Eduardo Danton

Posts by: Eduardo Danton

Publicitário com 11 anos de experiencia em marketing. Apaixonado por CRM, Big Data e Consumer Trends

Saiba como o marketing pode impulsionar seus negócios

marketing para impulsionar negócios

Como o marketing pode impulsionar seu negõcio? Você, empresário, sabe qual é o momento certo para investir em vendas online? As grandes transformações no cenário econômico e social ocorridas
nas últimas décadas exigiram mudanças profundas de posturas para gerir o
negócio no mundo corporativo.
Um fator importantíssimo para que a gestão da comunicação seja implantada de forma estratégica é a mudança no setor de marketing da organização. Você sabe quais são essas transformações? Nós, da EDM2, vamos dar algumas dicas:

Mercado

Apesar de existirem inúmeras estratégias de vendas online, o fator mais importante para o sucesso é estudar o mercado.
É importante, contudo, estabelecer quais são os indicadores mais importantes para seu negócio e acompanhar o desempenho de cada ação implementada, para saber se seu produto tem potencial de crescimento a médio e longo prazo.

Planejamento

Saiba que planejar é fundamental para obter sucesso em seus negócios. Se você estudou o seu público-alvo e está oferecendo um produto que agrega valor à vida das pessoas, eventualmente, o retorno financeiro virá.
É importantíssimo também saber quais os canais de comunicação que você utiliza para contatar seu público e oferecer seu produto.

Divulgação

Você precisa anunciar seu produto para estas pessoas e, atualmente, há diversas formas de fazer isso como, por exemplo, usando o Facebook, Google Adwords, Native Ads, e por aí vai. Tudo depende de onde seu público está, já que o foco principal é despertar o interesse do cliente pelo seu produto e passar a mensagem de que sua marca está disponível para eles.

Ficou interessado? Venha até nossa agência bater um papo conosco. Quem sabe não podemos te ajudar.

Como elaborar o plano de marketing de uma empresa

Todos nós sabemos que as estratégias de marketing, quando bem elaboradas e direcionadas a um público específico, resultam na captação de novos clientes e, consequentemente, no aumento constante das vendas e no crescimento do negócio. Mas, para que isso aconteça, é preciso elaborar um bom plano de marketing. Você sabe o que é isso?

O Plano de marketing

Plano de marketing é um documento criado pela empresa com a intenção de registrar as ações referentes à marca. É por meio dele que a empresa conseguirá formular estratégias competitivas que estejam à altura das demandas do mercado, além de idealizar os resultados que deseja atingir.

Analise o segmento da sua empresa

Para a criação do plano estratégico de marketing, o primeiro passo é verificar ameaças e oportunidades de negócios. Aqui, você deve saber qual a real situação da sua empresa no mercado. Fique atentos aos principais concorrentes, e a forma como seu público interage com ele.

Qual o seu objetivo?

Para elaborar um plano de marketing, você precisa, antes de mais nada, definir os objetivos da sua empresa. E para defini-los, você precisa saber exatamente o que você está fazendo. Como por exemplo: “Temos como objetivo atender empresas de setores do turismo de pequeno porte”.

Trace estratégias

Essa é a parte em que você vai estabelecer de que maneira alcançará os seus objetivos. Lembre-se: as estratégias lhe ajudarão a obter vantagens sobre a concorrência e a se posicionar no mercado. Por isso, essa etapa é muito importante.

Entenda quem são seus clientes

Um plano de marketing tem que ser voltado para o público alvo. Por isso, conheça a fundo os seus clientes. Avalie de maneira detalhada o target da sua empresa.

Faça um cronograma

Para facilitar, o monitoramento da duração de cada ação, os resultados e os recursos necessários que foram utilizados devem ser colocados no papel.

Ficou claro? Agora que você já conhece um plano de marketing, que tal aprender mais sobre as estratégias? Conte com nossa equipe

O que faz uma agência de marketing?

Agência de Marketing

Se o seu objetivo é alavancar as vendas da sua empresa conte com uma agência de marketing! Com o marketing digital, eventualmente, suas demandas aumentarão sem que você precise se preocupar com isso.

É isso mesmo… todos os dias surgem novidades que podem se transformar em oportunidades valiosas para o seu negócio. Com a correria do dia a dia, é quase impossível tentar fazer tudo sozinho. Em vez disso, busque a ajuda de uma parceira competente e focada em resultados.

Empresa de Marketing

Se você tem uma companhia, mas não está contente com os resultados que ela está alcançando, saiba que você pode melhorar e muito as suas vendas investindo em marketing.

Atualmente, muitas empresas que migraram para o ambiente digital já estão trabalhando a todo vapor e com as vendas lá em cima. Uma agência de marketing gera diversos benefícios para todo tipo de empresa e você provavelmente já sabe disso.

O que faz uma agência de marketing?

A agência irá estudar o mercado do anunciante, o perfil socioeconômico e comportamental do público-alvo e mais uma série de variáveis para, finalmente, fazer uma proposta de ação que não precisa ser, obrigatoriamente, uma super, hiper, mega campanha publicitária. Mas com certeza irá resolver seus problemas.

A agência de marketing tem como função principal:

  • Montar estratégias em cima do público alvo
  • Planejar Gerenciar campanhas e ações de marketing
  • Propor ações para atrair novos clientes
  • Conceber ações para melhorar o relacionamento com clientes atuais

O diferencial da agência

Certamente, o principal diferencial oferecido por uma empresa de marketing é o grau de especialização oferecido por sua equipe, ou seja, os profissionais são altamente capacitados para lidar com serviços em ambiente online e digital. Ao contratar um agência de marketing, você terá ao seu dispor especialistas em análise de mercado, análise de dados, criadores de conteúdo, desenvolvedores web, designers, entre outros, atuando sempre com foco no melhor desempenho de sua empresa.

Para saber mais acesse: Agência de Marketing São Paulo

Como fazer uma loja online?

Abrir uma loja online não é tão difícil quanto parece. A presença cada vez mais ostensiva das organizações no ambiente digital tem dado novos contornos para a comunicação empresarial. Mais do que uma tecnologia, a internet é uma das marcas da sociedade contemporânea, que visa a instantaneidade junto à qualidade e à interatividade. E não para por aí.

A criação de processos de trabalho apoiados em tecnologias que atravessam as fronteiras organizacionais representa, inclusive, avanços nos projetos comerciais, que podem tornar a empresa mais ágil e permitir-lhe acompanhar certas mudanças. Uma delas é a criação das lojas online:

Lojas virtuais: o que são?

O conceito de loja virtual pode ser definido como um site na Internet onde as empresas expõem e vendem seus produtos ou serviços. Os clientes podem acessar o site de qualquer lugar, em qualquer horário e escolhem os produtos ou serviços ali mesmo. O pagamento é feito através do sistema que a loja virtual oferece e você recebe o produto no conforto da sua casa. Viu só como as coisas evoluíram?

Como criar uma loja online

Para criar sua loja virtual primeiro é necessário escolher uma plataforma que nada mais é do que um software responsável pela exibição e pelo gerenciamento da loja. Por meio dele, também é possível fazer o cálculo de fretes, cadastro dos produtos e preços. Tudo na maior comodidade.

Quer uma dica? Conheça a Tray

Você já conhece a Tray? A Tray é a maior plataforma de e-commerce do mundo. Ela possui mais de 200 recursos para você criar a sua loja virtual e se tornar um e-commerce de sucesso
Além de tudo isso, os principais Marketplaces do Brasil são integrados com a Tray. Quer mais vantagem? Todas as lojas com plataforma Tray contam com um pacote de ferramentas criadas com foco em conversão para sua loja virtual vender mais.

Veja aqui os planos e contrate agora

Precisa de ajuda? Nos contate agora mesmo e explicamos para você o
resto das vantagens e os benefícios ao montar sua loja online.

O que é Marketing 4.0

Como falamos anteriormente, em outros posts, a reputação e a confiança da sua empresa não estão mais baseadas apenas na comunicação da marca ou no controle da empresa. Agora, elas dependem diretamente da opinião de pessoas com quem interagem. É o que chamamos de marketing 4.0. Já ouviu falar?

O que o planejamento tem a ver com isso?

O planejamento, o pensamento
estratégico e a gestão estratégica podem ser considerados o melhor caminho para
se construir uma imagem/reputação positiva das organizações. É preciso, assim,
conhecer e identificar a organização, sua real situação, ramo de atuação, os
públicos estratégicos, seus produtos e serviços, sua cultura organizacional e
seus problemas e necessidades de comunicação. A tudo isso damos o nome de Plano
de Marketing.

Internet e mídias sociais digitais são FUNDAMENTAIS!

A rede mundial está se tornando
fundamental às atividades do marketing. As características de velocidade e de
instantaneidade da Internet também são positivas, pois o profissional tem a
possibilidade de responder de imediato às situações que ferem a imagem da
organização.

É neste sentido, portanto, que o
marketing e a comunicação exerce um papel essencial porque promove a interação,
a troca com os públicos que são o alvo para o negócio ou reputação. E as
ferramentas da web precisam ser escolhidas levando em conta esse contexto.

Imagem de modernidade

As mídias sociais são extremamente atrativas para promover as empresas com uma imagem de modernidade e tecnologia. E é neste contexto que a atuação dos profissionais de marketing é fundamental, pois cabe ao profissional a função de saber avaliar as reações da opinião pública para traçar estratégias eficazes de comunicação para sua organização. Por isso a rede social se tornou o centro do marketing 4.0 inclusive o governo atual do Brasil fez uso dessa estratégia para se eleger…mas essa é outra história.

Você sabia que sua empresa pode começar a investir em marketing sem gastar muito? Fale com nossos especialistas aqui.

Marketing vende?

Marketing vende

É muito comum ouvir as pessoas falando em marketing e vendas como se tudo fosse a mesma coisa. É claro que ambas trabalham juntas, mas há uma
enorme diferença entre o departamento de marketing de uma empresa e o
departamento comercial inclusive fizemos um post aqui que fala bastante sobre isso. Mas, afinal, quais as diferenças entre esses dois conceitos? Nós vamos explicar:

Sobre o marketing

A missão do marketing é ajudar a empresa a atingir seus objetivos de negócio, sejam elas quais forem. Pode ser o aumento das vendas, crescimento da fatia de mercado, fortalecimento da marca, divulgação de produtos e serviços, entre outros.
Em outras palavras, o departamento de marketing é responsável pela venda de forma indireta. Os profissionais deste setor têm como objetivo estudar o mercado, verificar quais as melhores opções e planejar estratégias para que a empresa consiga vender seus produtos e serviços.

Marketing potencializa os resultados das vendas da sua empresa portanto investir em marketing pode te ajudar a vender mais. Marketing bem feito vende e muito!

Departamento comercial

Já o departamento comercial é responsável pelas vendas diretas garantindo a geração de receitas para a empresa. O vendedor é quem tem contato direto com o cliente e pode extrair outras informações que o marketing não tem acesso. Frente a frente, o responsável pelas vendas pode perguntar, fazer a leitura dos gestos do cliente, rebater objeções e, assim, entender o que realmente o cliente precisa.

É fundamental os responsáveis por este setor se preocupar em conhecer os clientes da companhia e definir as formas de vendas mais adequadas para alcançar o público-alvo, além de fidelizar a clientela já conquistada.

Equipe de Marketing e Equipe de Vendas se complementam

Sendo assim, podemos dizer que as vendas dá continuidade ao trabalho do
marketing. O alinhamento entre esses dois é fundamental para que a empresa potencialize suas oportunidades de vendas.

Por que sua empresa deve estar nas redes sociais?

redes sociais

Como já falamos em posts anteriores, entendemos que o marketing tem como sua maior missão estabelecer estratégias destinadas a criar, manter e defender as relações de confiança entre as organizações e os seus públicos.

No âmbito da tecnologia, com o avanço da rede mundial de computadores, parece impossível proteger-se na era digital, em que as notícias se espalham de forma rápida nas redes sociais digitais.

Ao que vemos, portanto, a gestão e o gerenciamento das mídias sociais, considerando o cenário atual, são fatores de grande importância nas empresas e um dos principais motivos para o público acessar as mídias sociais, atualmente, é a vontade de opinar a respeito de produtos ou serviços.

As Redes Sociais

Por meio das redes sociais, a sua empresa receberá um feedback direto e honesto sobre o atendimento e os serviços prestados pela sua companhia. Pela reação das pessoas, é possível perceber se o posicionamento da marca tem sido coerente com o seu discurso e se o conteúdo veiculado é o mais adequado.

Relacionamento com o cliente

As redes sociais é um eficiente canal de atendimento ao consumidor. Por meio desse meio de comunicação, a organização saberá seus pontos fortes e identificará eventuais erros.

É simples! Pelos comentários do público, os responsáveis pela marca ficam cientes caso a empresa não esteja cumprindo seu papel de forma satisfatória.

Construindo uma boa reputação

Uma das funções centrais de um perfil corporativo na redes é transparecer os valores e a missão do negócio. Essas características são responsáveis por fazer a marca se destacar entre as concorrentes.

Logo, ao que vimos, para que as organizações apresentem uma reputação positiva, necessitam planejar, administrar e pensar estrategicamente a sua comunicação. Veja como isso afeta diretamente a imagem da sua empresa.

Viu como é importante ter presença nas redes sociais? Consulte nossos especialistas para saber como sua empresa pode explorar ao máximo as redes sociais.

Como aumentar as vendas de sua empresa

Cada vez mais as empresas estão sendo impulsionadas a planejarem seus negócios e atividades, apoiando-se em análises mais complexas sobre os ambientes internos e externos, realizando diagnósticos e ações estratégicas com o intuito de potencializar os seus atributos, suas missões e resultados. Esse contexto, portanto, impulsionou novas maneiras das organizações gerenciarem suas atividades, uma vez que a complexidade social, cultural e econômica influencia a política organizacional, seus públicos e estratégias.
De uns tempos para cá, muitas empresas migraram para o ambiente digital e deram certo. Veja, abaixo, algumas dicas de como as companhias estão se adequando a este ambiente para impulsionar suas vendas.

Propaganda: as pessoas sabem que você existe?

Atualmente, estar presente nas redes sociais é fundamental. O bom relacionamento com o cliente pode ser uma das formas mais valiosas de aumentar as vendas da sua empresa. A criação de conteúdo e materiais relevantes sobre sua empresa ajuda a manter o bom relacionamento com os usuários.

Atendimento ao cliente com excelência

O segredo também está no atendimento. Investir ao máximo na comunicação clara e direta com o cliente, respondendo suas dúvidas e ajudando-o a encontrar as melhores soluções para alavancar seu negócio é imprescindível.

Pós venda

Como o nome já explica, esta etapa acontece “após a venda”. Embora algumas empresas não dão valor para ele, este é um momento crucial onde você vai descobrir se o consumidor gostou do produto suficiente a ponto de recomendá-lo para alguém. A sua empresa adota alguma estratégia de pós-venda?
Continuar em contato com o consumidor depois de uma venda é um dos passos para a fidelização de clientes, e o marketing digital pode ajudar bastante nisso.
Há diversas formas de trabalhar com o marketing digital no pós-venda, mas
muitas delas utilizam o e-mail marketing, produção de conteúdo e o remarketing. Quer saber mais? Contrate a Edm2!

Continue acompanhando nossos posts.

O que faz um assistente de marketing?

Como a sua equipe de marketing é formada? Vamos falar um pouco sobre assistente de marketing e o que ele faz.

Você sabe qual o papel deste profissional dentro de uma empresa? Neste post vamos tirar todas as suas dúvidas sobre as funções e habilidades deste colaborador.
Embora a maioria das empresas sigam um fluxo de trabalho em comum, no nível hierárquico, um assistente de marketing é alguém que dá auxílio a outros profissionais da área de publicidade e comunicação.
Entre as suas principais funções estão ajudar na criação de campanhas publicitárias ou promocionais, promover ações de lançamentos de produtos ou serviços, organizar feiras e eventos, acompanhar o volume de vendas, redigir materiais de propaganda e divulgação, analisar as ações de marketing, atualizar sies, blogs e redes sociais da empresa, produzir relatórios e auxiliar no fechamento de parcerias em campanhas e promoções.

Além de todas essas funções que esse profissional pode desenvolver uma outra atividade muito importante do assistente de marketing é oferecer suporte ao gerentes e coordenadores do departamento de comunicação. Porém muitos casos esses profissionais acabam respondendo para outro setor que não é o de comunicação ou marketing.

Perfil deste profissional

Além de saber se comunicar bem, um assistente de marketing, sem dúvida nenhuma, precisa ser criativo, dinâmico e, principalmente, saber expressar seus pensamentos, de modo que consiga passar suas ideias para o papel e realizá-las.

Vantagens

O assistente de marketing pode levar novas ideias e um olhar diferenciado para o trabalho que já é feito e sua empresa. Se ele souber estratégias de SEO, que tem grande peso no desempenho do marketing digital, melhor ainda.

Logotipo ou logomarca: qual é a forma correta?

Logotipo ou Logomarca
Logotipo ou Logomarca?

Logotipo ou Logomarca? Há quem diga que são a mesma coisa ou que o nome não faz diferença. Mas será mesmo? Elaboramos este artigo para ajudar você a esclarecer de uma vez por todas qual a forma correta dos significados de logotipo e logomarca.

Qual a forma correta?

A maioria dos logos é composta por 2 itens: a parte escrita e um desenho.
Segundo profissionais de comunicação, logotipo é a representação gráfica do nome de uma empresa e engloba todos os elementos visuais que identificam a empresa, como o logotipo, o símbolo e o slogan. Já o termo logomarca, apesar de ser amplamente utilizado como sinônimo de logotipo, é considerado errado entre os profissionais da área.

Podemos dizer, portanto, que logotipo é a parte escrita (nome da marca) de
forma estilizada, juntamente com um símbolo de forma a caracterizá-la. Para isso, são utilizadas um tipo de letra e cores específicas.

Já a logomarca o termo existe, porém é só no Brasil; o restante do mundo
utiliza variações das palavras logo, logotipo ou marca – mas nunca logomarca.
Pela etimologia, sabemos, portanto, que logotipo é a forma correta, entre
designers e publicitários.

Logotipos

Os logotipos devem ser únicos e exclusivos de cada organização. Isso não
significa, porém, que uma marca seja obrigada a ter ambos na composição da sua identidade visual.
Como exemplo, podemos citar o logotipo da Coca-Cola, que é formada apenas pelo nome da empresa. Os termos logotipos e logo são, portanto, utilizados pelas pessoas para denominar tanto a tipografia quanto o símbolo que representam a empresa.

Logomarca

Apesar do termo ser amplamente utilizado por leigos, o termo logomarca não é aceito entre profissionais da área, pois é considerado um neologismo
impreciso.
Aprendeu a diferenciar logotipo ou logomarca? Agora estude a marca do seu negócio e veja como melhorar para cativar a clientela. Venha nos fazer uma visita.

A Edm2 é especialista em construção de marca e desenvolvimento de logotipos para empresas.

1 2 3 4  Topo