criação de conteúdo

Entenda o erro na métrica de vídeos do Facebook que deu o que falar

Facebook vídeos

Reprodução: Facebook.com

O Facebook acabou divulgando em um post do seu Centro de Ajuda do anunciante, há algumas semanas atrás que a estatística dos vídeos de propagandas não separava dos números finais pessoas que assistiram o vídeo por menos de 3 segundos ocasionando um número muito inflado de espectadores desses vídeos patrocinados. Mas o porquê de tanta comoção em relação a esse erro? Muita gente começou a contestar os resultados das demais propagandas do Facebook gerando uma verdadeira crise de confiança em relação as campanhas veiculadas na rede social.

A divulgação tem perturbado os anunciantes que compram tempo de vídeo no Facebook, em parte, em torno das que métrica que segundo o Wall Street Jornal estão erradas faz 2 anos.

“Dois anos de relatar números de desempenho inflado é inaceitável”, disse um anunciante do Facebook.

A métrica que foi afetada por esse erro de cálculo do Facebook é chamado de “Average Video Views” que para o português se refere a “duração média do vídeo exibido”. Depois da grande repercussão desse erro o Facebook está substituindo essa estatística com uma medida chamada “Average Watch Time” ou Tempo médio assistido. Veja abaixo o comunicado do Facebook referente a esse erro:

“Nós recentemente descobrimos um erro na forma como calculamos uma das nossas métricas de vídeo”, disse o Facebook em um comunicado. “Este erro foi corrigido e notificamos todos os nossos parceiros, tanto através dos nossos dashboards de produtos. Nós também renomeamos a métrica para tornar mais claro o que medimos. Esta métrica é uma das principais opções que nossos anunciantes utilizam para avaliar as suas campanhas de vídeo “.

O executivo de marketing do Facebook publicou um post respondendo a notícia do Wall Street Journal nessa última sexta-feira.

“Este texto não é apenas sobre este erro” Fischer escreveu. “Isto é sobre quão seriamente nós levamos o compromisso de nossos parceiros para nossa plataforma, e como os seus investimentos com a gente inteiramente dependem da transparência com que nos comunicamos. Sabemos que não podemos ter verdadeiras parcerias com os nossos clientes a menos que façamos o que é certo sendo aberto e honesto com eles, inclusive quando cometemos erros como este. A confiança dos nossos clientes em nossas métricas é essencial para nós e temos que ganhar essa confiança. “

Os anúncios em vídeo são um grande negócio no Facebook. E gera bilhões de dólares em receita todo o ano para a plataforma.

Mas a pergunta que fica é, será que todo esse dinheiro iria para o Facebook se os resultados das métricas de vídeos fossem diferentes?

Facebook tem empurrado vídeo nos últimos anos, em ambos os seus algoritmos e através de plataformas como o Facebook Live. Um executivo do Facebook em junho disse que a rede social será “toda em vídeo” em cinco anos.

Referências:
https://techcrunch.com/2016/09/22/facebook-miscalculation-significantly-inflated-average-video-view-times-for-years/
http://www.wsj.com/articles/facebook-apologizes-for-video-metric-miscalculation-1474641054

A importância do tráfego do site

Uma vez que um site foi construído e lançado, ainda há muito trabalho necessário em uma base regular.

Uma dessas tarefas é a promoção, e a outra é entender o que o site está fazendo em termos de tráfego. Sem tráfego o site se torna inútil, e a única maneira de saber sobre ele é através de estatísticas. Estatísticas fornecem aos proprietários de sites o conhecimento e ajudam os gestores web a aprimorar características. O acompanhamento de estatísticas do site ajuda a ganhar dinheiro.

Basicamente, o acompanhamento de estatísticas é uma das funções mais importantes que um webmaster tem.

Sem estatísticas, os proprietários da web não têm ideia de onde seus acessos vêm. Na verdade, é possível que eles estivessem “atacando” um país, e depois descobrissem que seus leitores são originários de outro. Isto é de extrema importância se as vendas dependem de uma região específica.

Marketing de Conteúdo em Pequenas Empresas

Ser uma pequena empresa é complicado. Muitas vezes não há orçamento para investimento, e, por isso, acaba sendo mais difícil fazer com que a empresa cresça. Mas se sua empresa está disposta a crescer, é necessário que haja um investimento na sua marca e na divulgação dos seus produtos/serviços.

Estar no ambiente online é essencial para qualquer empresa, independente do tamanho dela. É nas redes sociais onde as pessoas discutem a marca, criticam e elogiam e interagem. Se você não está nas principais redes, já passou da hora de começar a participar. Em redes como o Facebook você poderá interagir com seus consumidores, e obter um maior alcance da sua marca.

Por isso o marketing de conteúdo se tornou um grande aliado, assim, mesmo com pouco investimento, você pode se aproximar de seus clientes abordando assuntos atuais e interessantes referentes ao seu segmento.

Para te ajudar separamos uma pequena lista de ações que podem te ajudar:

Defina um Objetivo

Quando começar a planejar o seu marketing de conteúdo, tenha em mente o motivo de realiza-lo. Para quê? Escolha um e foque-se nele, a chance de sucesso é muito maior.

Entenda seu Cliente

Ouça o que ele tem a dizer, e saiba mais sobre as necessidades dele. Produza conteúdo que seja de interesse do seu público. Procure realizar ações relacionadas ao conteúdo, como links patrocinados, e até mesmo e-mail marketing, convidando seu público a discutir sobre o assunto. Interaja com ele, torne a experiência da leitura algo que vale a pena.

Tenha um Cronograma

Procure sempre respeitar um cronograma de postagens, tenha dias e horários específicos. Encontre conteúdos que te ajudam a interagir melhor com seu público.

Analise

As redes sociais oferecem diversos meios para entender em que momento é mais interessante que o conteúdo seja postado. Analisando esses dados, você consegue atingir melhores resultados.

Isso é apenas o começo para que sua empresa construa um marketing de conteúdo de sucesso.

Plano de Marketing Para Pequenas Empresas

As pequenas empresas estão sempre em busca de novos clientes para que possam crescer. E se você está à procura de novos clientes, a solução é simples: Você precisa de um plano de marketing.

Fachada, folheto, anúncio em jornal local. Tudo isso é publicidade, e são formas bastante usadas por pequenas empresas. Outras preferem utilizar o ambiente online como forma de divulgação dos serviços. Destacando-se o google e as redes sociais. Sua empresa provavelmente está investindo em alguma dessas formas de divulgação. Mas você sabe onde estão os melhores resultados? Onde o investimento está dando resultado? Se você não tem um plano de marketing, então provavelmente a resposta para essas perguntas é não.

Você precisa, desde o começo, preparar um processo que seja eficaz e que traga os melhores resultados para a sua empresa. Para isso, separamos alguns elementos essenciais para que seu plano de marketing dê resultado.

1 – Objetivo de Marketing

Qual o objetivo do seu plano de marketing e de suas ações? O que você quer que seu cliente pense quando vir algum anúncio seu? Essas são perguntas que você deve se fazer para que seu plano possa obter sucesso.

2 – Quem é seu público-alvo

Com quem você está falando? Seu público tem características, desejos e hábitos que devem ser estudados, para que sua comunicação fale efetivamente com o seu público.

3 – Ações de Marketing

As perguntas que você deve fazer são: Como? Onde? E Quando?  Suas ações serão vistas pelo seu público alvo. Você não vai querer se comunicar com o seu público no local e na forma errada, não é mesmo?

Esses são alguns exemplos que devem ser levados em conta na hora de preparar um plano de comunicação. Como pequena empresa, nem sempre você terá funcionários especializados nesse tipo de atividade, e uma das alternativas é a terceirização do marketing, fazendo com que você possa ter dentro de sua empresa, profissionais que possam realizar este tipo de atividade da melhor forma possível.

Dicas de Marketing Para Pequenas Empresas

As pequenas e médias empresas que buscam crescer devem investir em marketing, e caso sua empresa não seja grande o suficiente para possuir um departamento inteiro, você tem a opção de terceirizar o seu marketing.

Para que você consiga crescer como empresa, separamos algumas dicas essenciais para fortalecer o marketing de sua empresa.

1 – Invista nas redes sociais: Sua empresa ainda não possui uma página nas principais redes sociais? Então trate de cria-la. Com o crescimento das redes sociais, estar no facebook e twitter é um meio de descobrir o que as pessoas têm falado sobre sua empresa. Além de ser um marketing interessante para seus serviços.

2 – Construa uma marca forte: Mesmo que sua empresa seja pequena e não possua uma grande fatia de mercado, uma pequena empresa deve consolidar sua imagem.

3 – Bom atendimento: A imagem que sua marca adquiriu nada vai adiantar se você não possuir um bom atendimento. Tenha uma equipe que responda com rapidez e qualidade. Tendo um bom atendimento, sua empresa fica bem vista no mercado.

4 – Possua um plano de marketing: Não adianta você possuir redes sociais eficientes, uma marca forte, e diversos outros benefícios na sua empresa, se você não tiver bem definido qual será o seu plano de marketing. Ele é ideal pra saber onde você está e aonde você quer chegar a um longo prazo.

5 – Calcule o retorno por investimento: O marketing é cheio de métricas, e que devem ser estudadas detalhadamente. Tenha uma planilha, saiba onde você está investindo certo, onde não tem tido retorno. Tudo isso te ajudará a divulgar sua marca da forma mais correta possível.

Importância da Gerência de Marketing

Gerenciar o Marketing de sua empresa não é tarefa fácil. Nos dias de hoje, o mercado exige profissionais especializados, e uma atenção especial, para que não fiquem lacunas dentro da empresa, tudo isso para que haja eficiência na gerência.

O que diferencia uma empresa em relação aos seus concorrentes no mercado são suas vantagens competitivas, e é nessa parte em que o Gerente de Marketing deve estar ainda mais antenado. Se não houver uma atenção especial com relação aos concorrentes, sua empresa será “passada para trás”, pois não terá mais a vantagem da inovação. O mercado é dinâmico, e a disputa é acirrada pela fatia de consumidores, afinal, seu público alvo sempre será alcançado pela mensagem, seja ela da sua empresa, ou do seu concorrente.

O marketing está longe de ser uma ciência exata. Ele requer inúmeros estudos e análises para que você saiba onde está e aonde quer chegar com a sua empresa. O marketing também não é um evento, e sim um processo, com começo, meio, mas nunca um final, buscando sempre melhorar o processo das ações.

Procure sempre ter um profissional capaz, que possa preencher todas as lacunas que o marketing deixa. Sua empresa ainda é muito pequena para um departamento de marketing? Terceirização do Marketing é sempre uma opção, assim você terá pessoas capazes de gerir o marketing de sua empresa, sem precisar contratar uma equipe própria. Procure saber sobre suas necessidades de mercado.

Dicas para uma campanha de E-mail Marketing de sucesso

Algumas empresas ainda utilizam muito mal suas campanhas de e-mail marketing, como mostramos anteriormente no blog, muitos ainda praticam “spam”, ao invés de gerar resultados eficientes. Empresas de e-commerce, principalmente, são as que mais se beneficiam dessa ferramenta. Algumas dicas fundamentais devem ser seguidas para obter sucesso em suas campanhas de e-mail marketing.

Procure realizar campanhas com propósito, estabeleça objetivos, e sempre mantenha o foco, assim você não confunde o seu consumidor. Deixe sempre claro qual o motivo do seu e-mail marketing, seja ele uma divulgação de produto, apresentar uma promoção.

Outro ponto importante é aprender a realidade do seu consumidor, pois a partir do momento em que seu cliente recebe um e-mail seu, inicia-se um canal de comunicação entre você e ele, e uma atenção a mais faz toda a diferença. Essas informações são adquiridas por meio dos dados de análise que são feitos com as ferramentas de e-mail marketing. Esse tipo de ação ajuda você a obter mais sucesso no contato com o cliente.

Analisar! Sempre analise os dados da sua campanha, procure saber o que tem sido feito de errado, onde você obtém mais sucesso, e onde não há resultado nenhum. Observe o comportamento do seu público, e tente sempre estar de acordo com suas necessidades.

O que é SEO?

O Search Engine Optimization, mais conhecido pela sigla SEO, é o responsável pela otimização de sites e buscas. Seu uso tem como objetivo um melhor posicionamento de um site em uma página de busca, como por exemplo, o google.

O SEO surgiu com a nova geração dos sites de busca, que antes mostravam os resultados das pesquisas em ordem alfabética. Na nova geração o posicionamento passou a ser por relevância, que é definida por uma série de algoritmos, que servem para decidir o quão relevante a página é. Com o tempo foi ficando mais fácil identificar como aproveitar o SEO, sendo o uso de palavras-chave um dos melhores.

Entretanto, não se deve confundir SEO com links patrocinados, já que no primeiro você paga para aparecer entre os primeiros, e se estiver disposto a pagar o preço, sempre estará no topo.

O SEO é uma prática sem garantias, ou seja, nenhuma empresa ou pessoa pode garantir a você que seu site aparecerá em primeiro, apenas os próprios sites de busca são capazes de te dar essa certeza.

A influência das cores no marketing

As cores são fonte de estudo de diversos especialistas do marketing, que buscam entender suas influências na cabeça do consumidor. Esses estudos servem para orientar o melhor uso de determinada cor em anúncios, embalagens de produto, logotipos, sites.

Eles buscam mostrar que as pessoas são diretamente influenciadas pelas cores na hora da compra. Por exemplo, 84,7% das pessoas acreditam que as cores de um produto são mais importantes que qualquer outro fator, e 93% decidem a compra pelo aspecto visual, sendo que desse número, metade disse deixar de comprar se o mesmo não tiver a cor que ele gosta.

Diversos outros dados são apontados por pesquisas para fortalecer a importância das cores na venda.

Confira abaixo uma lista de cores, o que elas significam para o marketing, e em qual situação elas são mais usadas.

Vermelho: A cor traz o sentido de urgência, sendo usada por muitos restaurantes para estimular o apetite. Ela também é usada em liquidações para atrair compradores compulsivos.

Amarelo: O amarelo remete à atenção, é bastante usada para prender a atenção das pessoas e mostrar detalhes importantes.

Azul: Associada à paz, o azul é usado para fins corporativos por não ser muito invasivo e trazer confiança e segurança.

Laranja: A cor laranja é mais uma usada para chamar a atenção, e é considerada a preferida por compradores compulsivos.

Verde: A cor da natureza, o verde é associado também ao dinheiro e a saúde. É usada com frequência em anúncios que abordam questões ambientais.

Roxo: O roxo representa criatividade e imaginação, além de estar associada com sabedoria e beleza. É usada em produtos de beleza.

É possível observar todos esses dados no próprio mercado, com as marcas utilizando da influência delas em suas ações.

 

*os dados foram retirados do infográfico feito pelo site Viver de Blog.

 

 

PME’s e o Marketing Digital

digital

“Uma pequena empresa pode ser grande no ambiente virtual”. É isso o que afirma o professor de mídias sociais, Marcos Paulo Perfeito.

A melhor forma de se fazer isso é investindo no marketing digital, uma forma eficaz e relativamente mais barata para atrair clientes.

Onde deve ser investido?

O primeiro passo é possuir um bom site para sua empresa, que seja objetivo, e pensado para o seu potencial público-alvo – leia aqui nossos artigos sobre design responsivo e a importância dos sites – dessa forma, sua empresa já terá uma exposição grande, afinal a internet, nos dias de hoje, é para praticamente todos.

Outro ponto importante é a presença nas redes sociais, que ajudam a fortalecer não só a marca, mas também o relacionamento com os clientes. Estar nesse ambiente auxilia a entender as necessidades e desejos do consumidor, podendo assim prestar um serviço de maior qualidade. Além disso, as redes sociais são uma forma de divulgação sem custo, pois só se paga caso sejam feitos anúncios dentro delas, o que é interessante, pois permite que você atinja um público segmentado dentro de uma rede com milhares de pessoas.

O Google Adwords é outra ferramenta muito usada por pequenas empresas. Ela possibilita que a estratégia seja feita de acordo com o orçamento disponível, e pode trazer resultados em um curto espaço de tempo.

Uma das ferramentas mais usadas, o e-mail marketing é uma alternativa para prospecção e manutenção de clientes. Porém é necessário que ele seja usado com sabedoria, e também que sua empresa possua um bom mailling. Um e-mail marketing bem elaborado só ajudará ainda mais a sua empresa.

Para que essas dicas funcionem, é preciso uma estratégia bem elaborada, e que a mesma esteja de acordo com o perfil da sua empresa.

1 2 3  Topo