empresas

Quais os benefícios do marketing digital?

Marketing DigitalAo que vemos, a atual cobrança da sociedade por informação é o que vem motivando o aumento dos investimentos na área.
Em um mundo altamente conectado, ressaltamos que as tecnologias atuais, sobretudo as redes sociais on-line, deixaram de servir apenas ao entretenimento para ser cada vez mais usadas pelas empresas como ferramenta de relacionamento e representam, contudo, uma forma de comunicação imediata e eficiente para chegar a vários públicos, com uma rapidez essencial para a resolução ou diminuição de impactos causados pela insatisfação dos clientes. A ação tem que ser ágil porque na web os assuntos se alastram com muita rapidez.

Sendo assim, em uma visão mais geral, a tecnologia gerou uma verdadeira revitalização dos modelos de negócio como um todo. E, como na internet todos têm chances de conquistar espaço próprio, a concorrência aumentou assim como a quantidade de ofertas disponíveis. Logo, para atender a uma demanda cada vez mais exigente, empresas têm usados recursos tecnológicos para aprimorar seus negócios e oferecer diferenciais que, em meio a muitas opções, consigam se destacar.

Relação com o cliente é fundamental e peça chave na estratégia de marketing digital

Qualquer empresa depende de consumidores para sobreviver. A transformação digital, por sua vez, tem papel essencial neste quesito, pois permite reunir diversas informações com base no comportamento de nosso público-alvo para estreitar esse relacionamento e personalizar o atendimento.
O objetivo é claro, o foco está no cliente e, com isso, os processos tornam-se mais simples e os resultados são vistos mais rapidamente. A digitalização de processos permite que os profissionais trabalhem de onde estiverem, estejam eles em casa ou não. Isso permite uma maior interação com o cliente, pois, como já falamos aqui anteriormente, é no consumidor que está posicionado o mais importante canhão de luz de qualquer empreendimento que busca ter sucesso no mercado.

Marketing de Conteúdo em Pequenas Empresas

Ser uma pequena empresa é complicado. Muitas vezes não há orçamento para investimento, e, por isso, acaba sendo mais difícil fazer com que a empresa cresça. Mas se sua empresa está disposta a crescer, é necessário que haja um investimento na sua marca e na divulgação dos seus produtos/serviços.

Estar no ambiente online é essencial para qualquer empresa, independente do tamanho dela. É nas redes sociais onde as pessoas discutem a marca, criticam e elogiam e interagem. Se você não está nas principais redes, já passou da hora de começar a participar. Em redes como o Facebook você poderá interagir com seus consumidores, e obter um maior alcance da sua marca.

Por isso o marketing de conteúdo se tornou um grande aliado, assim, mesmo com pouco investimento, você pode se aproximar de seus clientes abordando assuntos atuais e interessantes referentes ao seu segmento.

Para te ajudar separamos uma pequena lista de ações que podem te ajudar:

Defina um Objetivo

Quando começar a planejar o seu marketing de conteúdo, tenha em mente o motivo de realiza-lo. Para quê? Escolha um e foque-se nele, a chance de sucesso é muito maior.

Entenda seu Cliente

Ouça o que ele tem a dizer, e saiba mais sobre as necessidades dele. Produza conteúdo que seja de interesse do seu público. Procure realizar ações relacionadas ao conteúdo, como links patrocinados, e até mesmo e-mail marketing, convidando seu público a discutir sobre o assunto. Interaja com ele, torne a experiência da leitura algo que vale a pena.

Tenha um Cronograma

Procure sempre respeitar um cronograma de postagens, tenha dias e horários específicos. Encontre conteúdos que te ajudam a interagir melhor com seu público.

Analise

As redes sociais oferecem diversos meios para entender em que momento é mais interessante que o conteúdo seja postado. Analisando esses dados, você consegue atingir melhores resultados.

Isso é apenas o começo para que sua empresa construa um marketing de conteúdo de sucesso.

Plano de Marketing Para Pequenas Empresas

As pequenas empresas estão sempre em busca de novos clientes para que possam crescer. E se você está à procura de novos clientes, a solução é simples: Você precisa de um plano de marketing.

Fachada, folheto, anúncio em jornal local. Tudo isso é publicidade, e são formas bastante usadas por pequenas empresas. Outras preferem utilizar o ambiente online como forma de divulgação dos serviços. Destacando-se o google e as redes sociais. Sua empresa provavelmente está investindo em alguma dessas formas de divulgação. Mas você sabe onde estão os melhores resultados? Onde o investimento está dando resultado? Se você não tem um plano de marketing, então provavelmente a resposta para essas perguntas é não.

Você precisa, desde o começo, preparar um processo que seja eficaz e que traga os melhores resultados para a sua empresa. Para isso, separamos alguns elementos essenciais para que seu plano de marketing dê resultado.

1 – Objetivo de Marketing

Qual o objetivo do seu plano de marketing e de suas ações? O que você quer que seu cliente pense quando vir algum anúncio seu? Essas são perguntas que você deve se fazer para que seu plano possa obter sucesso.

2 – Quem é seu público-alvo

Com quem você está falando? Seu público tem características, desejos e hábitos que devem ser estudados, para que sua comunicação fale efetivamente com o seu público.

3 – Ações de Marketing

As perguntas que você deve fazer são: Como? Onde? E Quando?  Suas ações serão vistas pelo seu público alvo. Você não vai querer se comunicar com o seu público no local e na forma errada, não é mesmo?

Esses são alguns exemplos que devem ser levados em conta na hora de preparar um plano de comunicação. Como pequena empresa, nem sempre você terá funcionários especializados nesse tipo de atividade, e uma das alternativas é a terceirização do marketing, fazendo com que você possa ter dentro de sua empresa, profissionais que possam realizar este tipo de atividade da melhor forma possível.

Dicas de Marketing Para Pequenas Empresas

As pequenas e médias empresas que buscam crescer devem investir em marketing, e caso sua empresa não seja grande o suficiente para possuir um departamento inteiro, você tem a opção de terceirizar o seu marketing.

Para que você consiga crescer como empresa, separamos algumas dicas essenciais para fortalecer o marketing de sua empresa.

1 – Invista nas redes sociais: Sua empresa ainda não possui uma página nas principais redes sociais? Então trate de cria-la. Com o crescimento das redes sociais, estar no facebook e twitter é um meio de descobrir o que as pessoas têm falado sobre sua empresa. Além de ser um marketing interessante para seus serviços.

2 – Construa uma marca forte: Mesmo que sua empresa seja pequena e não possua uma grande fatia de mercado, uma pequena empresa deve consolidar sua imagem.

3 – Bom atendimento: A imagem que sua marca adquiriu nada vai adiantar se você não possuir um bom atendimento. Tenha uma equipe que responda com rapidez e qualidade. Tendo um bom atendimento, sua empresa fica bem vista no mercado.

4 – Possua um plano de marketing: Não adianta você possuir redes sociais eficientes, uma marca forte, e diversos outros benefícios na sua empresa, se você não tiver bem definido qual será o seu plano de marketing. Ele é ideal pra saber onde você está e aonde você quer chegar a um longo prazo.

5 – Calcule o retorno por investimento: O marketing é cheio de métricas, e que devem ser estudadas detalhadamente. Tenha uma planilha, saiba onde você está investindo certo, onde não tem tido retorno. Tudo isso te ajudará a divulgar sua marca da forma mais correta possível.

Importância da Gerência de Marketing

Gerenciar o Marketing de sua empresa não é tarefa fácil. Nos dias de hoje, o mercado exige profissionais especializados, e uma atenção especial, para que não fiquem lacunas dentro da empresa, tudo isso para que haja eficiência na gerência.

O que diferencia uma empresa em relação aos seus concorrentes no mercado são suas vantagens competitivas, e é nessa parte em que o Gerente de Marketing deve estar ainda mais antenado. Se não houver uma atenção especial com relação aos concorrentes, sua empresa será “passada para trás”, pois não terá mais a vantagem da inovação. O mercado é dinâmico, e a disputa é acirrada pela fatia de consumidores, afinal, seu público alvo sempre será alcançado pela mensagem, seja ela da sua empresa, ou do seu concorrente.

O marketing está longe de ser uma ciência exata. Ele requer inúmeros estudos e análises para que você saiba onde está e aonde quer chegar com a sua empresa. O marketing também não é um evento, e sim um processo, com começo, meio, mas nunca um final, buscando sempre melhorar o processo das ações.

Procure sempre ter um profissional capaz, que possa preencher todas as lacunas que o marketing deixa. Sua empresa ainda é muito pequena para um departamento de marketing? Terceirização do Marketing é sempre uma opção, assim você terá pessoas capazes de gerir o marketing de sua empresa, sem precisar contratar uma equipe própria. Procure saber sobre suas necessidades de mercado.

Importância do Plano de Marketing

A realização de um Plano de Marketing se tornou essencial no cenário atual do mercado para o sucesso de sua empresa, ainda mais com a forte concorrência que existe hoje em dia. Muitos ainda acreditam que o marketing não é necessário, ou deve existir apenas em empresas grandes, e que pequenas empresas não precisam desse tipo de serviço. Apesar de muitas resistirem, a falta de estratégias de marketing especialmente desenvolvidas às necessidades pode acabar fazendo com que a empresa não consiga encontrar seu lugar no mercado.

Um Plano de Marketing não é distribuir panfletos, ou apenas mandar e-mails para um mailing especial, a função dele é organizar sua empresa e entender quais as necessidades de seus clientes, e, dessa forma poder planejar estratégias específicas que visam atender o que o público espera. Ele não é garantia de sucesso sempre, mas é um dos fatores que ajuda a diminuir bastante a chance de erro em suas ações, além de ajuda a captar clientes, e analisar o mercado.

Então, mesmo que você seja uma pequena empresa, procure ter um planejamento de marketing especial para o que você precisa.

Otimização para motores de busca (SEO – Search Engine Optimization)

OtimizaçãoOtimização para motores  de busca (SEO – Search Engine Optimization) é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados nos sites de busca.

A Otimização para Sistemas de Busca normalmente é oferecida como um serviço profissional autônomo, ou como parte de um projeto de Webmarketing e pode ser muito eficaz quando incorporado no início do desenvolvimento do projeto de um website.

Os principais motores de busca disponibilizam guias e informações para ajudar o webmaster com a indexação e otimização do seu site. A Google, por exemplo, tem o “Ferramentas do Google para webmasters”, que ajuda a descobrir se existe algum problema de indexação do site do webmaster dentro da máquina de busca e ainda disponibiliza inúmeros dados sobre o tráfego no Google para o seu site. Estes sites de busca também permitem a criação de “adWords”, que são anúncios de um site ou negócio na internet, que aparecem no resultado da busca de alguém que procura qualquer coisa relacionada com aquele produto ou serviço.

Para classificar os sites, os mecanismos de busca levam em consideração alguns aspectos, como o tempo de registro do domínio, frequência e originalidade do conteúdo, características da página, termos relevantes utilizados no conteúdo, fontes de pesquisa, uso adequado do arquivo robots.txt, velocidade de carregamento do site, entre outros. Em termos de competição, um termo de busca “palavra-chave” com grande volume de resultados dificulta o posicionamento através programação para busca orgânica, podendo ser necessária uma ação de anúncios pagos ou links patrocinados.

Nem sempre os sites bem posicionados são os melhores do seu segmento de negócio, mas alcançaram o topo nos resultados de busca por terem feito um bom trabalho de otimização. Uma forma que muitas empresas estão usando para fazer a divulgação e marketing na Internet.

Com o serviço da Edm2 você pode melhorar sua exposição nos sites de busca de forma progressiva e eficaz.
Confira em: http://www.edm2.com.br/servicos/otimizacao-buscas

 

Novas Regras para o Comércio Eletrônico

As novas regras para empresas que vendem produtos ou serviços via internet no Brasil já estão valendo.

Em  vigor desde o dia 14 de maio, o decreto Decreto 7962/13 determina que todos os sites são obrigados a divulgar nome e número do CNPJ da empresa e endereço físico e eletrônico em local visível. Além disso, as características essenciais do produto ou do serviço, riscos à saúde e à segurança dos consumidores e discriminação no preço de despesas adicionais ou acessórias, tais como as de entrega ou seguros também deverão ser informadas.

Quanto aos sites de compras coletivas, deverá ser informada de forma explícita e simplificada, a quantidade mínima de consumidores para a efetivação do contrato, o prazo para utilização da oferta pelo consumidor e identificação do fornecedor responsável pelo site e do fornecedor do produto ou serviço ofertado, com as informações de endereço, contato e registro desse fornecedor.

Com relação ao arrependimento da compra, o fornecedor deverá informar de maneira clara os meios que o consumidor poderá utilizar para exercer esse direito, e que não há qualquer ônus, caso o consumidor se arrependa. O prazo para o exercício deste direito é de 7 dias úteis contados do recebimento do produto.

O importante, em todas as situações, é permitir que o consumidor conheça as condições do negócio do produto ou serviço, como as condições integrais da oferta, incluídas modalidades de pagamento, disponibilidade, forma e prazo da execução do serviço ou da entrega ou disponibilização do produto. Vale ressaltar que e-mail é documento e tem validade legal.

A diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, adverte que as empresas que infringirem a lei podem sofrer punições como multas, apreensão de produtos, cassação do registro, entre outras. As sanções variam de acordo com o porte da empresa infratora e conforme o número dos consumidores atingidos.

Disponibilizamos link com a íntegra do Decreto nº 7.962, de 15 de Março de 2013:
http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/1034424/decreto-7962-13

Vídeos no ambiente corporativo

Os Vídeos na Comunicação Corporativa

A comunicação interna é fundamental para manter o fluxo de informações aos funcionários e colaboradores, seja qual for o porte da empresa.

Mudanças operacionais, lançamento de produtos, treinamento, objetivos, palestras, pronunciamento do presidente, as comunicações corporativas por vídeo tem-se tornado uma ferramenta muito eficiente, pois, além de possibilitar uma informação clara, é mais atrativo, integra funcionários, motiva, incentiva o diálogo e contribui para o desenvolvimento organizacional, tudo isso sem a necessidade de deslocamento físico.

O método funciona como um “You Tube” interno, onde é possível verificar a audiência, quem visualisou, incluir comentários, compartilhar, etc.

O Boticário, por exemplo, com mais de 2.800 lojas espalhadas no Brasil, além da atuação internacional, devido os gastos com treinamentos e troca de informações sobre novos produtos, optou pela distribuição de seus vídeos corporativos através da web. Além de facilitar todos os processos internos, possibilitou um giro maior das informações, com redução significativa de custos e maior integração entre suas franquias.

Esta é a nova era. Investir na comunicação corporativa por vídeos difundirá o conhecimento de forma unificada, melhorará a eficiência e capacitação dos clientes internos, como também tornará o clima organizacional mais harmonioso, colaborativo e produtivo.

Marketing e Sustentabilidade

Idéias sustentáveis

Idéias sustentáveis

Antigamente o foco principal do marketing era vender mais. Depois, passou a ser dada maior atenção ao comprador. Hoje, as empresas mais conscientes, começaram a mudar seus conceitos e a enxergar seus consumidores como pessoas que se preocupam com sua saúde, com a saúde do planeta e querem colaborar com um mundo melhor. Então passaram a concentrar o marketing no ser humano, primeiramente para sobreviverem, depois, para obter bons resultados com iniciativas sustentáveis.

Atualmente, o marketing precisa focar o planeta, os recursos naturais, a população, a qualidade de vida, produtos e serviços sustentáveis, preços justos. Mas é muito importante que haja transparência e honestidade. De acordo com o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, 85% dos consumidores brasileiros não acreditam nos discursos sustentáveis das empresas.  Esse alto índice é devido a muitos negócios propagarem práticas sustentáveis inexistentes, aproveitando-se do “mercado verde” somente para obterem lucro em cima do tema. Mas há muitas empresas fazendo muitas coisas boas, com ótimas iniciativas, mas que não comunicam ou não sabem transmitir a mensagem de forma adequada para o seu público e acabam perdendo oportunidades, e há, ainda, aquelas que fazem, mostram que fazem, e estão colhendo excelentes resultados com o fortalecimento da marca e lucratividade nas vendas.

Em resumo, o novo marketing empresarial, sustentável, é possível e incentiva mudanças sociais necessárias para tornar nosso mundo melhor.

Marketing e sustentabilidade é, com certeza, um casamento perfeito!

 Topo