comunicação

Quanto custa fazer marketing?

quanto custa fazer marketingQuanto custa fazer o marketing de sua empresa? Ou melhor quanto custa um marketing efetivo? São perguntas que todo empresário acaba se fazendo. Por isso montamos um artigo sobre quanto custa fazer marketing e quais vantagens você tem em contratar uma agência ou fazer internamente.

Na internet é muito fácil encontrar anúncios de “construção de sites fáceis” ou “automação de e-mail grátis” todos os dias. E com isso achamos que muitas dessas ferramentas são de baixo custo ou até mesmo a custo zero. Muitas dessas ferramentas também vendem a idéia de que você pode fazer por conta através de um dashboard ou até mesmo personalização das mesmas (muitas personalizações são bem limitadas). Mas quando você realmente pensa sobre isso, isso parece razoável? Não há nada “grátis” ou “fácil” sobre marketing. Na verdade, cada anúncio que você viu por algo “livre e simples” é o resultado de uma estratégia de marketing eficaz, pela qual uma empresa pagou caro para conceituar, criar e distribuir para aparecer na sua tela e influenciar seu pensamento. Só porque qualquer um pode entrar no Google Analytics não significa que qualquer pessoa possa efetivamente usar o Google Analytics, muito menos criar uma estratégia de marketing de ponta a ponta, considerando o negócio, marca, mecanismos de pesquisa e mídias sociais. Claramente, quando envolvemos todos esses itens há muito trabalho profissional a ser feito.

Como o marketing é feito?

O marketing requer muito trabalho e desenvolvimento para que você tire a ideia do papel até a execução. Cada estágio requer talentos específicos, conhecimentos e habilidades. Saber mexer em ferramentas não necessariamente te faz apto para desenvolver o marketing sozinho. É ai que a questão custo entra em cena, muitas pessoas acham caro pagar um profissional de marketing, mas esquecem de que tempo, tentativa e erro e até mesmo o gasto com algumas ferramentas que não são “grátis” como venderam para você é também um gasto efetivo de dinheiro.

Qual é a diferença de contratar internamente um profissional ou contratar uma agência de marketing?

Uma equipe de agência de marketing geralmente consiste em funções especializadas, profissionais especialistas em seus respectivos campos. Como uma equipe, esses indivíduos tomam decisões sobre as melhores práticas, alinhando esforços e alcançando sucesso para clientes.

Claro, você poderia contratar ou designar um funcionário internamente, mas isso pode ser extremamente caro e não tão abrangente já que um único funcionário dificilmente terá todos “skills” necessários para executar uma campanha de ponta a ponta.

O que uma agência de marketing faz?

A proposta principal de uma agência de marketing é criar um plano estratégico mercadológico efetivo. O processo desse plano começa da concepção a execução de ações de marketing com um objetivo a ser definido no seu escopo. Além de criar os planos de ação para uma empresa a agência acaba executando o plano com diversos outros serviços necessários como: Desenvolvimento de sites, Estratégia de Conteúdo, Estratégia de Branding, Search Engine Optimization, Marketing de mídia social, PPC, Marketing de email e etc.

Temos um post sobre o que faz uma agência de marketing aqui.

Quanto custa uma agência de marketing?

Justamente por oferecer profissionais capacitados, abranger uma série de ferramentas e também a experiência nem sempre podemos dizer que é barato. Mas colocar tratar a comunicação de sua empresa com ferramentas “free” ou “faça você mesmo” pode ser tão caro quanto.
A experiência conta muito no preço, quanto mais experiente são os profissionais de uma agência mais caros eles se tornam. Nós sabemos que não existe almoço grátis e fazer o marketing de um negócio não é e nunca vai ser barato. Não só pelo custo da agência em sí, mas também pelo custo das ferramentas e da publicidade em geral. Cometer erros pode fazer essa equação ainda mais cara.

Storytelling no B2B

Nos dias de hoje, contar uma história é uma das melhores formas de vender seus produtos e serviços. O poder e a força das histórias podem ser a faísca que falta para que o público se identifique com a sua marca. Ela desperta interesse e curiosidade, fazendo com que nos sintamos parte dela.

A função da história e tornar algo memorável. Memorável o suficiente para que isso seja passado a diante. As histórias ajudam você a se distanciar da concorrência, trazer empatia e se destacar no mercado.

É importante lembrarmos que as histórias são sobre pessoas, e não sobre empresas, e esse é o principal ponto a ser destacado para que o público seja atraído pelo seu produto ou serviço. Existem diversos exemplos de empresas que utilizam histórias de seus funcionários para mostrar como eles foram importantes para o crescimento delas. Muitas vezes os mostrando como uma espécie de ‘herói’.

Criando essa história, é possível convencer de que sua empresa é a certa, e seu cliente estará em ótimas mãos.

A importância de uma agência de marketing

As agências de marketing foram vistas por muito tempo como algo desnecessário, mas hoje em dia, são essenciais para um bom funcionamento da empresa.

O mercado hoje exige boas estratégias de comunicação, e principalmente o público quer que você se mostre, e diga para ele o motivo do seu produto/marca/serviço ser essencial. Caso contrário, seus concorrentes te deixarão para trás.

Não há mais espaço para pessoas que não entendem sobre o assunto, no cenário de mercado atual é necessário um time, com boas estratégias de comunicação e marketing que possam planejar ações com potencial sucesso, e que trarão resultados significativos para a sua empresa.

A agência tem como objetivo, diagnosticar as necessidades do público, planejar os melhores caminhos para que sua mensagem chegue ao público-alvo, criar boas campanhas, repensar estratégias, avaliar o resultado, e ver onde está dando certo, e onde está dando errado.

Se sua empresa não está dando resultados, procure saber como está o seu marketing, se ele tem apresentado resultados satisfatórios, afinal, como muitos dizem “propaganda é a alma do negócio”, e se seu marketing não está dando resultados, esse pode ser um sinal de que ele precisa de investimento.

Entenda seu cliente e melhore suas vendas

quebUma das qualidades muito subestimadas no mundo dos negócios é entender o cliente. Em muitos níveis, isso é significativo , mas especialmente para os empresários que querem atrair a atenção de uma platéia.

Qual das opções abaixo descreve o seu marketing?
A. Me veja.
B. Me veja olhando para você.
Para negociar melhor nos dias de hoje é preciso uma mudança da mentalidade do marketing tradicional. Os clientes hoje já estão olhando – isso é o que a Internet faz muito bem. Quando encontram o seu negócio, os seus potenciais clientes querem saber rapidamente se você os compreende ou você pode deixar de vender e perder a oportunidade de fechar um bom negócio. Como você pode comunicar isso? Aqui sugerimos três práticas:

1 – Seja humilde

Esta não parece ser uma qualidade do negócio, mas pode muito bem ser um dos mais importantes hoje. Os verdadeiros líderes ganham a atenção de suas comunidades não por exibicionismo, mas por serem humildes o suficiente para aprender.
Ser humilde é uma qualidade que desloca a atenção do seu negócio para o negócio do cliente – e é um passo importante. Mesmo que você não entenda bem seus clientes , eles podem ainda não saber disso. É por isso que é essencial ouvir , observar e pacientemente ganhar a sua confiança. É tentador supor que você tenha o que o cliente quer, mesmo que você o faça. Dispor de um pouco de tempo extra de consideração vai criar o alinhamento necessário para a construção de um relacionamento bem sucedido.

2 – Fale a língua dos seus clientes

Um cliente nosso que oferece serviços de decoração  e designer de interiores bem sucedida. Recentemente, ele publicou uma newsletter no qual ele respondeu à sugestão de parar de referir-se a empresas de decoração como decoradores, e ao invés disso, usar os termos mais simples e mais fáceis de serem compreendidos.
Anos atrás, eu estava lutando com a otimização do meu site de paisagem quando descobri a magia de falar a língua do cliente. As palavras que seus clientes usam são mais do que informações, elas fazem parte de seu DNA.
As palavras razoavelmente certas fazem uma imediata conexão, com  a compreensão mútua.
O mais importante é que um bom SEO precisa usar palavras e frases que seus clientes estão usando. Fale a língua de seu cliente!
Embora existam muitas ferramentas de pesquisa de palavras-chave online nada funciona tão bem para pequenas empresas nas comunidades locais como o  feedback de clientes reais.

3 – Faça perguntas

As perguntas são incrivelmente poderosas para se alinhar com seus clientes. Em primeiro lugar, fazer perguntas demonstra que você se importa. Apenas fazendo perguntas certas mostra que você tem uma sólida compreensão de seus clientes. O que você aprende depois serve para refinar melhor o conhecimento de sua base de clientes.
As vendas e o marketing tradicionais eram orientados. No entanto, os melhores métodos de venda e de marketing nos dias de hoje são inerentemente focados no relacionamento.

Um componente chave do sucesso num processo de venda é um relacionamento bem sucedido,  é fazer boas perguntas que ajudam  a saber aquilo que não sabem. Os clientes de hoje esperam estar comprando um relacionamento com uma empresa e não apenas a execução de uma transação. Eles querem saber como você vai atendê-los a longo prazo, depois da primeira venda. É uma expectativa.
Ter um bom relacionamento com seu cliente é fundamental para o sucesso de sua empresa. Pense nisso!

 Topo