Eduardo Danton

Posts by: Eduardo Danton

Publicitário com 11 anos de experiencia em marketing. Apaixonado por CRM, Big Data e Consumer Trends

Logotipo ou logomarca: qual é a forma correta?

Logotipo ou Logomarca
Logotipo ou Logomarca?

Logotipo ou Logomarca? Há quem diga que são a mesma coisa ou que o nome não faz diferença. Mas será mesmo? Elaboramos este artigo para ajudar você a esclarecer de uma vez por todas qual a forma correta dos significados de logotipo e logomarca.

Qual a forma correta?

A maioria dos logos é composta por 2 itens: a parte escrita e um desenho.
Segundo profissionais de comunicação, logotipo é a representação gráfica do nome de uma empresa e engloba todos os elementos visuais que identificam a empresa, como o logotipo, o símbolo e o slogan. Já o termo logomarca, apesar de ser amplamente utilizado como sinônimo de logotipo, é considerado errado entre os profissionais da área.

Podemos dizer, portanto, que logotipo é a parte escrita (nome da marca) de
forma estilizada, juntamente com um símbolo de forma a caracterizá-la. Para isso, são utilizadas um tipo de letra e cores específicas.

Já a logomarca o termo existe, porém é só no Brasil; o restante do mundo
utiliza variações das palavras logo, logotipo ou marca – mas nunca logomarca.
Pela etimologia, sabemos, portanto, que logotipo é a forma correta, entre
designers e publicitários.

Logotipos

Os logotipos devem ser únicos e exclusivos de cada organização. Isso não
significa, porém, que uma marca seja obrigada a ter ambos na composição da sua identidade visual.
Como exemplo, podemos citar o logotipo da Coca-Cola, que é formada apenas pelo nome da empresa. Os termos logotipos e logo são, portanto, utilizados pelas pessoas para denominar tanto a tipografia quanto o símbolo que representam a empresa.

Logomarca

Apesar do termo ser amplamente utilizado por leigos, o termo logomarca não é aceito entre profissionais da área, pois é considerado um neologismo
impreciso.
Aprendeu a diferenciar logotipo ou logomarca? Agora estude a marca do seu negócio e veja como melhorar para cativar a clientela. Venha nos fazer uma visita.

A Edm2 é especialista em construção de marca e desenvolvimento de logotipos para empresas.

Empresas que investem em marketing digital crescem até 25% nas vendas

Marketing é investimento e não custo!

Segundo uma pesquisa publicada, recentemente, com exclusividade para a EXAME, a maioria das empresas está começando a lidar de verdade com o marketing digital há pouco tempo. Entre os entrevistados, 48% afirmaram investir há menos de um ano na estratégia em redes sociais, Google orgânico, anúncios no Facebook, sites, blogs e publicidade em portais. E 40% deles por menos de cinco anos.

Mas quem começou a investir já sente os resultados:

Aumento nas vendas
Aumentar as vendas é o principal objetivo da maior parte das companhias. 58% afirmaram que o marketing digital corresponde a um incremento entre 10% a 20% de suas vendas. Isso é impressionante!
Para 12% delas, as vendas online impulsionadas pelo marketing digital correspondem entre 20% e 30% do total. E 18% tem mais de metade do deu faturamento gerado por esse canal.

Traçar estratégias
Ainda de acordo com a pesquisa, que foi realizada com cerca de 1024 empresas, mais da metade delas (61%) responderam que sentem dificuldades na hora de elaborar uma estratégia para seu negócio.

E você? Também tem dúvidas sobre como investir em marketing digital no seu negócio? Fale conosco aqui
Nesse cenário competitivo, o nosso papel é preponderante para ajudar você a alavancar as suas vendas, pois temos as habilidades e o conhecimento das ferramentas e estratégias de comunicação que estabelece o estreitamento efetivo dos relacionamentos dos públicos com a organização, com o objetivo de melhorar suas vendas e trazer sucesso para seu empreendimento.

10 Apps de marketing que você deveria usar

Veja aqui uma seleção de 10 apps que podem melhorar sua produtividade e organização dentro do departamento de marketing da empresa. Veja nossa lista de apps de marketing e nos ajude a aumentar nossa lista!

hubspot

HubSpot – Um dos apps de marketing mais famosos na internet também possui planos grátis de automação e CRM. Além de ajudar com tarefas simples de organização é uma ótima ferramenta de prospecção e inbound marketing.

Trello

Trello – Um dos aplicativos mais utilizados por gerentes de projeto e gerentes de marketing justamente pelo fato de ser fácil de utilizar, a plataforma nada mais é que um espaço colaborativo de “cards” onde toda equipe do departamento pode interagir e colaborar sobre diversos assuntos. 

Slack

Slack – Uma plataforma de comunicação muito popular, é muito utilizado como um centro de troca de informações e mensagens onde a equipe e pessoas externas podem colaborar. é considerada como uma ferramenta alternativa a emails pois facilita a troca de mensagens em cima de um determinado tópico.

Mailchimp – Uma ótima ferramenta para envio de newsletters e malas diretas. Além de possuir diversas integrações nativas com WordPress, Pipedrive entre outros aplicativos você pode realizar disparos gratuítos usando um template pré fabricado para até 2000 contatos. Vale a pena testar essa ferramenta para se comunicar melhor com o seu cliente.

Hootsuite

Hootsuite – Um dos primeiros gerenciadores de redes sociais com ele você pode agendar, postar e gerenciar diversas redes sociais através de um único dashboard. Além de gerenciar o conteúdo das suas redes você pode gerar relatórios e cruzar informações entre suas redes economizando tempo. Existe plano gratuíto e pago dependendo da demanda vale a pena entrar no plano premium.

Semrush

Semrush – Uma das mais famosas ferramentas de SEO da atualidade e não é por menos com ela você pode analisar palavras chaves, analisar concorrentes, tráfego e melhorias on-page de seu site. O Semrush é uma ferramenta tão completa que é injusto tentar resumir suas funcionalidades em poucas palavras. Eu pessoalmente adoro os webinars que eles oferecem!

Bitly

Bitly – Uma ferramenta de gerenciamento de links muito facil de usar e que pode ajudar você a ter uma idéia de quantos acessos cada link possui além de armazenar esses links para uma possível referência. Através do bitly você pode substituir links que foram postados ou divulgados sem quebra-los o que é muito útil em campanhas de marketing online.

Olark

Olark – Ferramenta de chat online para você se comunicar com clientes que visitam o seu site e prover uma experiência de navegação melhor. O Olark possui plano gratuito limitado a 20 chats por mês, mas a customização é bem legal e você pode adaptar o seu uso para sua necessidade. 

Wappalyzer

Wappalyzer – Diferente das ferramentas acima, o Wappalyzer é um plugin do Chrome que serve para analisar a tecnologia usada no site em que você está navegando, é muito interessante para analizar a concorrência e também serve para você ter uma idéia de como outras empresas estão usando a tecnologia online. Vale a pena usar

Hotjar

Hotjar – Que tal analizar como os visitantes do seu site interagem e navegam? Mensurar o comportamento através de gravações, heatmap e também um funil. Tudo isso o hotjar faz e ajuda muito na hora de cruzar os dados com o Google Analytics, é um aplicativo muito interessante de se utilizar pois através dos dados de comportamento você pode traçar melhorias e otimizações no site da sua empresa. Super recomendo!

E você o que está utilizando? Dê seu pitaco em nossos comentários!

Quer automatizar o seu marketing? Fale conosco aqui!

Fique por dentro das principais técnicas de SEO para blogs

SEO para Blogs

O SEO é um dos elementos mais importantes e mais visados dentro das estratégias de Marketing Digital. E essa preocupação não é por acaso, pois o bom posicionamento pode elevar uma empresa em termos de lucros e autoridade.

No entanto, há muitas dúvidas por parte de empreendedores e donos de negócios quando o assunto é otimização e técnicas de SEO.

Mesmo não sendo uma prática exata, existem algumas ações que já são de conhecimento da maioria dos profissionais que trabalha com SEO e que de fato geram resultados.

Por isso, neste post iremos abordar quais são as principais técnicas de SEO para blogs e como elas podem impactar positivamente o seu projeto. Vamos lá? e se você ainda não tem o seu, indicamos esse tutorial

SEO para o seu blog

Search Engine Optimization (SEO) pode ser traduzido como “Otimização para Mecanismos de Busca”. Sem utilizar essas técnicas, você perde a oportunidade de deixar o seu blog ao alcance do público.

Lembre-se também que diariamente milhares e textos são postados na internet. Imagine então como fazer para que a sua postagem tenha o devido destaque. O SEO está aí para auxiliar.

Mas para isso, é interessante compreender antes quais os critérios que o Google utiliza para ranquear uma página. Vamos ver então quais são as práticas mais recomendadas?

A importância do título

Se existe um detalhe que pode fazer o seu blog se destacar entre tantos outros espalhados pela internet, esse detalhe é o título. Afinal, ele é o primeiro contato que o público tem com o seu conteúdo.

Por isso é bom evitar aquela ideia de que uma postagem pode ter o título que você bem entender. Nada disso, o ideal é pensar ele de maneira coerente.

Tente imaginar os títulos das suas postagens como uma isca. Ele tem o objetivo de fisgar o seu leitor. Caso não fizer, você terá o seu conteúdo desperdiçado.

E aí vem uma informação importante: se os leitores também são atraídos pelos títulos das postagens, o Google também. Por isso que existem práticas que facilitam a escolha por títulos viáveis.

No caso do SEO para blog, lembre-se que os títulos não devem exagerar no número de caracteres e devem conter preferencialmente a palavra-chave logo no início.

Use palavras-chave

Esse é um dos pilares da técnicas de SEO para blogs. As palavras-chaves definem e resumem todo o assunto abordado em uma postagem.

No entanto, vale ressaltar que as mesmas devem ser usadas de forma mais natural possível e sem exageros, pois o uso demasiado é considerado como black hat.

A meta-descrição

A meta-descrição é um texto breve e introdutório. Ele resume em um parágrafo o conteúdo que o seu artigo vai abordar.   

Ela pode ser vista nas páginas de busca logo abaixo da URL e do título da sua postagem. Sendo assim, aquele usuário que efetuou alguma busca poderá encontrar a sua meta-descrição.

Caso ela seja bem escrita, tem tudo para estimular esse usuário clicar no seu artigo. Além disso, ela deve conter a palavra-chave relacionada ao seu conteúdo ou negócio.

Melhore o tempo de carregamento

O tempo que o seu blog leva para carregar também é um fator determinante para o ranqueamento do Google. Se ele demonstra lentidão, os buscadores podem interpretar com uma má experiência para o usuário. Assim, o seu posicionamento fica prejudicado.

Hoje em dia existem ferramentas que podem acelerar o carregamento da sua página. Uma delas é o PageSpeed.

Use links internos

O Google também presta atenção na presença dos chamados links internos. Esses links conduzem o leitor para outras páginas do seu próprio blog.

Essa prática aumenta o engajamento e faz com que os usuários passem mais tempo no seu blog.

Use textos alternativos nas imagens

Uma imagem que possui um texto alternativo fica bem aos olhos do Google. O texto alternativo nada mais é do que a palavra-chave para as imagens que estão na postagem.

O Google não tem capacidade de detectar uma determinada imagem, pois é um elemento visual. Por isso, a presença do Alt Text (Texto Alternativo) é fundamental para que ele otimize a sua postagem.

O uso dos tópicos e subtópicos

Eles são fundamentais para que o texto da sua postagem seja envolvente. Um texto sem essas divisões se tornam monótonos e irão espantar o seu leitor.

Os mecanismos de busca estão atentos para a presença dos tópicos e subtópicos. Vale a pena seguir algumas dicas básicas em relação a isso. Uma delas também é usar palavras-chaves neles.

Conclusão

Essas são apenas algumas das dicas que irão melhorar o SEO do seu blog. Com elas, você terá condições de colocar o seu conteúdo em posição de destaque.

Portanto, com o tempo, vendo o seu blog com tráfego elevado e sempre bem posicionado, já dá até para pensar em ganhar dinheiro com ele.

Como gerar resultados com o marketing digital?

Como já falamos no post anterior, o marketing digital engloba as ações
realizadas na internet para divulgação de empresas e produtos, com o objetivo
de aumentar mercado e gerar vendas. Atualmente ele é a principal estratégia
para a maioria das empresas e cresce de forma assustadora.

O que é preciso para um bom desempenho no marketing digital:

O site da sua empresa é ainda o ponto central mais importante
72% dos negócios entre empresas iniciam através de consulta ao site da
empresa. Todas as ações de marketing digital vão levar ao site, e até mesmo o
compartilhamento de um cartão de visitas em uma feira vai levar a uma
pesquisa no site.

Gere conteúdo (artigos, blog, site)
Gere informações relevantes para seu público. Aquelas que utilizam dessa
estratégia chegam a receber até duas vezes mais visitas e geram três vezes
mais oportunidades de negócios que as demais empresas que não adotam o
marketing de conteúdo.

O mercado digital está acelerado
Reflita sobre que tecnologias (aparelhos, serviços, sites, aplicativos) você
usava há dois anos para sua empresa. São os mesmos de hoje?
Provavelmente não. As suas estratégias digitais do ano passado podem não
fazer mais sentido.

É possível replicar estratégias dentro do seu orçamento
Dentro do seu orçamento é possível priorizar algumas estratégias de marketing
digital. Os investimentos são proporcionais ao alcance desejado. Nada de
colocar um sobrinho ou um amigo que desenvolve sites ou tenha alguma noção
técnica para gerir o marketing da sua empresa. Não é possível esperar que
uma pessoa munida de boa vontade consiga a mesma qualidade que de uma
equipe profissional completa.
O marketing digital pode lhe abrir portas e ajudar qualquer empresa ou produto
a vender mais. Gostou? Deixe seu comentário aqui pra gente.

Como fazer o meu site aparecer no topo das buscas Google ?

topo das buscas

Independente do seu site ser um blog, institucional ou e-commerce, todos querem aparecer no topo das buscas Google. Para isso a sua página tem que ser bem classificadas nas pesquisas do todo poderoso Google.

Mas como realizar essa proeza ?
É imprescindível ter boas práticas de SEO ( Search Engine Optimization.)
Dessa forma, sempre que alguém procurar pelas palavras chave que você escolheu nas buscas do Google, seu site estará nas primeiras posições da busca e isso aumenta as chances dele ser escolhido.
Separamos algumas dicas, para você começar o seu site com o “clique direito” e ter um site de sucesso nas buscas Google.
Dica 1 – Palavras- Chave
O mais importante é você definir qual a palavra que mais resume o seu site, pois ela é vital para que você possa ter o melhor posicionamento no Google.
Por exemplo se você possui um e-commerce de suplementos alimentares, talvez a melhor palavra chave seja suplemento alimento, ai procuramos os nomes dos produtos mais buscados entre outros.
Dica 2 – Tenha um conteúdo relevante
O Google indexa conteúdos originais e bem avaliados. Por isso sempre pense em desenvolver um conteúdo que seu público queira acessar. Se você possui um e-commerce uma indicação valiosa é montar um blog e recheá-lo com informações relevantes e dicas sobre o seu produto.
Dica 3 – Use a palavra-chave na URL
Independente da URL do seu site, você pode personalizá-la para que ajude na classificação de seu site.
Por exemplo se o título do seu artigo “10 dicas para conservar a bateria do meu celular.”
a sua URL deve ser da seguinte forma : “www.seusite.com.br/10-dicas-para-conservar-a-bateria-do-celular.
DIca 4 – Links Internos
Seu site deve estar entrelaçado. Links de outras páginas devem estar presente junto ao seu conteúdo. Dessa forma, o Google entende que seu site tem relevância e é consistente o suficiente para se diferenciar de páginas aleatórias da internet. Qualquer estratégia de SEO em seu site deve contar com links externos para ser bem-sucedido nos mecanismos de buscas.

Quanto custa fazer marketing?

quanto custa fazer marketingQuanto custa fazer o marketing de sua empresa? Ou melhor quanto custa um marketing efetivo? São perguntas que todo empresário acaba se fazendo. Por isso montamos um artigo sobre quanto custa fazer marketing e quais vantagens você tem em contratar uma agência ou fazer internamente.

Na internet é muito fácil encontrar anúncios de “construção de sites fáceis” ou “automação de e-mail grátis” todos os dias. E com isso achamos que muitas dessas ferramentas são de baixo custo ou até mesmo a custo zero. Muitas dessas ferramentas também vendem a idéia de que você pode fazer por conta através de um dashboard ou até mesmo personalização das mesmas (muitas personalizações são bem limitadas). Mas quando você realmente pensa sobre isso, isso parece razoável? Não há nada “grátis” ou “fácil” sobre marketing. Na verdade, cada anúncio que você viu por algo “livre e simples” é o resultado de uma estratégia de marketing eficaz, pela qual uma empresa pagou caro para conceituar, criar e distribuir para aparecer na sua tela e influenciar seu pensamento. Só porque qualquer um pode entrar no Google Analytics não significa que qualquer pessoa possa efetivamente usar o Google Analytics, muito menos criar uma estratégia de marketing de ponta a ponta, considerando o negócio, marca, mecanismos de pesquisa e mídias sociais. Claramente, quando envolvemos todos esses itens há muito trabalho profissional a ser feito.

Como o marketing é feito?

O marketing requer muito trabalho e desenvolvimento para que você tire a ideia do papel até a execução. Cada estágio requer talentos específicos, conhecimentos e habilidades. Saber mexer em ferramentas não necessariamente te faz apto para desenvolver o marketing sozinho. É ai que a questão custo entra em cena, muitas pessoas acham caro pagar um profissional de marketing, mas esquecem de que tempo, tentativa e erro e até mesmo o gasto com algumas ferramentas que não são “grátis” como venderam para você é também um gasto efetivo de dinheiro.

Qual é a diferença de contratar internamente um profissional ou contratar uma agência de marketing?

Uma equipe de agência de marketing geralmente consiste em funções especializadas, profissionais especialistas em seus respectivos campos. Como uma equipe, esses indivíduos tomam decisões sobre as melhores práticas, alinhando esforços e alcançando sucesso para clientes.

Claro, você poderia contratar ou designar um funcionário internamente, mas isso pode ser extremamente caro e não tão abrangente já que um único funcionário dificilmente terá todos “skills” necessários para executar uma campanha de ponta a ponta.

O que uma agência de marketing faz?

A proposta principal de uma agência de marketing é criar um plano estratégico mercadológico efetivo. O processo desse plano começa da concepção a execução de ações de marketing com um objetivo a ser definido no seu escopo. Além de criar os planos de ação para uma empresa a agência acaba executando o plano com diversos outros serviços necessários como: Desenvolvimento de sites, Estratégia de Conteúdo, Estratégia de Branding, Search Engine Optimization, Marketing de mídia social, PPC, Marketing de email e etc.

Temos um post sobre o que faz uma agência de marketing aqui.

Quanto custa uma agência de marketing?

Justamente por oferecer profissionais capacitados, abranger uma série de ferramentas e também a experiência nem sempre podemos dizer que é barato. Mas colocar tratar a comunicação de sua empresa com ferramentas “free” ou “faça você mesmo” pode ser tão caro quanto.
A experiência conta muito no preço, quanto mais experiente são os profissionais de uma agência mais caros eles se tornam. Nós sabemos que não existe almoço grátis e fazer o marketing de um negócio não é e nunca vai ser barato. Não só pelo custo da agência em sí, mas também pelo custo das ferramentas e da publicidade em geral. Cometer erros pode fazer essa equação ainda mais cara.

O Que é Marketing?

o que é marketingSe te perguntassem hoje: O que é marketing? Qual seria a sua resposta?
Com certeza, cada pessoa daria uma resposta diferente da outra, afinal, marketing pode ser tudo e mais um pouco.
O que mais vemos é pessoas dizendo que marketing é propaganda. E, acreditem, não é. Pelo menos não só isso.
Marketing, na verdade, é um compilado de muitas coisas. Propaganda, vendas, promoção, divulgação.

Definição de Marketing segundo Philip Kotler

Segundo o renomado Philip Kotler, o pai do marketing moderno, “Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros”. Ou seja, marketing é um conjunto de processos que acontecem simultaneamente com o objetivo de atingir o desejo do consumidor.

Marketing segundo Peter Drucker

De acordo com o pai da administração moderna Peter Drucker o marketing desempenha uma função básica porém fundamental para o mundo dos negócios:
“A meta do marketing é conhecer e entender o consumidor tão bem, que o produto ou serviço se molde a ele e se venda sozinho.”

Entender o consumidor é a melhor campanha de marketing.

Não importa o seu objetivo. Venda, divulgação, promoção, branding. O resultado esperado é sempre impactar e entender o consumidor, podendo, assim, oferecer a ele o que há de melhor dentro do seu ramo de trabalho.
Logo, marketing é possível sem propaganda. E se seu departamento de marketing só faz propaganda, então ele é apenas um departamento de comunicação, um dos braços do marketing.

O Departamento de Marketing deve traçar objetivos, buscar novas estratégias e atingir metas. Ou seja, saber cada passo pra chegar ao objetivo. Planejamento, ação, monitoração, criação, atendimento. Tudo isso deve ser feito para
analisar seu cliente, saber o que ele precisa, e como você chegará nele. E ai, você está fazendo seu marketing?

O que faz uma agência de marketing

agência de marketingMuitos fatores podem determinar o sucesso ou o fracasso de uma empresa. Para sobreviver a longo prazo, uma empresa deve ter um plano adequado de marketing e implementá-lo de forma consistente. Mas também deve manter um olho nas novas tendências de mercado. Caso contrário, a sua empresa pode ficar para trás da concorrência.

Embora haja muitos aspectos a considerar no mundo dos negócios, o marketing é um dos mais críticos. Uma empresa poderia ter o melhor produto ou serviço no planeta, mas isso não significará nada sem clientes qualificados e direcionados. Ou seja você pode ser excelente mas ninguém sabe que você existe.

Quando uma empresa não consegue gerir o seu marketing, ou precisa de ajuda para tirar do papel todo o seu plano de ação de marketing então chega a hora de contratar uma agência de marketing!

O que faz uma agência de marketing?

A principal função de uma agência de marketing é auxiliar a implementar a estratégia de marketing de sua empresa. A agência muitas vezes fazem pesquisas de mercado para assim otimizar o esforço de vendas. Um dos maiores objetivos de uma agência de marketing é aumentar as vendas e os lucros de sua empresa, não só proporcionando mais exposição, mas também fornecendo uma exposição qualitativa com foco em atrair o cliente certo.

Quando o seu plano de ação de marketing é feito corretamente, isso aumentará consideravelmente o sucesso de qualquer negócio. É muito comum empresas com serviços e produtos excepcionais mas com um esforço de marketing deficiente, u seja os planos e campanhas acabam ficando somente no papel. Portanto, a agência de marketing existe para preencher essa lacuna e permitir que seu negócio atinja seu potencial.

Por isso nos dias de hoje é fundamental possuir uma agência de marketing, pois só assim você poderá reduzir custos e atrair clientes da maneira correta. Tire seu planejamento do papel!

Veja aqui alguns planos da Edm2 para melhorar a comunicação da sua empresa

Dicas de como ter um email marketing efetivo

O email marketing ainda nos dias de hoje é uma estratégia usada por muitas empresas e que apresenta um ótimo potencial, já que eles trazem um custo menor e um alto ROI. Mas não pense que fazer e-mail marketing é algo simples. É preciso uma estratégia bem desenha e efetiva, que te diferencie dos demais e não deixe quem recebe irritado com os e-mails. Pensando nisso, separamos algumas dicas para a sua estratégia de e-mail marketing.

Assunto do Email marketing – Deve ser cativante 🙂

Essa com certeza é a principal chave para um e-mail marketing assertivo. É importante entender seu público e criar chamadas que atraiam interesse de quem recebe, caso contrário, o conteúdo dele acaba nem sendo conhecido.

Datas Especiais – Uma forma de lembrarem da sua empresa 

As datas comemorativas são as principais oportunidades para envio de email marketing. Porém, você não precisa ficar preso as datas tradicionais, você pode criar datas de acordo com o seu negócio, trazendo ainda mais oportunidades de mercado.

Seja criativo e pense fora da caixa

É importante que seu e-mail marketing traga sem um tom bem-humorado, afinal, ele é uma forma de demonstrar a alegria da sua empresa. Utilizar GIFs, CTAs mais coloridos e personalizados e a emojis, trazem um tom mais divertido e que atraem o leitor para o seu site. Tome cuidado com o excesso de links!

Não faça SPAM! Use listas opt-in 

Use listas opt-in ou de pessoas que realmente se cadastraram para receber o seu conteúdo; Fale com quem quer escutar!

1 2 3 4  Topo