Monthly Archives: Abril 2013

O Marketing da Copa do Mundo

Edm2

As 12 cidades anfitriãs da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 são Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre , Recife, Salvador e São Paulo.

Para promover o evento, a FIFA divulgou os cartazes oficiais de cada cidade-sede. A criação de cada cartaz foi responsabilidade de cada uma das prefeituras, que escolheu o designer e procurou destacar a melhor imagem que representasse a sua cidade. Mas, além das cidades, esses cartazes promovem as marcas do campeonato.

Vejam como ficaram:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além disso, a EMBRATUR preparou alguns vídeos panorâmicos, gravados com câmeras especiais, onde é possível viajar nessas cidades a 360 graus:

Veja em: http://www.braziltour360.com/pt/index.html#brasilia

Anúncios controversos

 

O CONAR, Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, é o órgão responsável pela regulamentação da propaganda e publicidade no país. Feita a denúncia, o Conselho de Ética do CONAR se reúne e  julga, garantindo amplo direito de defesa ao acusado. Se a denúncia tiver procedência, o órgão recomenda aos veículos de comunicação a suspensão da exibição da peça ou sugere correções à propaganda. Pode ainda advertir anunciantes e agências.

Em 2012 foram instaurados 357 processos. Desse total,  177 foram instaurados por queixa de consumidores e 67 anúncios sustados pelo CONAR.

Veja abaixo algumas propagandas proibidas, suspensas ou que causaram polêmica:

 


Gillete

A campanha da Gillette “Quero ver raspar” referente ao  “body shaving”, produto para depilação masculina, foi parar no CONAR devido 15 reclamações considerando a propaganda preconceituosa contra peludos. O processo foi arquivado pelos conselheiros da CONAR por entender que não houve desvio ético na campánha.

 


Axe

O filme “Duas gostosas e um sortudo” foi denunciado por consumidores por apelo excessivo à sensualidade, o que gerou uma advertência à marca, além dos votos dos conselheiros pela suspensão do vídeo.

 


Devassa

Processada três vezes pelo CONAR, a propaganda com Paris Hilton saiu do ar devido a apelos à sexualidade e desrespeito moral às mulheres.

Uma nova propaganda “O que você está esperando para ter a sua primeira vez?” um  rapaz é estimulado a ter sua primeira vez com a cerveja.

 


Hope

Gisele Bünchen aparecia de duas maneiras diferentes para dar uma notícia não tão boa ao marido, passando a mensagem de que bastava a mulher tirar a roupa para conseguir o que queria.  A campanha foi vetada por promover o sexo feminino como objeto sexual e por apresentar conteúdo discriminatório contra as mulheres.

 

Outras empresas também tiveram seus anuncios suspensos:

Itambé

A propaganda do iogurte light com o slogan “Esqueça: O gosto dos homens nunca vai mudar” e fotos de mulheres gordinhas, foi acusada de fazer uma propaganda preconceituosa, discriminatória e machista.

Bombril

A campanha “Mulheres que Brilham” da Bombril trazia uma mulher negra, de cabelo black, como pano de fundo. Preconceituosa, foi suspensa por racismo e por associar a esponja de aço com os cabelos crespos.

Benetton

A Benetton lançou uma campanha “contra a cultura do ódio” usando líderes mundiais, figuras públicas políticas e religiosas, se beijando. Mesmo vetadas, as montagens resultaram em muitos protestos, reclamações e, consequentemente, mídia espontânea

Red Bull

A propaganda tinha como personagem principal  Jesus Cristo, que após beber o energético caminha sobre as águas. O CONAR interpretou que o comercial fazia uma ofensa a moral religiosa e recomendou a suspensão imediata.

Nova Schin

Na campanha “O homem invisível”, um grupo de amigos se imaginam correndo atrás das mulheres de biquíni na praia, cutucando-as. O comercial recebeu tanta reclamação, por possuir conteúdo que poderia remeter ao estupro, que bombou nos trending topics do Twitter, com a HashTag #NovaSchinIncentivaEstupro

Camisinha Prudence

A empresa lançou uma imagem no facebook com a ‘dieta do sexo’. Nesta campanha, foi colocado o gasto calórico do casal durante a relação sexual e preliminares. A propaganda foi vista como alusão ao estupro, a imagem cita o gasto calórico de se tirar a roupa da parceira sem o consentimento dela!

Volkswagen

O comercial denominado “Superstição” foi ao ar no início de fevereiro deste ano. Um gato preto aparecia no console do Gol 1.0 e era repelido pelo jato d’água do para-brisas. Apontado como incitador dos maus-tratos aos animais e julgado pela entidade, o comercial teve de ser alterado por maioria de votos.

O Conar também passará a condenar toda inserção de ações de merchandising de produtos e serviços destinados ao público infantil. A publicidade de produtos e serviços do segmento deverá se restringir aos intervalos e espaços comerciais. Também estão vetadas ações de merchandising que empreguem crianças e quaisquer elementos do universo infantil.

 

O Homem e a Publicidade

novos conceitos masculinos

O Homem e a Publicidade

Felizmente a sociedade machista acabou. Aquelas antigas imagens de homens dominadores e conquistadores nas publicidades vem sendo substituidas pelo homem atual, que não tem medo de expor a sua sensibilidade e suas carências. Hoje, o homem, além de desempenhar suas atividades profissionais, é participativo nas tarefas do lar, preocupa-se com sua saúde, seu bem-estar físico e mental, é vaidoso e cuida do seu corpo e da sua pele, sem perder a sua masculinidade.

Como reflexo dessas mudanças sociais, a nova publicidade mostra homens trocando fraldas, preparando alimentos, cuidando das unhas, dos cabelos, da pele e tantas outras atividades, antigamente exclusivas das mulheres.

Com relação aos produtos de beleza, de acordo com pesquisas do IBGE, o segmento masculino já representa 37% do volume total de vendas e movimenta cerca de 15 bilhões por ano. O País só perde para os Estados Unidos, mas calcula-se que alcançará o primeiro lugar no ranking até 2015. Algumas empresas tem focado esse mercado, realizado pesquisas de consumo e lançando novos produtos ou adaptando produtos femininos para o público masculino. São cremes para rugas, dermocosméticos para tratar manchas, flacidez e gordura localizada. A americana Old Spice, criou o slogan “Deixe de ter o cheiro de sua mulher e cheire como um homem”. A Unilever, por sua vez, ampliou a linha da Dove Men com cremes de pentear, condicionadores e xampus.

A Nívea lançou o “3 em 1”, juntando sabonete, xampu e gel de barbear num único produto. Axe e Gillette são outras marcas que investem no mercado masculino. A Axe, na qualidade de suas fragrâncias, enquanto a Gillette trouxe o Body Sensy, um aparelho para raspagem de pelos do corpo.

São novos comportamentos que surgem na faixa etária dos 20 e 50 anos, quebram velhos conceitos e paradígmas e que as mulheres estão adorando:

“Homem desleixado? Nunca mais!”

Marketing e Sustentabilidade

Idéias sustentáveis

Idéias sustentáveis

Antigamente o foco principal do marketing era vender mais. Depois, passou a ser dada maior atenção ao comprador. Hoje, as empresas mais conscientes, começaram a mudar seus conceitos e a enxergar seus consumidores como pessoas que se preocupam com sua saúde, com a saúde do planeta e querem colaborar com um mundo melhor. Então passaram a concentrar o marketing no ser humano, primeiramente para sobreviverem, depois, para obter bons resultados com iniciativas sustentáveis.

Atualmente, o marketing precisa focar o planeta, os recursos naturais, a população, a qualidade de vida, produtos e serviços sustentáveis, preços justos. Mas é muito importante que haja transparência e honestidade. De acordo com o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, 85% dos consumidores brasileiros não acreditam nos discursos sustentáveis das empresas.  Esse alto índice é devido a muitos negócios propagarem práticas sustentáveis inexistentes, aproveitando-se do “mercado verde” somente para obterem lucro em cima do tema. Mas há muitas empresas fazendo muitas coisas boas, com ótimas iniciativas, mas que não comunicam ou não sabem transmitir a mensagem de forma adequada para o seu público e acabam perdendo oportunidades, e há, ainda, aquelas que fazem, mostram que fazem, e estão colhendo excelentes resultados com o fortalecimento da marca e lucratividade nas vendas.

Em resumo, o novo marketing empresarial, sustentável, é possível e incentiva mudanças sociais necessárias para tornar nosso mundo melhor.

Marketing e sustentabilidade é, com certeza, um casamento perfeito!

As empresas e a grande festa social

Edm2 Midias sociais

As empresas precisam participar da grande festa social

As empresas precisam estar presentes nas redes sociais. Isto é fato. Mas apenas estar presente não basta. A questão é aprender a lidar com as redes sociais e saber interagir com o seu público. Nesse ponto, pesquisas apontam que poucas empresas sabem utilizar as novas tecnologias.

Nas redes sociais, qualquer publicidade deverá levar em consideração a integração ao meio, estabelecendo  vínculos com as pessoas, conhecendo o seu público, para poder atingi-lo de forma adequada, com uma comunicação transparente e personalizada, que agregue valor .

As empresas precisam estar presentes onde o seu público está, usar os recursos e aplicativos que as novas tecnologias disponibilizam para enriquecer suas marcas e vender seus produtos. Podemos afirmar que uma marca não existe se ela não for vista. Com o crescimento das redes sociais, é preciso adequar a estrutura e acompanhar o movimento, como participante de um evento social. Se a empresa foca massivamente seu objetivo de vender, acaba transmitindo uma imagem negativa e grosseira. Há também aquelas que criam lindas vitrines, mas ficam estagnadas, apenas esperando acessos. Isso não funciona nas redes sociais, pois as pessoas querem interagir e opinar.

Essa integração também deve ser interna, com o alinhamento e a participação dos profissionais envolvidos no negócio colaborando na formação desse ambiente social. É preciso também aprender a lidar com comentários negativos. Quando isso acontece, a tendência é silenciar, o que acaba gerando um conflito ainda maior. Ser transparente e dar a atenção devida é muito importante para fortalecer a confiança e estreitar relacionamentos.

As mídias sociais são canais que envolvem milhares de pessoas e é preciso estar presente.  Saber transmitir sua mensagem é o foco principal para valorizar sua marca e produtos. E, se não sabe como fazer, fale com a gente:  http://www.edm2.com.br/empresa/faleconosco

O SAC das redes sociais

 

Edm2 Com o crescimento de empresas e pessoas ativas nas redes sociais, as comunicações diretas entre fornecedores de produtos e serviços e o público vem crescendo a cada dia.

O consumidor  atualmente tem utilizado com muito mais frequência as redes sociais para interagir com as empresas por considerar esse meio mais eficiente e rápido, seja para elogiar, reclamar ou até mesmo dar sugestões.  Ao mesmo tempo,  esse mesmo consumidor espera receber  atenção e ser atendido na mesma velocidade.

Pesquisas recentes indicam que a maioria dos usuários das redes sociais desejam respostas algumas horas após sua mensagem ou, no máximo, no mesmo dia, principalmente se forem motivadas por alguma reclamação.

Uma boa interação e qualidade no atendimento é essencial, pois a imagem da empresa pode ficar seriamente afetada, colocar em risco resultados esperados de uma estratégia de marketing ou do lançamento de novos produtos ou serviços, pois para um cliente a opinião dos demais consumidores é levada muito em conta.

Uma boa alternativa para agilizar o atendimento é padronizar as informações, mas além de diminuir o tempo de resposta ao seu público, é fundamental apresentar soluções que satisfaçam seus clientes.

 Topo