Monthly Archives: Março 2016

Como modernizar o seu marketing?

Existem muitos artigos em diversas revistas e até mesmo grandes especialistas falando sobre a mudança do marketing. Podemos concluir que o marketing está de fato mudando mas as formas de constituir campanhas ainda é a mesma que anos atrás: através de planejamento. O desenvolvimento de planos e estratégias para o marketing de hoje está mais desafiador mas o modelo de como faze-lo está da mesma forma (folha de papel e lápis ainda é suficiente). O que mudou muito de uma década para cá foram os canais e a forma que a informação é veiculada. Como por exemplo o uso crescente de dispositivos interativos, plataformas e canais que os clientes potenciais usam a partir de smartphones e tablets para redes sociais e motores de busca.

O investimento em canais tradicionais, como TV, imprensa e rádio está em declínio, mas eles continuam a ser uma parte essencial de campanhas integradas para muitas empresas até hoje. Independentemente dos canais disponíveis é preciso pesquisar as necessidades dos clientes, desenvolver vencedoras proposições de marca para diferentes segmentos-alvo e comunicá-las de forma eficaz. Tudo isso deve ser considerado parte do plano, o que consideramos de moderno no plano são as formas que a mensagem é veiculada nesses novos canais da atualidade e que muitas empresas especialmente no Brasil nem sequer imaginam fazer. Já vimos casos de empresas que investiam quase R$ 50 mil em midia impressa e nem sequer fazia um plano de ROI, investia pelo simples fato de investir. Vimos casos de empresas que colocavam a responsabilidade do marketing sobre um funcionário de vendas (inclusive criamos um post a respeito disso).

Com as mudanças tecnológicas a forma que as pessoas compram produtos e serviços mudou, então não adianta vir com aquela velha frase “Ah, sempre vendi assim e a queda das vendas é por conta da crise”. A pergunta que faço é sempre a mesma: Cadê o plano? O que está sendo considerado nesse plano? Quais são os objetivos?

Por isso o marketing moderno não é o simples fato de fazer Google Adwords mas sim como você usa os canais da atualidade para propagar a sua mensagem. No seu plano você deve considerar isso!

Você comete esses 4 erros na sua empresa

Muitas vezes nos acomodamos com algumas atitudes e acabamos deixando de lado atitudes importantes no dia a dia das empresas. Descubra se você comete esses erros e entenda maneiras de melhorar.

Não perguntar ou chamar seu cliente pelo nome

Muitas pessoas não sabem, mas tratando o outro pelo nome você demonstra que conhece a pessoa e gera um sentido de importância para ela.

O Som do nosso nome é uma espécie de gatilho mental, que faz vibrar nossa energia corporal fazendo com que nosso cérebro entre em ação e comece a participar de uma conversa.

Um estudo realizado na Universidade do Texas, Estados Unidos, comprovou que o nome de uma pessoa é o som mais agradável para ela. Por exemplo: Você está em uma praça de alimentação em um shopping, sábado à tarde e de repente ouve seu nome, o que você faz? Imediatamente olha para trás e procura quem o chamou, não é mesmo? Imagine agora o impacto de mencionar o nome do seu cliente, durante seu atendimento?

Deixar de investir em treinamentos

 Quando se lida com clientes por telefone ou presencialmente é preciso que toda a equipe esteja alinhada e com um pensamento de trabalho em equipe. Muitas Micro, Pequenas, Médias e Grandes empresas, perdem fortunas diariamente por não treinar, motivar e capacitar seus profissionais. Você pode não acreditar, mas seu cliente sente essa diferença quando está em uma negociação e percebendo isso, eles se propõem a investir um pouco mais, só por ter tido prazer de ser muito bem atendido.

Valorizar o pagamento mais que o atendimento

Um erro rotineiro é achar que, só porque o cliente paga em dia, e o serviço é prestado como prometido não há necessidade para preocupações. Na verdade, garantir um atendimento personalizado e sempre buscar solucionar os problemas que surgem frequentemente ajuda a estreitar a relação de empresa x cliente. É necessário focar em deixar seu cliente sempre satisfeito e não simplesmente focar em quando será o próximo pagamento.

Não agradecer a um cliente por dar feedback

Quantos clientes pensam que seu produto falha em algum aspecto e não dizem nada a respeito? Assim como a reclamação, o feedback é o melhor presente que um cliente pode nos dar (além de seu dinheiro!) Faça um grande pós-venda e mostre preocupação com o grau de satisfação do seu cliente depois do processo de compra.

“Seus clientes mais insatisfeitos são sua melhor fonte de aprendizado. ”

– Bill Gates

 Topo