma tarefa tão fácil, além da preocupação com o próprio site, existem as diversas estratégias a serem pensadas para atrair cada vez mais compradores e clientes fiéis ao seu site.

Separamos algumas estratégias fundamentais que devem ser abordadas em um planejamento de e-commerce para que ele tenha melhores resultados.

SEO

Construir e aplicar uma estratégia efetiva de SEO é um dos primeiros passos a serem dados em um e-commerce. É através da construção deles que você conseguirá atrair um tráfego mais qualificado para o seu site.

O ideal é determinar palavras-chave que estejam de acordo com a sua loja virtual, aumentando cada vez mais as chances de um novo interessado no que você tem a vender. E, quanto mais interessados, maior a probabilidade de compra.

MARKETING DE CONTEÚDO

O marketing e conteúdo são fundamentais para as estratégias de e-commerce. Além de ajudar no rankeamento de mecanismos de busca, algo muito importante para o tráfego do site, ele também passa autoridade naquilo que você faz.

Uma página de facebook atualizada e com informações importantes é algo necessário. Em alguns casos, possuir um blog também é ótimo, já que é mais uma forma de atrair e fidelizar clientes.

REMARKETING

Já falamos por aqui sobre o remarketing e de sua importância para os e-commerces. Ele tem a responsabilidade de ajudar no aumento das taxas de conversão, direcionando anúncios para quem entrou no seu site, mas não efetuou comprar.

Com as impressões pós-visita, aumentam as chances de você atrair novamente quem acessou, ficando cada vez mais próximo de fidelizá-lo.

PÓS-VENDA

Esse talvez seja um dos mais importantes aspectos de um e-commerce, já que é o momento de fidelizar seus clientes.

Procure levar a melhor experiência de compra para os seus clientes, pontos que são de suma importância para quem compra e fazem com que eles voltem a comprar.

Como será o uso do Machine Learning no Marketing Digital?

Machine Learning no Marketing Digital

Machine Learning no Marketing Digital

Na quarta feira, 31 de maio, o Google realizou a edição de 2017 do Think with Google. Este evento foi desenvolvido pela companhia, para apresentar ao mercado brasileiro as contribuições do Machine Learning para o futuro do Marketing e da Publicidade.
“O Google já está usando Machine Learning hoje em dia para combinar o que é objetivo de negócio com o comportamento de navegação dos nossos consumidores potenciais. E isso ocorrer em uma escala e em uma velocidade que seriam impossíveis de obter manualmente. Você pode usar essa tecnologia para conhecer cada pessoa e falar com toda a sua audiência de forma muito mais customizada”, afirma Fábio Coelho, presidente do Google Brasil.

Para que todas as empresas possam usufruir desse novo mundo, será necessário que amplifiquem o poder de suas coletas de dados. Isso significa que o maior desafio será extrair os dados corretos neste enorme universo de consumidores que são capturados pelas marcas e através de plataformas do marketing digital. Com o crescimento e o uso de smartphones, que faz parte de 100% da jornada diária de um indivíduo nos dias atuais, consumindo informações a todo momento, exige que a coleta de dados seja ainda mais acertiva. Talvez o ideal seja combinar cada vez mais os dados primários das marcas com os dados terceirizados (e anônimos) das plataformas, para conhecer melhor o comportamento dos consumidores e os KPIs mais relevantes para cada marca.

“Essa abordagem nos ajuda não focar só no retorno do investimento [ROI], mas também no retorno do desempenho [ROAS]. As empresas que terão mais sucesso serão aqueles que aprenderem mais rapidamente a fazer isso”, explica Fábio Coelho.

Fábio Coelho e o Diretor do Google Américas, Avinash Kaushik, mostraram-se particularmente entusiasmados com os com os avanços de Machine Learning para smart bidding ( especialmente no AdWords ). Defina os resultados desejados (CPAs alvo, ROAS, CPC aprimorado) e deixe a inteligência ajudá-lo a atingir seus objetivos – sem microfiguração humana! “Levar a mensagem correta para a pessoa certa no momento certo, de verdade”, diz Avinash.

De acordo com Avinash, a maioria das campanhas segmentadas manualmente (mesmo com o uso de uma ferramenta) leva em conta três ou quatro sinais: Palavra-chave, horário e local. por exemplo. Mesmo as abordagens mais “automatizadas” acabam usando um punhado a mais de parâmetros. Com Machine Learning será possível usar as centenas (e isso não é uma metáfora, ressaltou o executivo) de sinais que o Google ou o Facebook têm sobre os consumidores para entregar o anúncio certo. Não há nenhuma maneira de qualquer abordagem atual resolver isso.

Segundo o Google, para agradar o e fidelizar os clientes, as marcas precisam estar cada vez mais presentes, se tornarem relevantes e convenientes em todos os passos da jornada dos consumidores, especialmente nos smartphones.

Resumindo, as marcas precisam ser mais úteis, responder rapidamente as intenções imediatas de consumo e, até mesmo, antecipar as necessidades dos consumidores.

Novos aparelhos inteligentes vão surgir e, conforme os consumidores adotarem formas mais naturais de interação com eles (comando de voz, por exemplo), esses momentos se multiplicarão. Com o Machine Learning melhorando a experiência do usuário, de maneira cada vez mais sofisticada, a expectativa do consumidor por experiências relevantes, personalizadas e convenientes também  ficará cada vez mais alta.

Portanto, na Era da Assistência, criada pelo Google, apenas estar presente nos micromomentos que fazem diferença para o público não será suficiente. A expectativa será de estarmos sempre um passo adiante dos consumidores e de conhecermos suas necessidades melhor até que eles mesmos.

As marcas que quiserem ter sucesso deverão ter um conhecimento muito mais profundo de seus clientes a cada interação. elas precisarão criar uma visão detalhada e baseada em dados para realmente conhecê-los e ajudá-los em suas jornadas pessoais. Essa mentalidade de “assistência imediata” será essencial para quem quiser vencer.

Claro que ainda há muito trabalho a se fazer para que o Machine Learning, passe, de fato, a entregar tudo o que promete.

Quem quiser começar a se aventurar nesse mundo, pode recorrer aos treinamentos de Big data e Machine Learning do Google no Coursera.

CEO da Edm2 ministra palestra sobre Big Data e Ações de Markerting

O CEO da agência Edm2 Marketing, Edson Martins dará palestra no evento Marketing Digital: Soluções Web para Atrair e Fidelizar Clientes, no dia 26 de outubro no Golden Tulip Park Hotel. Intitulada “Como a Ciência de Dados e o Big Data podem potencializar os resultados de Campanhas de Marketing” a palestra abordará as aplicações do Big Data como forma de otimização das campanhas e ações de marketing.

De acordo com Edson Martins, através do Big Data pode ser feito um cruzamento de informações para determinar o melhor desempenho das ações de marketing. Isso se dá com ferramentas mais precisas, deixando as tomadas de decisões mais assertivas tanto para o publico alvo quanto para as empresas que criam as ações. Alcança-se o público certo, na hora certa através de seus comportamentos nas redes sociais.

No evento também ocorrerão palestras sobre Mídias Sociais, Inbound Marketing, Marketing Digital e Mensuração de Resultados.

O Golden Tulip Park Plaza Hotel fica na Alameda Lorena, 360, Jardins.

Edm2 renova selo Google Partner

Acervo Edm2

Acervo Edm2

A agência Edm2 Marketing renovou pelo segundo ano consecutivo o selo de Google Partner. A certificação credencia a agência como parceira Google e abre um leque grande de suporte para ajudar no desempenho do trabalho com os clientes.

No último final de semana, participaram do Google Partner, evento organizado pela Goobec, onde ocorre essa avaliação para a renovação do selo de parceiro Google, o co-funder da Edm2, Edson Martins e a Social Media, Paula Trindade. Durante o evento, também houve a renovação da certificação de Google Adwords da Edm2 e membros participantes.

Edson Martins avalia positivamente a participação do evento e destaca a importância do selo de Google Partner para a agência. “Este selo demonstra que nossa agência é uma empresa séria e com excelência em atendimento. Reforça para os clientes que seguimos as práticas recomendadas do Google no desenvolvimento de estratégias” explica.

Outra questão enfatizada foi que as empresas que conquistam o selo do Google Partners são inseridas na pesquisa de parceiros do Google. “Os anunciantes usam a pesquisa de parceiros do Google para encontrar empresas qualificadas que possam ajudá-los com suas necessidades de publicidade online e relacionadas a websites”, conclui.

Redes Sociais nas Empresas: É importante?

Acervo interno da Edm2

Acervo interno da Edm2

Hoje em dia para qualquer empresa é muito importante possuir redes sociais. mas por quê? Quando os clientes precisam de ajuda, procuram referências sobre a empresa eles observam muitos canais e um deles é são as redes sociais, mas porque muitas empresas ainda não utilizam esses meios?

Desde 2013, o número de clientes que esperam uma resposta através da mídia social dobrou, de acordo com pesquisa da Sprout social, mas sete das oito mensagens para as empresas ficam sem resposta durante 72 horas principalmente em redes como Facebook e Twitter.

Para complicar ainda mais, os consumidores esperam que a rede social deve oferecer suporte e não só fazer a publicidade de um produto ou serviço, ou seja a rede social deixou de ser um canal de propaganda mas um canal de suporte e relacionamento. Com isso muitas empresas não conseguem oferecer um canal de interatividade e ficam somente naquele esquema de fazer postagens por fazer.

Para ser mais eficaz na construção de relacionamentos com os consumidores on-line, as empresas precisam de uma equipe de mídia social “cross-functional” ou multifuncional, um onde o marketing trabalha em conjunto com outros departamentos como atendimento ao cliente e o pós venda. Distribuindo responsabilidade das redes sociais diversos departamentos dentro de uma organização.

Como uma empresa pode fazer com que a rede social seja “Cross-Functional”?

Em primeiro lugar, pesquisar e analisar a mídia social existente. Quem controla os canais hoje? Quais sistemas, políticas e funcionários são responsáveis pelo monitoramento de mídia social? A partir dessa pesquisa, organizar um novo sistema.  Como a agência está fazendo isso? Você já discutiu a estratégia com a sua agência?

O que você precisa analisar para melhorar a sua presença nas redes sociais?

Organizar responsabilidades da equipe: definir claramente os papéis e as responsabilidades entre marketing, atendimento ao cliente, relações públicas, vendas, comunicação corporativa, recursos humanos, etc.

Atribuir funcionários específicos de cada departamento para tarefas de mídia social. Fazer com que todos participem do alinhamento da estratégia.

Criar diretrizes da marca para os padrões, tom e estilo de comunicação de mídia social. Mantenha um padrão para que a mensagem seja sempre coerente com os valores da empresa.

Definir metas específicas com base em indicadores chave de desempenho, tais como tempo de resposta, análise de sentimentos, acoplamento, opiniões e ações, e outras métricas importantes.

Os consumidores de hoje esperam mais das empresas. Eles olham cada vez mais para as marcas que se envolvem com eles online, por isso é fundamental que cada empresa esteja engajada em se relacionar com o seu cliente onde eles estão e não há lugar melhor que as redes sociais para isso!

Você comete esses 4 erros na sua empresa

Muitas vezes nos acomodamos com algumas atitudes e acabamos deixando de lado atitudes importantes no dia a dia das empresas. Descubra se você comete esses erros e entenda maneiras de melhorar.

Não perguntar ou chamar seu cliente pelo nome

Muitas pessoas não sabem, mas tratando o outro pelo nome você demonstra que conhece a pessoa e gera um sentido de importância para ela.

O Som do nosso nome é uma espécie de gatilho mental, que faz vibrar nossa energia corporal fazendo com que nosso cérebro entre em ação e comece a participar de uma conversa.

Um estudo realizado na Universidade do Texas, Estados Unidos, comprovou que o nome de uma pessoa é o som mais agradável para ela. Por exemplo: Você está em uma praça de alimentação em um shopping, sábado à tarde e de repente ouve seu nome, o que você faz? Imediatamente olha para trás e procura quem o chamou, não é mesmo? Imagine agora o impacto de mencionar o nome do seu cliente, durante seu atendimento?

Deixar de investir em treinamentos

 Quando se lida com clientes por telefone ou presencialmente é preciso que toda a equipe esteja alinhada e com um pensamento de trabalho em equipe. Muitas Micro, Pequenas, Médias e Grandes empresas, perdem fortunas diariamente por não treinar, motivar e capacitar seus profissionais. Você pode não acreditar, mas seu cliente sente essa diferença quando está em uma negociação e percebendo isso, eles se propõem a investir um pouco mais, só por ter tido prazer de ser muito bem atendido.

Valorizar o pagamento mais que o atendimento

Um erro rotineiro é achar que, só porque o cliente paga em dia, e o serviço é prestado como prometido não há necessidade para preocupações. Na verdade, garantir um atendimento personalizado e sempre buscar solucionar os problemas que surgem frequentemente ajuda a estreitar a relação de empresa x cliente. É necessário focar em deixar seu cliente sempre satisfeito e não simplesmente focar em quando será o próximo pagamento.

Não agradecer a um cliente por dar feedback

Quantos clientes pensam que seu produto falha em algum aspecto e não dizem nada a respeito? Assim como a reclamação, o feedback é o melhor presente que um cliente pode nos dar (além de seu dinheiro!) Faça um grande pós-venda e mostre preocupação com o grau de satisfação do seu cliente depois do processo de compra.

“Seus clientes mais insatisfeitos são sua melhor fonte de aprendizado. ”

– Bill Gates

Marketing Promocional

O mercado é cada vez mais competitivo nos dias de hoje, diversos produtos e serviços concorrem entre si, o que torna cada vez mais difícil fazer com o que o consumidor crie uma ligação forte com a sua marca. Para se destacar no mercado a palavra é: Criatividade.

A criatividade é hoje algo difícil de ser encontrado. Algumas empresas, por não investirem em marketing, acabam perdendo espaço e não ganhando fatias de mercado que poderiam ser delas.

A forma de alavancar sua empresa é investir em marketing promocional, dessa forma você cria uma relação entre seu produto/serviço e o consumidor, estimulando a venda. Ao investir em marketing promocional é necessário criar um público-alvo bem definido, e depois criar ações que condizem com o que sua empresa oferece. O ambiente digital é muito favorável ao marketing promocional, pois permite que você faça investimentos detalhados, que farão toda a diferença no resultado final.

Empresas de médio e pequeno porte são as mais beneficiadas por essas estratégias, pois conseguem com pouco investimento, atingir resultados grandes.

Marketing para E-Commerce

Nos últimos anos o e-commerce vem ganhando cada vez mais espaço. Muitas pessoas têm evitado os shoppings e feito suas compras apenas pela internet, e as empresas precisam criar estratégias eficientes para que possam chamar a atenção desses compradores. Um dos segredos para ser diferente da concorrência é o marketing digital.

Esse marketing deve vir junto com a criação da loja, e não depois que ela é implementada – o que é comum de ser feito. Dentre as primeiras estratégias de marketing digital que deve ser abordada esta o SEO, afinal, você precisa começar a ser visto pelas pessoas. Assim que você cria palavras-chave, seu público-alvo já tem como te achar. Outras estratégias que se destacam são o Marketing de Conteúdo e o Marketing de Relacionamento, pois seus clientes querem ver mais do que os produtos que você vende. Essas são, em muitos casos, as estratégias consideradas mais importantes para o sucesso, pois eles precisam interagir com a sua marca, seja no facebook, no twitter ou no instagram. A atenção que você dá a eles é essencial para que sua marca seja diferente e caia no gosto dos consumidores. Algo que não seja considerado “cool” acaba não tendo tanto impacto.

Invista nesse tipo de ação e planeje seu e-commerce com marketing desde o primeiro momento, pois um planejamento feito de forma criativa e diferente pode fazer toda a diferença no futuro.

1 2  Topo