marketing direto

Você comete esses 4 erros na sua empresa

Muitas vezes nos acomodamos com algumas atitudes e acabamos deixando de lado atitudes importantes no dia a dia das empresas. Descubra se você comete esses erros e entenda maneiras de melhorar.

Não perguntar ou chamar seu cliente pelo nome

Muitas pessoas não sabem, mas tratando o outro pelo nome você demonstra que conhece a pessoa e gera um sentido de importância para ela.

O Som do nosso nome é uma espécie de gatilho mental, que faz vibrar nossa energia corporal fazendo com que nosso cérebro entre em ação e comece a participar de uma conversa.

Um estudo realizado na Universidade do Texas, Estados Unidos, comprovou que o nome de uma pessoa é o som mais agradável para ela. Por exemplo: Você está em uma praça de alimentação em um shopping, sábado à tarde e de repente ouve seu nome, o que você faz? Imediatamente olha para trás e procura quem o chamou, não é mesmo? Imagine agora o impacto de mencionar o nome do seu cliente, durante seu atendimento?

Deixar de investir em treinamentos

 Quando se lida com clientes por telefone ou presencialmente é preciso que toda a equipe esteja alinhada e com um pensamento de trabalho em equipe. Muitas Micro, Pequenas, Médias e Grandes empresas, perdem fortunas diariamente por não treinar, motivar e capacitar seus profissionais. Você pode não acreditar, mas seu cliente sente essa diferença quando está em uma negociação e percebendo isso, eles se propõem a investir um pouco mais, só por ter tido prazer de ser muito bem atendido.

Valorizar o pagamento mais que o atendimento

Um erro rotineiro é achar que, só porque o cliente paga em dia, e o serviço é prestado como prometido não há necessidade para preocupações. Na verdade, garantir um atendimento personalizado e sempre buscar solucionar os problemas que surgem frequentemente ajuda a estreitar a relação de empresa x cliente. É necessário focar em deixar seu cliente sempre satisfeito e não simplesmente focar em quando será o próximo pagamento.

Não agradecer a um cliente por dar feedback

Quantos clientes pensam que seu produto falha em algum aspecto e não dizem nada a respeito? Assim como a reclamação, o feedback é o melhor presente que um cliente pode nos dar (além de seu dinheiro!) Faça um grande pós-venda e mostre preocupação com o grau de satisfação do seu cliente depois do processo de compra.

“Seus clientes mais insatisfeitos são sua melhor fonte de aprendizado. ”

– Bill Gates

Departamento Comercial x Departamento de Marketing

Ainda é bastante comum ver pessoas que fazem confusão entre as características e funções de um Departamento de Marketing e o Departamento Comercial. As duas áreas apresentam características semelhantes e se completam, sendo o Departamento de Marketing um potencializador das ações da área Comercial.  Para te ajudar a entender um pouco melhor quais são as diferenças entre eles, nós preparamos uma útil explicação.

Departamento Comercial

O Departamento Comercial é responsável por coordenar as atividades de venda dos produtos ou serviços da empresa. É a partir dele que as empresas obtêm lucro e recursos financeiros para que possa crescer e sobreviver economicamente.

Departamento de Marketing

O Departamento de Marketing é responsável pela venda de forma indireta. Os profissionais deste departamento têm como objetivo estudar o mercado, verificar quais as melhores opções, e planejar estratégias para que a empresa consiga vender seus produtos/serviços, e consequentemente, cresçam economicamente.

Como podemos perceber, mesmo que com funções diferentes, os departamentos acabam se completando, o que faz com que as pessoas se confundam em relação a eles. Em pequenas empresas é comum que os dois departamentos acabem se unindo, o que pode gerar sobrecarga de atividades, e até problemas na hora de tomar decisões.

Um departamento precisará do outro, mas isso não significa que criando um só, sua empresa terá um melhor resultado. O interessante é dividir suas atividades, e assim conseguir com que sua instituição tenha um melhor planejamento e uma melhor postura de vendas.

Terceirização do marketing da sua empresa

Como dissemos em nosso blog recentemente, o marketing é essencial para o crescimento de uma empresa. Porém, algumas delas não contam com profissionais capacitados, e até mesmo, não podem ter um crescimento muito grande a ponto de criar um departamento especializado na função.

A solução para isso pode ser mais simples do que parece: Terceirização do marketing da sua empresa. Existem agências especializadas nesse tipo de serviço, elas são agências de marketing que possuem conhecimentos de estratégias voltadas para pequenas e médias empresas. Essas agências possuem o conhecimento necessário não só para criar promoções, as agências de marketing têm como foco estratégias para gerar resultado.

Terceirizar o marketing seria como se sua empresa agora passasse a ter um departamento especializado, esse departamento seria responsável por dar ideias e criar estratégias para o crescimento constante da sua empresa.

Está precisando de um departamento de marketing para a sua empresa? A Terceirização pode ser a resposta.

A influência das cores no marketing

As cores são fonte de estudo de diversos especialistas do marketing, que buscam entender suas influências na cabeça do consumidor. Esses estudos servem para orientar o melhor uso de determinada cor em anúncios, embalagens de produto, logotipos, sites.

Eles buscam mostrar que as pessoas são diretamente influenciadas pelas cores na hora da compra. Por exemplo, 84,7% das pessoas acreditam que as cores de um produto são mais importantes que qualquer outro fator, e 93% decidem a compra pelo aspecto visual, sendo que desse número, metade disse deixar de comprar se o mesmo não tiver a cor que ele gosta.

Diversos outros dados são apontados por pesquisas para fortalecer a importância das cores na venda.

Confira abaixo uma lista de cores, o que elas significam para o marketing, e em qual situação elas são mais usadas.

Vermelho: A cor traz o sentido de urgência, sendo usada por muitos restaurantes para estimular o apetite. Ela também é usada em liquidações para atrair compradores compulsivos.

Amarelo: O amarelo remete à atenção, é bastante usada para prender a atenção das pessoas e mostrar detalhes importantes.

Azul: Associada à paz, o azul é usado para fins corporativos por não ser muito invasivo e trazer confiança e segurança.

Laranja: A cor laranja é mais uma usada para chamar a atenção, e é considerada a preferida por compradores compulsivos.

Verde: A cor da natureza, o verde é associado também ao dinheiro e a saúde. É usada com frequência em anúncios que abordam questões ambientais.

Roxo: O roxo representa criatividade e imaginação, além de estar associada com sabedoria e beleza. É usada em produtos de beleza.

É possível observar todos esses dados no próprio mercado, com as marcas utilizando da influência delas em suas ações.

 

*os dados foram retirados do infográfico feito pelo site Viver de Blog.

 

 

Conquistando clientes pelo E-mail Marketing

O e-mail marketing tornou-se uma ferramenta vital para as pequenas empresas que queiram utilizar emails como forma de serem sempre lembradas. A princípio, os pontos positivos são óbvios: é rápido e barato. Mas isso não é tudo. O e-mail marketing oferece oportunidades sofisticadas como por exemplo direcionar mensagens para as pessoas certas, no momento certo e promover negócios sérios.

As taxas de resposta de e-mails em massa são muito melhores do que as malas-diretas, graças ao imediatismo da mídia. Os resultados podem ser mensurados e utilizados para elaborar um e-mail marketing posterior com melhor foco.

O marketing direto via e-mail é um método de comunicação ideal para qualquer pequena empresa que conta com uma presença online eficiente. As mensagens de e-mail podem destacar ofertas especiais e novos produtos para, em seguida, os destinatários serem direcionados imediatamente para o site e até mesmo a uma página de contato.

No entanto, um e-mail marketing mal feito apresenta algumas armadilhas. Eles podem ser vistos como spam e  serem bloqueados. As palavras de ordem, no caso, são responsabilidade e relevância. É preciso ter permissão do destinatário para enviar e-mail marketing. E se você quer que eles respondam positivamente, é necessário que as mensagens sejam realmente importantes ou que tenha algum valor informativo para o seu público. O uso indevido da ferramenta pode simplesmente causar uma má impressão para sua empresa. Veja a sugestão abaixo da Edm2 para criar listas de emails eficientes!

Como construir sua lista de e-mail marketing

O ponto de partida para essa estratégia é um banco de dados atualizado baseado em permissão de envio de e-mail marketing. Essa lista deve conter todas as informações necessárias sobre os destinatários, para que se possa direcionar as mensagens. Os contatos devem ter dado sua permissão para o envio, seja através de um formulário ou em seu site. Certifique-se de incluir uma simples caixa de seleção “opting-in” em todo o material de marketing. Depois, segmente a lista de e-mail em grupos-chave de pessoas que compartilham características específicas. Agrupe os clientes de acordo com o que compraram no passado. Dessa forma, será possível enviar mensagens direcionadas sobre produtos específicos para as pessoas certas, junto a isso coloque datas assim você saberá quando que esse cliente entrou em sua base para facilitar os filtros no futuro.

O Sucesso da Campanha Dove – Retratos da Real Beleza

Assim que foi lançado o filme da nova campanha da Dove nos Estados Unidos e Brasil, Retratos da Real Beleza se tornou viral e já alcançou mais de 20 milhões de pessoas.

O filme mostra diferentes mulheres sendo retratadas por um desenhista forense do FBI com base, apenas, em suas próprias descrições. Em um segundo momento, o profissional redesenha essas mulheres, usando as descrições feitas por outras pessoas. O resultado são retratos muito mais bonitos. A mensagem é direta: as mulheres são muito críticas em relação à si mesmas e tem muita dificuldade de enxergar sua beleza natural, diferente da forma como as outras pessoas as enxergam. O filme emociona e resgata a auto-estima.

O tema causou tanto interesse, que até mesmos veículos que não costumam dar ênfase a essas publicidades, como New York Times, Financial Times, Wall Street Journal, The Independent, entre outros, citaram e comentaram sobre a campanha. Também já existe até uma paródia muito bem humorada, feita por um grupo de comediantes americanos, com o tema: “Homens, vocês não são tão bonitos quanto pensam”

A magnitude desse sucesso surpreendeu tanto a agência de publicidade como a própria Unilever. É muito raro acontecer de uma campanha repercurtir de uma forma tão explosiva e positiva na vida das pessoas. Com certeza, este filme entrará na história da propaganda mundial.

Curtam:

As empresas e a grande festa social

Edm2 Midias sociais

As empresas precisam participar da grande festa social

As empresas precisam estar presentes nas redes sociais. Isto é fato. Mas apenas estar presente não basta. A questão é aprender a lidar com as redes sociais e saber interagir com o seu público. Nesse ponto, pesquisas apontam que poucas empresas sabem utilizar as novas tecnologias.

Nas redes sociais, qualquer publicidade deverá levar em consideração a integração ao meio, estabelecendo  vínculos com as pessoas, conhecendo o seu público, para poder atingi-lo de forma adequada, com uma comunicação transparente e personalizada, que agregue valor .

As empresas precisam estar presentes onde o seu público está, usar os recursos e aplicativos que as novas tecnologias disponibilizam para enriquecer suas marcas e vender seus produtos. Podemos afirmar que uma marca não existe se ela não for vista. Com o crescimento das redes sociais, é preciso adequar a estrutura e acompanhar o movimento, como participante de um evento social. Se a empresa foca massivamente seu objetivo de vender, acaba transmitindo uma imagem negativa e grosseira. Há também aquelas que criam lindas vitrines, mas ficam estagnadas, apenas esperando acessos. Isso não funciona nas redes sociais, pois as pessoas querem interagir e opinar.

Essa integração também deve ser interna, com o alinhamento e a participação dos profissionais envolvidos no negócio colaborando na formação desse ambiente social. É preciso também aprender a lidar com comentários negativos. Quando isso acontece, a tendência é silenciar, o que acaba gerando um conflito ainda maior. Ser transparente e dar a atenção devida é muito importante para fortalecer a confiança e estreitar relacionamentos.

As mídias sociais são canais que envolvem milhares de pessoas e é preciso estar presente.  Saber transmitir sua mensagem é o foco principal para valorizar sua marca e produtos. E, se não sabe como fazer, fale com a gente:  http://www.edm2.com.br/empresa/faleconosco

Conheça as expressões populares do Marketing

Muitos acreditam que marketing é, simplesmente, publicidade. Mas, na verdade, essa ciência se preocupa com toda uma cadeia, que vai desde o produto gerado até a forma de ser lembrado pelo consumidor.

Cabe ao profissional de marketing saber identificar as necessidades de cada cliente e dar a devida importância, utilizando-se das ferramentas mais adequada para os diferentes tipos de necessidades, levando em consideração o ambiente onde a empresa está inserida, seus objetivos e metas, e, principalmente, a estratégia a ser adotada.

Não há mais o que discutir sobre a necessidade das Pequenas, Médias  e Grandes empresas promoverem  fortes ações de Marketing. E, com a evolução e a disseminação da internet, surgem inúmeros conceitos na área de marketing, qua acabam assustando empresas que ainda não possuem um Marketing efetivo.

O mercado, por sua vez, é dinâmico e está em constante evolução, o que leva à mudança de termos e desenvolvimento de novos conceitos. Em razão disso, algumas empresas deixam de adotar a prática do Marketing, por desconhecerem esses conceitos e não saberem ao certo o que buscar para melhorar a sua visibilidade no mercado.

Desta maneira, a Edm² irá desmistificar alguns termos que surgem nesse imenso universo do Marketing para ajudar você a encontrar os melhores métodos que irão garantir o sucesso de sua empresa:

BUZZ MARKETING: Esse conceito parte de um princípio antigo de que as pessoas, quando gostam de um produto ou serviço, normalmente disseminam o fato entre as pessoas de seu relacionamento. Esta ação é real, observável no mercado e casual. Por isso o “Buzz Marketing” surge com o desafio de sistematizar as ações que levam as pessoas a disseminarem um produto de modo a potencializar a comunicação e o conhecimento da marca a custo baixo.

MARKETING ONE–TO–ONE: Conceito que prega atendimento personalizado ao cliente. Ou seja, é preciso adequar a ferramenta de marketing ao conceito maior da empresa. O princípio do marketing está na capacidade de uma empresa criar e manter os clientes satisfeitos, portanto, é preciso verificar quais são as necessidades do consumidor e do mercado e apresentar produtos e soluções que atendam essas necessidades ou desejos.

MARKETING SHARE: Trata-se da mudança do posicionamento da empresa no mercado.

MARKETING 360°:  Visa tocar o consumidor em todos os pontos. O Marketing 360° cuida dos lançamentos com intervenção urbana, ações presenciais em cinema, utilização de mídias alternativas, como projeções em bares e restaurantes, por exemplo. Isso provoca o consumidor, que passa a desejar aquele produto.

MARKETING DE GUERRILHA:  Objetiva atrair a atenção do público sem a necessidade de custos com espaços publicitários, estimulando a customização.
TRENDING: Apropria-se de movimentos populares e materializa-se no Marketing da sua empresa ( como benefício próprio ).

MARKETING VIRAL: Disseminar conteúdo relevante “on” e “off line”.

PULL STRATEGY: Forte investimento na publicidade e na promoção, focadas no consumidor.

TRADE MARKETING: Otimizar a relação entre produtor e distribuidor, para que ambos retirem benefícios dessa parceria.

CORE BUSINESS: Quando a campanha é relativa ao próprio negócio.

B2E = BUSINESS-TO-EMPLOYEE: relação entre a empresa e o funcionário.

BUDGET: Porcentagem do faturamento da empresa destinada a ações de Marketing, vendas, novos negócios etc.

Para o empresário que deseja ingressar com ações de Marketing , é essencial conhecer as diversas ferramentas disponíveis hoje em dia,  conhecer minuciosamente o processo para definir o que pode ou não ser feito para obter o sucesso de sua empresa e se o que foi contratado foi realmente entregue.

 

Serviços ao público Emergente

A ideia de que os produtos e serviços voltados para o público emergente não merecem investimento em qualidade é um dos maiores erros ainda vistos por aí. O raciocínio que dá origem a este engano é o seguinte: “eles gastam pouco, então não vale a pena investir tanto”. E eles são exigentes. Até mais exigentes que os das classes mais abastadas. Eles não podem comprar errado, porque não têm dinheiro de sobra para consertar a compra. Eles escolhem bem, por isso se o vendedor vendeu gato por lebre, ou o prestador de serviço não cumpriu com o prometido, eles reclamam.E eles sabem que os seus amigos e parentes estão na mesma situação, então eles espalham a notícia. Pode ter a ver com o fato de que a compra para o emergente é um fator de inclusão, aumenta a sensação de pertencimento a um grupo, enquanto que no topo da pirâmide o que motiva a compra é a vontade de se destacar pela exclusividade.

Desta forma é importante saber:

• Ofereça bons produtos e serviços para que os consumidores, voluntariamente e por satisfação, queiram compartilhar uma experiência positiva com seus amigos e parentes.
• Em segundo lugar, o advertising pode se aproveitar de ofertas especiais que representam boas oportunidades de compras, como liquidações de queima de estoque, com data marcada ou quantidades limitadas.

Fonte: meio&mensagem, acessado em 06 de Novembro de 2012 – 01:29 AM
Veja a reportagem completa

 Topo