Monthly Archives: junho 2014

Manutenção do Site é importante

Anteriormente aqui no blog falamos sobre a importância de seu ter um site bonito e com conteúdo. Outro ponto importante, e que algumas vezes é deixado de lado é a manutenção do site.

A primeira coisa que as pessoas fazem quando querem saber sobre a sua empresa, é buscar no google algumas informações – por isso a importância de se ter um site, e ao achar, é preciso que seu site tenha aquilo que o seu cliente procura. Poucas coisas são tão ruins quanto entrar em um site e encontrá-lo sem atualizações, ou atualizações de meses, até anos atrás. Muito disso se deve, também, ao crescimento das redes sociais, por isso, muitas empresas acreditam que apenas estar no ambiente social já é o suficiente. Muito pelo contrário, um site desatualizado pode fazer com que a pessoa que procurou a sua empresa desista, e vá buscar informações no concorrente. E é aí que está a importância da manutenção do site da sua empresa.

Seu site é o cartão de entrada para novos clientes, sem ele, ou com ele desatualizado, há chances de você perder um potencial cliente, por isso, procure sempre mantê-lo em dia, e fazendo a manutenção necessária.

Terceirização do marketing da sua empresa

Como dissemos em nosso blog recentemente, o marketing é essencial para o crescimento de uma empresa. Porém, algumas delas não contam com profissionais capacitados, e até mesmo, não podem ter um crescimento muito grande a ponto de criar um departamento especializado na função.

A solução para isso pode ser mais simples do que parece: Terceirização do marketing da sua empresa. Existem agências especializadas nesse tipo de serviço, elas são agências de marketing que possuem conhecimentos de estratégias voltadas para pequenas e médias empresas. Essas agências possuem o conhecimento necessário não só para criar promoções, as agências de marketing têm como foco estratégias para gerar resultado.

Terceirizar o marketing seria como se sua empresa agora passasse a ter um departamento especializado, esse departamento seria responsável por dar ideias e criar estratégias para o crescimento constante da sua empresa.

Está precisando de um departamento de marketing para a sua empresa? A Terceirização pode ser a resposta.

Importância do Plano de Marketing

A realização de um Plano de Marketing se tornou essencial no cenário atual do mercado para o sucesso de sua empresa, ainda mais com a forte concorrência que existe hoje em dia. Muitos ainda acreditam que o marketing não é necessário, ou deve existir apenas em empresas grandes, e que pequenas empresas não precisam desse tipo de serviço. Apesar de muitas resistirem, a falta de estratégias de marketing especialmente desenvolvidas às necessidades pode acabar fazendo com que a empresa não consiga encontrar seu lugar no mercado.

Um Plano de Marketing não é distribuir panfletos, ou apenas mandar e-mails para um mailing especial, a função dele é organizar sua empresa e entender quais as necessidades de seus clientes, e, dessa forma poder planejar estratégias específicas que visam atender o que o público espera. Ele não é garantia de sucesso sempre, mas é um dos fatores que ajuda a diminuir bastante a chance de erro em suas ações, além de ajuda a captar clientes, e analisar o mercado.

Então, mesmo que você seja uma pequena empresa, procure ter um planejamento de marketing especial para o que você precisa.

A importância de uma agência de marketing

As agências de marketing foram vistas por muito tempo como algo desnecessário, mas hoje em dia, são essenciais para um bom funcionamento da empresa.

O mercado hoje exige boas estratégias de comunicação, e principalmente o público quer que você se mostre, e diga para ele o motivo do seu produto/marca/serviço ser essencial. Caso contrário, seus concorrentes te deixarão para trás.

Não há mais espaço para pessoas que não entendem sobre o assunto, no cenário de mercado atual é necessário um time, com boas estratégias de comunicação e marketing que possam planejar ações com potencial sucesso, e que trarão resultados significativos para a sua empresa.

A agência tem como objetivo, diagnosticar as necessidades do público, planejar os melhores caminhos para que sua mensagem chegue ao público-alvo, criar boas campanhas, repensar estratégias, avaliar o resultado, e ver onde está dando certo, e onde está dando errado.

Se sua empresa não está dando resultados, procure saber como está o seu marketing, se ele tem apresentado resultados satisfatórios, afinal, como muitos dizem “propaganda é a alma do negócio”, e se seu marketing não está dando resultados, esse pode ser um sinal de que ele precisa de investimento.

Dicas para uma campanha de E-mail Marketing de sucesso

Algumas empresas ainda utilizam muito mal suas campanhas de e-mail marketing, como mostramos anteriormente no blog, muitos ainda praticam “spam”, ao invés de gerar resultados eficientes. Empresas de e-commerce, principalmente, são as que mais se beneficiam dessa ferramenta. Algumas dicas fundamentais devem ser seguidas para obter sucesso em suas campanhas de e-mail marketing.

Procure realizar campanhas com propósito, estabeleça objetivos, e sempre mantenha o foco, assim você não confunde o seu consumidor. Deixe sempre claro qual o motivo do seu e-mail marketing, seja ele uma divulgação de produto, apresentar uma promoção.

Outro ponto importante é aprender a realidade do seu consumidor, pois a partir do momento em que seu cliente recebe um e-mail seu, inicia-se um canal de comunicação entre você e ele, e uma atenção a mais faz toda a diferença. Essas informações são adquiridas por meio dos dados de análise que são feitos com as ferramentas de e-mail marketing. Esse tipo de ação ajuda você a obter mais sucesso no contato com o cliente.

Analisar! Sempre analise os dados da sua campanha, procure saber o que tem sido feito de errado, onde você obtém mais sucesso, e onde não há resultado nenhum. Observe o comportamento do seu público, e tente sempre estar de acordo com suas necessidades.

O que é SEO?

O Search Engine Optimization, mais conhecido pela sigla SEO, é o responsável pela otimização de sites e buscas. Seu uso tem como objetivo um melhor posicionamento de um site em uma página de busca, como por exemplo, o google.

O SEO surgiu com a nova geração dos sites de busca, que antes mostravam os resultados das pesquisas em ordem alfabética. Na nova geração o posicionamento passou a ser por relevância, que é definida por uma série de algoritmos, que servem para decidir o quão relevante a página é. Com o tempo foi ficando mais fácil identificar como aproveitar o SEO, sendo o uso de palavras-chave um dos melhores.

Entretanto, não se deve confundir SEO com links patrocinados, já que no primeiro você paga para aparecer entre os primeiros, e se estiver disposto a pagar o preço, sempre estará no topo.

O SEO é uma prática sem garantias, ou seja, nenhuma empresa ou pessoa pode garantir a você que seu site aparecerá em primeiro, apenas os próprios sites de busca são capazes de te dar essa certeza.

Erros comuns na hora de criar conteúdo para as redes sociais

Estar no ambiente digital, como vimos antes aqui no blog, é fundamental para toda empresa. Mas muitas ainda pecam na hora de executar um planejamento.

Confira alguns erros bastante comuns que as empresas cometem:

1 – Não estabelecer metas

Uma das coisas mais importantes é iniciar tendo um bom planejamento para as suas redes sociais, seja ela vender mais, ter um crescimento da marca, branding. Estabelecendo essas metas, fica muito mais fácil de obter os recados que você espera.

2 – Utilizar blogs em sites apenas para venda

Algo que tem se mostrado claro, principalmente no facebook, é que as pessoas passaram a ignorar algumas publicações por as acharem “chatas”. Ficar apenas anunciando seus produtos. Blogs institucionais devem trazer assuntos interessantes sobre os produtos que você vende, mas sem vendê-los escancaradamente. Conteúdo pode ser mais interessante em alguns casos.

3 – Falar, falar, e não ouvir o seu cliente.

De nada adianta estar no ambiente social, e apenas vender o seu produto ou a sua empresa. É importante estar nas redes sociais para ouvir o que seu consumidor tem para falar sobre você. Procure ouvir o que eles tem a dizer, e sempre interaja com o público, assim eles criam simpatia pela sua marca.

A influência das cores no marketing

As cores são fonte de estudo de diversos especialistas do marketing, que buscam entender suas influências na cabeça do consumidor. Esses estudos servem para orientar o melhor uso de determinada cor em anúncios, embalagens de produto, logotipos, sites.

Eles buscam mostrar que as pessoas são diretamente influenciadas pelas cores na hora da compra. Por exemplo, 84,7% das pessoas acreditam que as cores de um produto são mais importantes que qualquer outro fator, e 93% decidem a compra pelo aspecto visual, sendo que desse número, metade disse deixar de comprar se o mesmo não tiver a cor que ele gosta.

Diversos outros dados são apontados por pesquisas para fortalecer a importância das cores na venda.

Confira abaixo uma lista de cores, o que elas significam para o marketing, e em qual situação elas são mais usadas.

Vermelho: A cor traz o sentido de urgência, sendo usada por muitos restaurantes para estimular o apetite. Ela também é usada em liquidações para atrair compradores compulsivos.

Amarelo: O amarelo remete à atenção, é bastante usada para prender a atenção das pessoas e mostrar detalhes importantes.

Azul: Associada à paz, o azul é usado para fins corporativos por não ser muito invasivo e trazer confiança e segurança.

Laranja: A cor laranja é mais uma usada para chamar a atenção, e é considerada a preferida por compradores compulsivos.

Verde: A cor da natureza, o verde é associado também ao dinheiro e a saúde. É usada com frequência em anúncios que abordam questões ambientais.

Roxo: O roxo representa criatividade e imaginação, além de estar associada com sabedoria e beleza. É usada em produtos de beleza.

É possível observar todos esses dados no próprio mercado, com as marcas utilizando da influência delas em suas ações.

 

*os dados foram retirados do infográfico feito pelo site Viver de Blog.

 

 

O que é Branding?

branding-taglines

O termo branding tem gerado muitas dúvidas para empresas, e até profissionais de marketing, e em algumas ocasiões acaba sendo usado de forma errada. O número de ações de “branding” tem crescido visivelmente, e as empresas passaram a investir pesado nesse tipo de ação.

Afinal, o que é Branding? Para explicar menor, vamos do começo. Brand, ou marca, é um conjunto de percepções que representam o seu produto, serviço ou organização. O que para a marca é a imagem que o público tem dela. Sua marca não é apenas o slogan, ou a identidade visual da empresa, essa parte é o “visível”. A importância da marca é o valor percebido, ou seja, é intangível.

Nessa parte é que entra o branding, de fato. O objetivo dele é fortalecer sua marca com o público, mostrar que ela é importante, que sua marca tem aquele “a mais” que o cliente procura, e que seu produto/serviço é o que ele precisa. O branding procura atrair clientes para a sua marca sem que você tenha que caçá-los com outros tipos de estratégia, muitas vezes mais caras.

Os clientes procuram mais do que algo diferente, eles procuram relevância. Então seja relevante, e mostre que sua marca é aquilo que o seu cliente precisa.

ROI e o E-Commerce

ROI

Uma das siglas mais importantes que existem no marketing é o ROI, que em português significa Retorno Sobre Investimento.

O ROI é calculado através do lucro líquido e do investimento feito pela empresa. Essa métrica é fundamental para que possa ser mensurado o resultado de suas ações.

Simplificando, o ROI serve para medir se suas ações estão dando certo ou não. Com ele você visualiza se o que você tem investindo está dando o resultado esperado. Em campanhas de redes sociais, por exemplo, existem diversos indicadores a serem avaliados, como RT’s, comentários, compartilhamentos, curtidas.

Como cada campanha é diferente da outra, você sempre deve ter seu objetivo definido antes da ação ser realizada, assim fica mais fácil de saber onde seu investimento está dando resultado.

Algumas empresas de e-commerce, por exemplo, utilizam dados adquiridos nas redes sociais para saber onde devem investir. Ao verem que um post relacionado a certo produto gera um buzz maior, elas voltam suas ações para que as vendas dele sejam aumentadas.

Nesse caso, o ROI não funcionará apenas para saber se você tem obtido lucro ou não, ele te auxiliará a entender melhor seu público alvo.

 Topo