Brainstorm: O que é e como fazer?

Brainstorm

Reunimos as principais informações para você começar a aplicar o brainstorm no seu negócio e no seu dia a dia para conseguir melhores resultados.

O Brainstorm é uma expressão inglesa, uma junção das palavras “brain” que significa cérebro com a palavra “storm” que significa tempestade. 

Em português essa expressão forma “ tempestade de ideias”.

Por outro lado, o Brainstorm é uma técnica criativa que tem como objetivo encontrar uma solução para um problema específico. 

O conceito foi criado pelo publicitário Alex Osborn, após perceber que seus funcionários tinham desafios em construir boas soluções de forma individual. 

Percebeu-se que com o trabalho em grupo surgiam ideias mais originais e criativas. 

A abordagem se caracteriza na noção de que várias ideias são sempre melhores que uma só, ou seja, formam-se grupos de pessoas ativas que trazem seus conceitos com relação ao objetivo final. 

O processo permite a exploração intelectual de equipes, mas não basta somente isso para recolher resultados satisfatórios. 

É importante usar as técnicas no momento certo e da forma correta e o uso pode ser exatamente o que sua empresa precisa. 

A ferramenta é conhecida por ser utilizada em grupo mas também pode ser usada individualmente e obter o mesmo desfecho.

Regras para usar o brainstorm

Faz parte das regras para utilizar a técnica efetivamente, não haver julgamentos por parte da composição da equipe, não descartar as ideias iniciais, afinal de contas podemos compilar a qualquer momento. 

A criatividade em quantidade e qualidade é outra regra importante do processo, quanto mais ideias maiores são as chances de encontrar a solução para o objetivo final da reunião. 

Além do fato de surgir outra ideia em cima de uma não tão boa. 

Evite criticar, assim ninguém se sentirá tolido e haverá mais espaço para a criatividade surgir.

Em qual momento usar o brainstorm

A técnica funciona desde o início de um projeto, após analise de possibilidades e necessidades sobre o público, por exemplo. 

Também ajuda a encontrar palavras-chave ideais para o seu negócio. 

Para melhorar o desempenho de determinado setor da empresa e, em diversas outras situações.

Como usar o brainstorming e quais técnicas utilizar

Exemplo de Brainstorm

O primeiro passo ao usar o brainstorm é identificar o problema, o objetivo, a otimização ou até mesmo a correção  que deseja alcançar com a técnica. 

Após o primeiro passo, hora de decidir que técnica usar.

Por isso, listamos algumas para você conhecer. Confira. 

  1. Brainwriting – Tem como objetivo encontrar 108 ideias em apenas meia hora.
  2. Post-it – Permite maior visualização das ideias quando usamos post-its em quadros ou na parede, além de incentivar toda a equipe.
  3. Brainstorming “oposto” – Trabalhar a ideia ao contrário pode ser um bom caminho para encontrar a resolução.
  4. Mapa mental – Mind Mapping – O objetivo é resumir a questão em apenas três palavras e deixando a equipe trabalhar em cima delas.

Após escolher qual técnica se encaixa melhor, o próximo passo é a escolha das pessoas que farão parte da reunião também é importante, opte por pessoas engajadas, ativas e criativas. 

O Brainstorming funciona melhor com grupos de cerca de seis a dez pessoas, assim não haverá tumulto. 

Permita a tempestade de ideias. 

Além disso, separe as melhores soluções de acordo com o seu objetivo final. 

Agora, entenda em quais áreas você precisa aplicar a técnica e se prepare para a chuva de ideias e soluções que virão.

Leave a Comment

Open chat
1
Olá, me chamo Eduardo e sou estrategista de marketing da Edm2, em que posso ajudar?